Testei: Morte Súbita Shampoo (Lola Cosmetics)

Oi, pessoal, tudo bem?

No final do ano passado fiz uma comprinha na loja Casa Nostra Cosméticos (mostrei na conta do blog no Instagram) que incluía o produto da resenha de hoje.

Trata-se de um shampoo de textura e nome muito peculiares e se você tinge os cabelos, recomendo a leitura. 😉

Morte Súbita

Marca: Lola Cosmetics

Fabricante: Farmativa Indústria e Comércio Ltda.

Descrição: shampoo super hidratante

Conteúdo: 300g

O que promete:
Nosso tratamento Morte Súbita é assim, ou você ama ou não conhece. Penetra nos fios sem pedir licença, acabando com os dias de cabelos secos e detonados sem ter dó nem piedade. Ele não é Ave Maria, mas convenhamos é cheio de graça. Perfumado, macio, gostoso e tão, mas tão maravilhoso que você vai rezar por uma morte lenta: nem adianta, seus fios vão ficar espetaculares num piscar de olhos, numa Morte Súbita mas cheia de prazer.

Nosso Shampoo Morte Súbita é um delicioso esfoliante que além de lavar com doçura seu rico cabelinho, é purificante, hidratante e calmante. O melhor detox para limpar e reequilibrar o couro cabeludo sensível e ainda faz um mega cuidado após a coloração, provocando a Morte Súbita de quaisquer resíduos químicos, acalmando ardor e coceira. Sua fórmula exclusiva contém açúcar granulado, esfoliante natural que livra o couro cabeludo de impurezas e estimula a micro circulação sanguínea, fornecendo minerais e reequilíbrio. É enriquecido com ativo 100% vegetal, que proporciona hidratação profunda e duradoura, mesmo após a lavagem.

Uso:
Aplicar uma quantidade generosa nos cabelos molhados, como tratamento semanal ou após ter feito coloração. Massageie suavemente o couro cabeludo, adicione um pouco de água e emulsione para obter uma espuma abundante e cremosa. Enxágue bem e aplique a Máscara Morte Súbita no comprimento e nas pontas.

Precauções:
Mantenha fora do alcance das crianças. Proteja da luz, do calor e da umidade. Descontinue o uso em caso de sensibilização.

Composição: Water, Sodium Lauroyl Methyl Isethionate, Cocamidopropyl Betaine, Sugar Cane, Acrylates Copolymer, Sodium Laureth Sulfate (and) Glycol Distearate, PEG 70 Mango Glycerides, Oleyl Amido Propyl Betaine, PEG 14 M, Sodium Xylene Sulfonate, Fragrance (Parfum), Triticum Vulgare (Wheat) Germ Extract, Hydrolyzed Wheat Protein, Hydrolyzed Wheat Starch, Creatine, Panthenol, Phytantriol, Linoleic Acid, Aloe Barbadensis Leaf Juice, Squalane, Phopholipids, Sodium PCA, Ceteareth-7, Ceteareth-25, Cocamide DEA, Polyquaternium-7, Coconut Oil, Triethanolamine, Disodium EDTA, Methylisothiazolinone, Methychloroisotiazolinone.

O teste: Usei conforme indicado na embalagem, sempre após a aplicação e tempo de pausa da tintura nos cabelos.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 5 (Ótimos)

A textura causa um certo estranhamento inicialmente, já que o shampoo é uma pasta densa, repleta de grãos de açúcar. A primeira coisa que eu pensei é que iria grudar nos fios e impedir que o produto fosse espalhado pelo couro cabeludo e cabelo. Engano total! A aplicação é uma delícia, muito fácil e divertido e um pouquinho de produto rende bastante, principalmente porque é preciso uma única aplicação para conseguir o resultado prometido.

A espuma é abundante, leve e muito cremosa.

Sensacional!

Cheiro: 5 (Ótimo)

O perfume é muito gostoso. Obviamente, doce! Eu não sou fã de fragrâncias adocicadas porque geralmente não enjoativas, mas este shampoo tem cheiro de sobremesa. Dá vontade de comer! Os grãos de açúcar não ajudam a desfazer a vontade.

Fixa nos fios por alguns dias e me deixou curiosa para saber se a máscara tem o mesmo perfume.

Enquanto o produto está no pote, o perfume é meio estranho. Eu acho que o cheiro do plástico do qual o pote é feito interfere na percepção do perfume do produto. Porém, durante e após o uso, você vai notar apenas o perfume docinho do shampoo.

Resultados: 5 (Ótimos)

Este é um dos poucos produtos que eu gostaria de ter uma nota superior a 5 na categoria resultados.

É incrível! Eu usei após a aplicação de tintura nos cabelos e ele realmente tira todo o excesso dos fios e do couro cabeludo, sem desbotar a tintura.

Eu mesma tinjo os meus cabelos em casa, e eu tenho muitos fios brancos. Preciso aplicar muito bem a tinta e caprichar bem na raiz para garantir uma boa cobertura dos brancos. Consequentemente, meu couro cabeludo também permanece tingido por alguns dias e esse shampoo retirou toda essa tinta que fica na pele com uma única aplicação. Geralmente eu preciso de dois a três dias de lavagem para me livrar da linha vermelha da tintura.

Outra coisa que eu notei é que, sempre que eu lavo os cabelos após a aplicação da tintura, eu aplico o shampoo uma, duas, três, quatro vezes e a espuma continua saindo laranja, sinal do resíduo da tinta saindo e dos cabelos desbotando. Quando usei o Morte Súbita, apliquei uma vez e a espuma ficou laranja, como acontece com todos os shampoos. Tudo bem – pensei – vou aplicar mais uma vez, como eu faço com todos os outros shampoos que eu uso. Apliquei de novo e a espuma ficou branquinha, na segunda aplicação. Ou seja, não precisa de uma segunda aplicação. A primeira removeu todo o excesso de tinta e todos os resíduos.

Tive a impressão de que o shampoo embaraça um pouco os cabelos. Donas de fios longos ou finos podem sofrer um pouco durante a aplicação. Além disso, como a limpeza é profunda, a sensação é de que ele também resseca os fios.

Apliquei uma máscara para os cabelos (qualquer máscara hidratante funciona, pode ser até mesmo uma ampola de tratamento) e deixei por 20 minutos. Enxaguei e meu cabelo ficou incrível. A coloração linda, os fios brilhantes, macios, sem frizz! É demais o resultado que eu tive nos meus cabelos.

Embalagem: 3 (Regular)

Não gostei muito do pote por dois motivos.

Entendo que seja a melhor forma de acondicionar um produto em pasta, porém a tampa não tem lacre e a embalagem de 300g vem com produto só até a metade do pote.

Como sou designer de embalagem, sei que isso geralmente é feito por uma questão econômica. O mesmo pote deve ser utilizado pela marca para outros produtos mais volumosos e creio que até mesmo a versão de 1kg do shampoo caiba no mesmo pote. Porém, causa uma sensação estranha de que a gente foi enganado, quando abrimos o pote e vemos produto só até a metade. Dá a impressão de que a embalagem foi aberta e alguém agiu de má fé, retirando parte do shampoo antes de me enviar (eu comprei em uma loja virtual). Peguei a balança digital da cozinha e pesei. Pouco mais de 300g (300g de produto mais o peso do pote em si) e fiquei mais tranquila. No entanto eu tenho certeza de que mais gente teve essa mesma sensação ao abrir a embalagem.

Tirando essas duas questões, a embalagem é satisfatória. Apesar de ser difícil retirar o produto do pote, a textura com certeza dificulta que ele seja comercializado em uma bisnaga.

Para abrir o pote, é só pressionar a área indicada na lateral do pote e a tampa “salta” para que possamos levantá-la.

As informações importantes sobre o produto estão todas no pote, com ótima legibilidade (texto branco sobre fundo preto).

Preço: 3 (entre R$ 40,01 e R$ 65,00)

O preço médio para a embalagem de 300g é de R$ 55,00* e é um pouco salgadinho, mas lembre-se que você vai precisar aplicar apenas uma vez e, ao menos que você tinja os cabelos mais de uma vez por mês, vai durar bastante.

Facilidade de encontrar: 2 (Um pouco difícil de encontrar)

Não é um produto muito fácil de achar. Até hoje, não encontrei em nenhuma loja física, apenas em lojas virtuais.

Das lojas virtuais que têm o produto à venda, a única que eu já fiz compras e sei que é confiável é a Casa Nostra Cosméticos. A compra com o shampoo foi a minha primeira nesse site, e gostei bastante. São rápidos e cuidadosos no envio.

Segurança da composição: 2 (Um pouco arriscado)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Sodium Laureth Sulfate (and) Glycol Distearate: O Sodium Laureth Sulfate é um detergente agressivo e barato utilizado pelas suas propriedades de limpeza e de produção de espuma. Normalmente derivado de petróleo, é frequentemente dissimulado com a frase “derivado de coco”. Causa irritação nos olhos, descamação do couro cabeludo (similar à caspa), irritações cutâneas e outras reações alérgicas.
  • PEG-70 Mango Glycerides, PEG-14 M: Idealmente é uma glicerina vegetal combinada com álcool de cereais, sendo ambos naturais. Porém, atualmente não passa de uma combinação de petroquímicos sintéticos utilizados como humidificantes. É conhecido como causador de reações alérgicas, urticária e eczemas. Quando vir PEG (polietileno glicol) ou PPG (polipropileno glicol) num rótulo, tenha cuidado, pois são produtos químicos sintéticos idênticos.
  • Fragrance (Parfum): As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.
  • Cocamide DEA: Utilizados habitualmente nos cosméticos como emulsionantes e/ou agentes produtores de espuma. Podem causar reações alérgicas, irritações nos olhos e desidratação do cabelo e pele. DEA e TEA são “aminas” (compostos a partir da amônia) e podem formar nitrosaminas causadoras de câncer quando em contacto com nitratos. São tóxicos se absorvidos pelo corpo prolongadamente.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Cocamidopropyl Betaine: Sujeito a restrições no uso. Conhecido tóxico do sistema imunitário. Pode conter impurezas prejudiciais, nomeadamente Nitrosaminas, ligadas ao câncer. Pode também causar sensibilidade no contato direto com a pele, com reações alérgicas tanto na pele quanto nos pulmões.
  • Sodium Laureth Sulfate (and) Glycol Distearate: Em estudos clínicos, o Sodium Laureth Sulfate é causador de irritações na pele. Pode conter 1,4 dioxane, um potencial cancerígeno e perturbador do sistema hormonal.
  • PEG-70 Mango Glycerides, PEG-14 M: Componente irritante para a pele (comichão, queimadura, urticária, acne, alergias). É um solvente de fácil absorção, altera a estrutura da pele, permitindo que outros agentes e químicos penetrem mais profundamente, aumentando assim a quantidade que chega à corrente sanguínea.
  • Fragrance (Parfum): Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.
  • Cocamide DEA: Sujeito a restrições no uso. Conhecido tóxico do sistema imunitário. Pode conter impurezas prejudiciais, nomeadamente Nitrosaminas, ligadas ao câncer. Pode também causar sensibilidade no contato direto com a pele, com reações alérgicas tanto na pele quanto nos pulmões.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Parfum (Fragrance): perfume.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 5 x 2 = 10
Cheiro: 5 x 2 = 10
Resultados: 5 x 3 = 15
Embalagem: 3 x 0,5 = 1,5
Preço: 3 x 1 = 3
Facilidade de encontrar: 2 x 0,5 = 2
Segurança da composição: 2 x 1 = 2

Média: 4,35

Avaliação Geral: estrela45

Considerações finais:

selo ndm2Apesar de ter uma composição um pouco complicada, principalmente para quem tem pele e/ou couro cabeludo sensível, eu não tive problemas com o uso, provavelmente pelo fato de não ser um produto para uso contínuo, o que diminui a exposição aos componentes e a probabilidade de reações.

Eu simplesmente amei e, assim que eu diminuir o estoque de produtos para os cabelos, quero experimentar a máscara da linha. 🙂

Mais um produto para a lista de produtos ♥.

E vocês, já usaram o Morte Súbita? Contem para gente nos comentários. 🙂

Beijocas e até o próximo post.

Fabi.

__________

(*) Média de preço pesquisada na data deste post. Pode sofrer alterações.

Testei: Shampoo e Máscara Cabelos Tingidos (Amazon Active)

Oi, pessoal, tudo bem?

Em Novembro do ano passado eu fiz a troca de GlamPoints (pontos recebidos pelo feedback dos produtos recebidos na GlamBox) por um shampoo e uma máscara para cabelos tingidos da marca Amazon Active.

O que me chamou a atenção para os produtos foi o fato de serem livres de sulfato, parabenos, corantes e sal.

Não pensei duas vezes, efetuei a troca, recebi os produtos e, logo de cara, me apaixonei imensamente pelo perfume dos dois (shampoo e máscara).

Quando troquei os pontos, não estava disponível para troca o condicionador da linha. Assim, fiz uso do shampoo e, após enxaguar, usei a máscara no lugar do condicionador.

post de hoje é para contar para vocês, finalmente, o que eu achei dessa dupla. 🙂

Shampoo Cabelos Tingidos

Marca: Amazon Active

Fabricante: Di Fiorena Ind. Cosmética Ltda. EPP

Descrição: shampoo para cabelos tingidos

Conteúdo: 250ml

O que promete:
Higieniza perfeitamente os fios e prepara as fibras para o tratamento de fixação de cor e realce do brilho.

Tecnologia: Fórmula Color-active 1.0 com Óleo de Avelã.

Modo de uso:
Aplique nos cabelos úmidos e massageie suavemente até formar uma rica espuma. Enxágue bem. Para um resultado ideal, repita a operação e utilize o Amazon Active Condicionador Cabelos Tingidos.

Precauções:
Uso externo. Manter fora do alcance de crianças. Em caso de contato com os olhos, lave com água abundantemente.

Composição: Aqua, Sodium C14-16 Olefin Sulfonate, Cocamidopropyl Betaine, Polyquaternium-7, Cocamide DEA, Lauryl Glucoside, Parfum, Polyquarternium-39, PEG-150 Distearate, Styrene/VP Copolymer, Disodium EDTA, Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride, Hydrolyzed Milk Protein, Methylchloroisothiazolinone/ Methylisothiazolinone, Ethylhexyl Methoxycinnamate, Carylus Avellana Seed Oil, Polyquaternium-10, Benzotriazolyl Dodecyl P-Cresol, Citric Acid, Butylphenyl Methylpropional, Coumarin, Hydroxyisohexyl-3-Cyclohexene Carboxaldehyde, Linalool.

O teste: Apliquei normalmente nos fios, conforme indicado na embalagem. Após o uso do shampoo, usei a máscara da mesma linha.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 5 (Ótimos)

É muito cremoso e faz espuma abundante, mesmo não contendo sal em sua fórmula.

A espuma, aliás, é um show à parte. Nunca vi uma espuma tão leve e ao mesmo tempo tão cremosa. É tanta cremosidade que nem parece espuma. Mal se vê bolhinhas, é uma nuvem macia e cremosa.

Limpa com suavidade os fios mas, mesmo sendo suave, limpa bem.

O rendimento também é excelente. Não é preciso muito shampoo para lavar bem os fios.

Cheiro: 5 (Ótimo)

Achei o concorrente que desbancou o meu amor ao perfume da linha Nativa SPA Monoï & Argan. O perfume dessa linha é a coisa mais fascinante da face da Terra.

Mas o cheiro é de que? Gente, eu não sei! É um pouco frutado, um pouco cítrico, um pouco doce, um pouco de tudo misturado com uma dose de avelã, para atingir a perfeição.

Eu sei que o quesito perfume é muito particular. No entanto, existe uma diferença entre não gostar de determinadas famílias olfativas e achar o cheiro de algo desagradável. Não dá para achar desagradável, gente! É um sonho.

E fixa no cabelo! Fixa por dias e dá para sentir de longe, mesmo com cabelos curtos. É divino demais!

Resultados: 5 (Ótimos)

Simplesmente amei! Tornou-se o meu shampoo para cabelos tingidos preferido.

Deixou meus cabelos macios, perfumados, sedosos, sem frizz, com brilho, com a coloração iluminada. O que mais se pode esperar de um shampoo? Não tem mais nada! Ele tem tudo!

Embalagem: 4 (Boa)

Bisnaga com tampa flip-top voltada para baixo.

O corpo da embalagem não é escorregadio, o que facilita o uso, mas a tampa é um pouquinho dura de abrir. Nada “Meu Deus, é impossível”, mas ela tem uma certa resistência.

Todas as informações estão na bisnaga, inclusive a composição do produto, mesmo vindo dentro de uma caixinha.

Preço: 3 (entre R$ 40,01 e R$ 65,00)

O preço do shampoo com 250ml é de R$ 49,88*.

Facilidade de encontrar: 4 (Fácil de encontrar)

Apesar de não ser uma marca que você pode sair por aí e encontrar na perfumaria do seu bairro, a marca tem loja virtual própria. Aliás, foi a única forma de comprar os produtos que eu encontrei.

A desvantagem pode ser o pagamento do frete, mas a loja faz frete gratuito nas compras acima de R$ 150,00.

Segurança da composição: 3 (Requer atenção)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Cocamide DEA: Utilizados habitualmente nos cosméticos como emulsionantes e/ou agentes produtores de espuma. Podem causar reações alérgicas, irritações nos olhos e desidratação do cabelo e pele. DEA e TEA são “aminas” (compostos a partir da amônia) e podem formar nitrosaminas causadoras de câncer quando em contacto com nitratos. São tóxicos se absorvidos pelo corpo prolongadamente.
  • Parfum: As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.
  • PEG-150 Distearate: Idealmente é uma glicerina vegetal combinada com álcool de cereais, sendo ambos naturais. Porém, atualmente não passa de uma combinação de petroquímicos sintéticos utilizados como humidificantes. É conhecido como causador de reações alérgicas, urticária e eczemas. Quando vir PEG (polietileno glicol) ou PPG (polipropileno glicol) num rótulo, tenha cuidado, pois são produtos químicos sintéticos idênticos.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Cocamidopropyl Betaine: Sujeito a restrições no uso. Conhecido tóxico do sistema imunitário. Pode conter impurezas prejudiciais, nomeadamente Nitrosaminas, ligadas ao câncer. Pode também causar sensibilidade no contato direto com a pele, com reações alérgicas tanto na pele quanto nos pulmões.
  • Cocamide DEA: Alkyloamides – geralmente identificados nos rótulos como: Diethanolamine (DEA); Monoethanolamine (MEA); Triethanolamine (TEA), e por vezes precedido pelo nome “cocamide”: São classificados como tóxicos por alguns governos. Podem causar irritação na pele (comichão, queimadura, urticária etc). Combinados com conservantes que contém formaldeído, tornam-se cancerígenos. Quando misturado com agentes nitrosantes na pele ou no corpo, após a absorção, podem formar compostos cancerígenos. São perigosos para o meio ambiente, contaminando água, solo e ar). O MEA é ainda sensibilizador dos pulmões, podendo instigar respostas do sistema imunitário, que incluem ataques de asmas ou outros problemas pulmonares das vias respiratórias, além de ser suspeito de apresentar riscos para a reprodução humana e desenvolvimento do feto. O TEA também é um componente suspeito, com evidências ainda limitadas relacionadas ao desenvolvimento de câncer.
  • Parfum: Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.
  • PEG-150 Distearate: Componente irritante para a pele (comichão, queimadura, urticária, acne, alergias). É um solvente de fácil absorção, altera a estrutura da pele, permitindo que outros agentes e químicos penetrem mais profundamente, aumentando assim a quantidade que chega à corrente sanguínea.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Parfum: perfume.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 5 x 2 = 10
Cheiro: 5 x 2 = 10
Resultados: 5 x 3 = 15
Embalagem: 4 x 0,5 = 2
Preço: 3 x 1 = 3
Facilidade de encontrar: 4 x 0,5 = 2
Segurança da composição: 3 x 1 = 3

Média: 4,5

Avaliação Geral: estrela45

Máscara Cabelos Tingidos

Marca: Amazon Active

Fabricante: Di Fiorena Ind. Cosmética Ltda. EPP

Descrição: máscara para cabelos tingidos

Conteúdo: 200g

O que promete:
Resultados: Proporciona fixação intensiva da cor, nutrição e realce do brilho para cabelos tingidos.

Tecnologia: Fórmula Color-active 1.0 com Óleo de Avelã, D-Pantenol e Bioactive-Intense. *
* Complexo de silicones especiais.

Modo de uso:
Aplique ao longo dos fios, após o shampoo e/ou condicionador, desembarançando-os suavemente. Deixe agir por 4-5 minutos e enxágue bem.

Precauções:
Uso externo. Manter fora do alcance de crianças. Em caso de contato com os olhos, lave com água abundantemente.

Composição: Aqua, Behentrimonium Chloride, Glycerin, Cetearyl Alcohol, Paraffinum Liquidum, Cyclomethicone, Myristyl Alcohol, Dimethicone, Parfum, Panthenol, Hydroxypropyl Starch Phosphate, Cetrimonium Chloride, Amodimethicone/ C12-14 SEC-Pareth-7/ C12-14 SEC-Pareth-5, Cera Alba, Ceteareth-20, Glycerin/ Hydroxyethyl Cetearamidopropyldimonium Chloride, Behenyl Alcohol, Cetearyl Alcohol/ Poluquaternium 55/ Cyclopentasiloxane, Dimethiconol/ Ceteareth-20, Disodium EDTA, Methylchlorisothiazolinone/ Methylisothiazolinone, Ethylhexyl Methoxycinnamate, Carylus Avellana Seed Oil, Citric Acid, Benzotriazolyl Dodecyl P-Cresol, Octadecyl Di-T-Butyl-4 Hydroxyhydrocinnamate, Alpha-Isomethyl Ionone, Butylphenyl Methylpropional, Coumarin, Hydroxysohexyl-3-Cyclohexene Carboxaldehyde, Linalool.

O teste: Apliquei conforme indicado na embalagem, após o uso do shampoo da mesma linha.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 5 (Ótimos)

É uma máscara muito densa, daquelas que você vira o pote de cabeça para baixo e o creme nem se mexe.

Muito cremosa, deliciosa de aplicar, deixa os fios macios e sedosos instantaneamente.

Quando você enxágua os cabelos, não sente aquele “excesso” de máscara escorrendo junto com a água. Ela realmente é absorvida pelos fios.

Cheiro: 5 (Ótimo)

Perfume perfeito como o do shampoo, que só ajuda a intensificar o cheirinho do primeiro produto e fazer com que ele dure ainda mais nos fios.

Resultados: 5 (Ótimos)

A máscara é o complemento do efeito do shampoo. Ela consegue pegar todos os resultados incríveis que o shampoo traz aos cabelos e intensificar cada um deles. Principalmente a maciez, o perfume, e a luminosidade da cor.

Aliás… falando em cor, ela realmente protege os fios do desbotamento. Notei uma enorme diferença na minha coloração (eu uso tintura vermelha, que desbota bastante) e essa máscara desbancou a Máscara Nano Color Daily Defense Color Mask da minha lista de Produtos .

Embalagem: 3 (Regular)

É um pote plástico com tampa de rosca, comum a 90% dos produtos dessa categoria. Como eu já falei várias vezes aqui no blog, sobre produtos de várias categorias, não gosto de embalagens com tampa de rosca. Não acho práticas, ainda mais para produtos que você usa no banheiro.

Na fan page da marca, eles inclusive aconselham que não se coloque a mão dentro do pote para pegar a máscara, pois isso contamina e oxida o produto. Dizem para utilizarmos uma espátula e levar para o chuveiro apenas a quantidade que utilizaremos. Então… não seria mais fácil colocar o produto em uma bisnaga exatamente igual à do shampoo? Não precisaríamos abrir a tampa de rosca, nem enfiar os dedos dentro do pote, nem “usar espátulas para retirar o creme e levar somente o que vai usar para o box” porque, convenhamos, de complicada já basta a vida.

Uma bisnaguinha com tampa flip-top, abre, aperta, sai a quantidade “x” desejada, fecha, usa. Pronto, ninguém encostou no restante da máscara.

Além disso, a embalagem não tem todas as informações. A composição do produto consta apenas na caixinha.

Preço: 3 (entre R$ 40,01 e R$ 65,00)

O valor da embalagem com 200g é de R$ 62,38*.

Facilidade de encontrar: 4 (Fácil de encontrar)

Apesar de não ser uma marca que você pode sair por aí e encontrar na perfumaria do seu bairro, a marca tem loja virtual própria. Aliás, foi a única forma de comprar os produtos que eu encontrei.

A desvantagem pode ser o pagamento do frete, mas a loja faz frete gratuito nas compras acima de R$ 150,00.

Segurança da composição: 3 (Requer atenção)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Parfum: As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Paraffinum Liquidum: Derivada de petróleo. Esses derivados de petróleo criam uma barreira na superfície da pele que bloqueia os poros, não deixando a pele respirar. Aceleram o processo de envelhecimento da pele ao encorajar a geração de radicais livres. Na União Europeia o uso de Petrolatum é bastante restrito – potencialmente contaminado com químicos ligados ao câncer ou outros problemas graves de saúde (pode conter determinadas impurezas que podem causar câncer de mama). São tóxicos para o ambiente.
  • Dimethicone: Derivado de silicone.
  • Parfum: Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Parfum: perfume.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 5 x 2 = 10
Cheiro: 5 x 2 = 10
Resultados: 5 x 3 = 15
Embalagem: 3 x 0,5 = 1,5
Preço: 3 x 1 = 3
Facilidade de encontrar: 4 x 0,5 = 2
Segurança da composição: 3 x 1 = 3

Média: 4,45

Avaliação Geral: estrela45

Média final (shampoo + máscara): 4,475

Considerações Finais:

Bom… acho que já deixei claro que a dupla foi para a minha lista de Produtos .

(Update 10/10/2018: Estes produtos foram retirados da lista de produtos preferidos pois não são mais fabricados nem comercializados.)

Eu definitivamente me apaixonei por tudo o que os produtos proporcionaram aos meus cabelos mas confesso que o que mais me cativou foram o perfume, sua fixação e a luminosidade incrível que trouxe à minha coloração.

Existem muitos outros produtos na loja virtual da marca, inclusive um Complexo de Fixação da Cor, da mesma linha, que eu quero imensamente. Comprarei em breve e obviamente farei resenha.

Se você tinge os cabelos e ainda não encontrou um shampoo que te encante, experimente!

E vocês, já usaram algum produto da Amazon Active? Contem para gente nos comentários como foi a experiência de vocês. 🙂

Beijocas e até o próximo post.

Fabi.

__________

(*) Preço pesquisado na data deste post. Pode sofrer alterações.

Testei: Shampoo Protezione Colore (FascinElle)

Oi, pessoal, tudo bem?

Sempre que eu incluo uma nova marca na minha lista de produtos para revenda, peço alguns produtos para uso pessoal, para conhecer melhor a marca, a qualidade dos produtos e, obviamente, poder recomendar o melhor produto para as diferentes necessidades de cada cliente.

Com a Hinode não foi diferente e no meu primeiro pedido já encomendei alguns produtos para conhecer e mostrar para vocês.

Entre eles estava um shampoo para cabelos tingidos da marca FascinElle, empresa italiana cuja importação para o Brasil é de responsabilidade da Hinode.

Para conhecer mais sobre o produto, é só continuar a leitura. 😉

Shampoo Protezione Colore

Marca: Fascinelle

Fabricante: Farmen i.C.D. S.p.A. (Fabricado na Itália)

Descrição: shampoo para cabelos tingidos

Conteúdo: 250ml

O que promete:
Shampoo revitalizante para cabelos coloridos. Limpa e fortalece os cabelos coloridos. Graças às vitaminas e Extrato de Ginseng presentes na formulação, os cabelos ganham vitalidade natural, mantendo o brilho da cor entre um processo de coloração e outro.

Modo de uso:
Aplicas nos cabelos úmidos, massagear delicadamente.  Enxaguar bem, se necessário, repita a operação.

Advertências:
Uso externo. Não aplicar em mucosas. Evitar contato com os olhos. Em caso de contato com os olhos, lavar com água em abundância e se necessário consulte um médico. Em caso de irritação suspenda o uso e procurar orientação médica. Mantenha o produto em local fresco e seco. Não aplicar o produto se o couro cabeludo estiver lesionado ou irritado. Manter fora do alcance de crianças.

Composição: Aqua (Water), TEA Lauryl Sulfate, PEG-7 Glyceryl Cocoate, Cocamide DEA, Laureth-6 Carboxylic Acid, Cocamidopropyl Betaine, Decyl Glucoside, Sodium Laureth Sulfate, Cocamidopropylamine Oxide, Hydroxyethyl Cetyldimonium Phosphate, Glycol Distearate, Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride, Glycerin, Camellia Sinensis (Green Tea) Leaf Extract, Panaz Ginseng Root Extract, Laureth-10, Cocamide MEA, Sodium Chloride, Citric Acid, Phenoxyethanol, Methylparaben, Ethylparaben, Diazolidinyl Urea, Iodopropynyl Butylcarbamate, Linalool, Hexyl Cinnamal, Parfum (Fragrance), CI 16255, CI14720.

O teste: Usei como indicado na embalagem, sem segredos. Não é comercializado o condicionador, assim usei os produtos que já uso habitualmente.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 4 (Bons)

É um shampoo translúcido, de coloração rosada, mais para líquido do que para cremoso. Mesmo assim, faz bastante espuma com pouco produto.

A espuma é bem leve e limpa os cabelos suavemente, sem embaraçar e sem ressecar.

Dá uma leve sensação refrescante no couro cabeludo, por conta do extrato de ginseng presente na composição. Essa sensação permanece durante o uso e por cerca de meia hora após o enxágue. É muito gostoso para usar no verão!

Cheiro: 4 (Bom)

Tem um perfume frutado, com cheirinho de pêssego. Muito gostoso.

A fixação é boa, mas se você tiver os cabelos bem curtinhos como os meus, só sentirá o perfume do shampoo enquanto os fios estiverem molhados. Depois de secos, só é possível sentir o perfume colocando o nariz bem pertinho dos fios.

Resultados: 4 (Bons)

Ele de fato não desbota a coloração do cabelo e auxilia na manutenção da cor entre uma tintura e outra. Com o uso contínuo, os cabelos parecem mais fortes e encorpados.

Na minha opinião, não é um shampoo muito recomendado para quem tem cabelos oleosos, pois a sua limpeza é bem suave e delicada. Donas de madeixas oleosas poderão sentir que a limpeza dos fios não foi suficiente. Posso estar enganada, mas a sensação que eu tenho é essa.

No quesito brilho, não acrescentou nada aos meus cabelos e tão pouco deu conta do frizz, mas deixou os fios bem macios.

Embalagem: 4 (Boa)

Frasco plástico com tampa flip-top. É bem fácil de abrir e fechar até mesmo usando apenas uma das mãos, mesmo se ela estiver molhada e com sabão.

Como o shampoo é quase líquido, não há dificuldade para que ele saia da embalagem, mesmo quando já está acabando.

As informações sobre o produto estão na embalagem em diversos idiomas, mas como não há informação em português impressa diretamente no frasco, há uma etiqueta com as informações no nosso idioma.

Preço: 3 (entre R$ 40,01 e R$ 65,00)

O preço do fraco com 250ml é de R$ 59,00*.

Facilidade de encontrar: 2 (Um pouco difícil de encontrar)

Os produtos FascinElle podem ser comprados no Brasil com qualquer revendedor Hinode, mas diferentemente de AvonNatura (por exemplo), ainda há poucos representantes.

Caso você queira encomendar esse ou outros produtos da marca, fale comigo.

Você também pode encomendar através do Clube de Compras Necessaire de Mulher (é necessário ter conta no Facebook), pagar com cartão de crédito ou boleto e receber o produto na sua casa, pelos Correios. Ainda é possível pagar com depósito bancário e ganhar um desconto de 10% no valor do produto.

Segurança da composição: 1 (Muito arriscado)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • TEA Lauryl Sulfate, Cocamide DEA: Utilizados habitualmente nos cosméticos como emulsionantes e/ou agentes produtores de espuma. Podem causar reações alérgicas, irritações nos olhos e desidratação do cabelo e pele. DEA e TEA são “aminas” (compostos a partir da amônia) e podem formar nitrosaminas causadoras de câncer quando em contacto com nitratos. São tóxicos se absorvidos pelo corpo prolongadamente.
  • PEG-7 Glyceryl Cocoate: Idealmente é uma glicerina vegetal combinada com álcool de cereais, sendo ambos naturais. Porém, atualmente não passa de uma combinação de petroquímicos sintéticos utilizados como humidificantes. É conhecido como causador de reações alérgicas, urticária e eczemas. Quando vir PEG (polietileno glicol) ou PPG (polipropileno glicol) num rótulo, tenha cuidado, pois são produtos químicos sintéticos idênticos.
  • Sodium Laureth Sulfate: Um detergente agressivo e barato utilizado pelas suas propriedades de limpeza e de produção de espuma. Normalmente derivado de petróleo, é frequentemente dissimulado com a frase “derivado de coco”. Causa irritação nos olhos, descamação do couro cabeludo (similar à caspa), irritações cutâneas e outras reações alérgicas.
  • Methylparaben, Ethylparaben: Utilizados para inibir o crescimento microbiano e para prolongar a durabilidade dos produtos. Têm causado vários tipos de reacções alérgicas e irritações cutâneas. Estudos demonstraram que são ligeiramente estrogênicos e podem ser absorvidos pelo corpo através da pele. São largamente utilizados apesar de serem conhecidos como tóxicos.
  • Diazolidinyl Urea: São amplamente utilizados como conservantes. “The American Academy of Dermatology” considerou-os a causa n.º 1 das dermatites de contato. Dois dos nomes registrados para estes químicos são Germall II and Germall 115. Nenhum dos químicos Germall contém um bom agente fungicida, e portanto estão sempre associados a outros tipos de conservantes. Ambos libertam formaldeído (formol), que pode ser tóxico.
  • Parfum (Fragrance): As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • TEA Lauryl Sulfate, Cocamide DEA, Cocamide MEA: Alkyloamides – geralmente identificados nos rótulos como: Diethanolamine (DEA); Monoethanolamine (MEA); Triethanolamine (TEA), e por vezes precedido pelo nome “cocamide”: São classificados como tóxicos por alguns governos. Podem causar irritação na pele (comichão, queimadura, urticária etc). Combinados com conservantes que contém formaldeído, tornam-se cancerígenos. Quando misturado com agentes nitrosantes na pele ou no corpo, após a absorção, podem formar compostos cancerígenos. São perigosos para o meio ambiente, contaminando água, solo e ar). O MEA é ainda sensibilizador dos pulmões, podendo instigar respostas do sistema imunitário, que incluem ataques de asmas ou outros problemas pulmonares das vias respiratórias, além de ser suspeito de apresentar riscos para a reprodução humana e desenvolvimento do feto. O TEA também é um componente suspeito, com evidências ainda limitadas relacionadas ao desenvolvimento de câncer.
  • PEG-7 Glyceryl Cocoate: Componente irritante para a pele (comichão, queimadura, urticária, acne, alergias). É um solvente de fácil absorção, altera a estrutura da pele, permitindo que outros agentes e químicos penetrem mais profundamente, aumentando assim a quantidade que chega à corrente sanguínea.
  • Cocamidopropyl Betaine: Sujeito a restrições no uso. Conhecido tóxico do sistema imunitário. Pode conter impurezas prejudiciais, nomeadamente Nitrosaminas, ligadas ao câncer. Pode também causar sensibilidade no contato direto com a pele, com reações alérgicas tanto na pele quanto nos pulmões.
  • Sodium Laureth Sulfate: Em estudos clínicos, é causador de irritações na pele. Pode conter 1,4 dioxane, um potencial cancerígeno e perturbador do sistema hormonal.
  • Methylparaben, Ethylparaben: Para além de suspeitas de irritabilidade da pele, o uso de parabenos foi recentemente ligado ao câncer de mama, tendo sido encontrados vestígios desses conservantes em amostras de tumores.
  • Parfum (Fragrance): Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Sodium Laureth Sulfate.
  • Methylparaben, Ethylparaben: parabenos.
  • Parfum (Fragrance): perfume.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 4 x 2 = 8
Cheiro: 4 x 2 = 8
Resultados: 4 x 3 = 12
Embalagem: 4 x 0,5 = 2
Preço: 3 x 1 = 3
Facilidade de encontrar: 2 x 0,5 = 2
Segurança da composição: 1 x 1 = 1

Média: 3,6

Avaliação Geral: estrela35

Considerações finais:

É um bom shampoo para quem tinge os cabelos, mas algumas coisas devem ser levadas em consideração:

1) A limpeza é suave, então não aconselho para quem tem cabelos oleosos. Não é um problema para mim, que tenho cabelos secos, mas se você tiver cabelos oleosos provavelmente vai achar que o shampoo não limpou os fios adequadamente.

2) Se você sofre com frizz nos fios, saiba que, pelo menos para mim, esse shampoo não melhorou em nada o problema. É preciso usar uma boa máscara após a lavagem ou um bom leave-in com ação antifrizz para controlar o problema.

3) Ele tem muitos componentes irritantes na fórmula, um perigo para quem tem pele e/ou couro cabeludo sensível.

É isso, pessoal. 🙂 Alguém mais já usou esse ou outro produto para cabelos da marca FascinElle? Contem para gente nos comentários.

Beijocas e até o próximo post.

__________

(*) Preço pesquisados no catálogo Hinode vigente na data deste post. Pode sofrer alterações conforme a campanha vigente em sua cidade.

Testei: Shampoo, Condicionador e Leave-in Cabelos Coloridos, com reflexos e luzes (Rodrigo Cintra)

Oi, pessoal, tudo bem?

Já faz um tempinho que eu comprei na NetFarma o kit com shampoo, condicionador e leave-in para cabelos coloridos da marca Rodrigo Cintra, na ocasião, comprei outros produtos e mostrei na conta do blog no Instagram.

post de hoje é com as resenhas dos produtos do trio e para conferir, já sabem, é só continuar lendo o post. 🙂

Shampoo Cabelos Coloridos, com reflexos e luzes

Marca: Rodrigo Cintra

Fabricante: Aba Cosméticos Ind. e Com. Ltda ME.

Descrição: shampoo para cabelos coloridos, com reflexos e luzes

Conteúdo: 500ml

O que promete:
O Shampoo da Linha Rodrigo Cintra para cabelos coloridos, com reflexo e luzes nutre, fortifica as fibras capilares, rejuvenesce os cabelos secos e danificados repondo a umidade natural dos fios.

Modo de uso:
Aplicar o shampoo nos cabelos molhados, massagear com as pontas dos dedos até formar espuma em abundância, enxaguar. Se necessário repita a operação.

Precauções:
Mantenha fora do alcance de crianças. Em caso de sensibilização, suspenda o uso e procure orientação médica. Em caso de contato com os olhos, lavar com água em abundância. Não usar em mucosas. Uso externo.

Armazenamento:
Conservar em local seco e fresco sem incidência de luz e calor.

Composição: Aqua, Disodium Lauryl Sulfosuccinate, Cocamidopropyl Betaine, Cocamide DEA, Decyl Glucoside, Distearate Glicol, Parfum, Polissorbato 20, Polyquaternium-7, Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride, Macadamia Integrifolia Seed Oil, Panthenol, Tocopherol Acetate, Methylchloroisothiazolinone/ Methylisothiazolinone, Butylphenyl Methylpropional, Hexyl Cinnamal, Linalool.

O teste: Apliquei normalmente como qualquer outro shampoo.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 4 (Bons)

É um shampoo bem denso, com textura gel. Para aplicar, recomendo emulsionar com um pouco de água, com um pouco do produto na palma da mão, para facilitar a aplicação nos cabelos.

Cheiro: 2 (Ruim)

Ai, gente… isso é um quesito muito particular e já li resenhas de meninas que adoraram o cheiro dessa linha, mas eu realmente não gostei. Tem cheiro de sabão de coco para lavar roupa e esse cheiro impregna nos cabelos e fixa por dias!

Minha mãe e minha prima também sentiram o perfume e, mesmo sem eu comentar o que eu achei, também se lembraram do cheiro de sabão de coco e disseram que parecia que eu havia acabado de sair do tanque e não do banho (risos). Achei ruim, bem ruim mesmo. Só não coloco nota 1 porque não chega a ser fedido, mas definitivamente não gostei.

Resultados: 4 (Bons)

É um shampoo que limpa muito bem os fios, sem ressecar e sem desbotar a coloração.

Os cabelos ganham um pouco mais de brilho e ficam sem frizz, mas não notei diferença na luminosidade da cor.

Embalagem: 4 (Boa)

Frasco plástico com tampa flip-top de fácil abertura e fechamento.

Mesmo sendo uma embalagem grande, não é desconfortável para o uso.

A tampa tem um ótimo fechamento e, para facilitar a abertura, tem um encaixe para apoiar o dedo.

Mesmo sendo um shampoo denso, só é preciso chocalhar a embalagem quando o shampoo está bem no finalzinho.

Preço: 4 (entre R$ 15,01 e R$ 40,00)

O preço médio é de R$ 20,00*, bem em conta para uma embalagem de 500ml.

Facilidade de encontrar: 2 (Um pouco difícil de encontrar)

O produto pode ser encontrado em lojas de cosméticos e em salões de beleza, mas não é tão fácil de achar.

Algumas lojas virtuais também trabalham com a marca, incluindo a NetFarma, que sempre faz ótimas promoções do produto.

Segurança da composição: 3 (Requer atenção)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Cocamide DEA: Utilizados habitualmente nos cosméticos como emulsionantes e/ou agentes produtores de espuma. Podem causar reações alérgicas, irritações nos olhos e desidratação do cabelo e pele. DEA e TEA são “aminas” (compostos a partir da amônia) e podem formar nitrosaminas causadoras de câncer quando em contacto com nitratos. São tóxicos se absorvidos pelo corpo prolongadamente.
  • Parfum: As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Cocamidopropyl Betaine: Sujeito a restrições no uso. Conhecido tóxico do sistema imunitário. Pode conter impurezas prejudiciais, nomeadamente Nitrosaminas, ligadas ao câncer. Pode também causar sensibilidade no contato direto com a pele, com reações alérgicas tanto na pele quanto nos pulmões.
  • Cocamide DEA: Alkyloamides – geralmente identificados nos rótulos como: Diethanolamine (DEA); Monoethanolamine (MEA); Triethanolamine (TEA), e por vezes precedido pelo nome “cocamide”: São classificados como tóxicos por alguns governos. Podem causar irritação na pele (comichão, queimadura, urticária etc). Combinados com conservantes que contém formaldeído, tornam-se cancerígenos. Quando misturado com agentes nitrosantes na pele ou no corpo, após a absorção, podem formar compostos cancerígenos. São perigosos para o meio ambiente, contaminando água, solo e ar). O MEA é ainda sensibilizador dos pulmões, podendo instigar respostas do sistema imunitário, que incluem ataques de asmas ou outros problemas pulmonares das vias respiratórias, além de ser suspeito de apresentar riscos para a reprodução humana e desenvolvimento do feto. O TEA também é um componente suspeito, com evidências ainda limitadas relacionadas ao desenvolvimento de câncer.
  • Parfum: Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Parfum: perfume.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 4 x 2 = 8
Cheiro: 2 x 2 = 4
Resultados: 4 x 3 = 12
Embalagem: 4 x 0,5 = 2
Preço: 4 x 1 = 4
Facilidade de encontrar: 2 x 0,5 = 2
Segurança da composição: 3 x 1 = 3

Média: 3,5

Condicionador Cabelos Coloridos, com reflexos e luzes

Marca: Rodrigo Cintra

Fabricante: Aba Cosméticos Ind. e Com. Ltda ME.

Descrição: condicionador para cabelos coloridos, com reflexos e luzes

Conteúdo: 500ml

O que promete:
O Condicionador da Linha Rodrigo Cintra para cabelos coloridos, com reflexo e luzes hidrata, desembaraça, deixa os cabelos macios, soltos e fácil de pentear.

Modo de uso:
Após lavar os cabelos com o Shampoo, aplicar o Condicionador. Deixe agir por 1 minuto e enxágue em seguida.

Precauções:
Mantenha fora do alcance de crianças. Em caso de sensibilização, suspender o uso e procurar orientação médica. Em caso de contato com os olhos, lavar com água em abundância. Não usar em mucosas. Uso externo.

Armazenamento:
Conservar em local seco e fresco sem incidência de luz e calor.

Composição: Aqua, Cetearyl Alcohol, Glycerin, Behentrimonium Methosulfate, Parfum, Cetrimonium Chloride, Amodimethicone, Cyclopentasiloxane, Madamia Integrifolia Seed Oil, Dimethiconol, Panthenol, Hydrolyzed Soy Protein, Hydrolyzed Wheat Protein, Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride, Methylchloroisothiazolinoe/ Methylisothiazolinoe, Butylphenyl Methylpropional, Hexyl Cinnamal, Linalool.

O teste: Usei como indicado na embalagem, sempre após o uso do Shampoo Cabelos Coloridos da mesma linha.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 4 (Bons)

Leve, mas denso e muito cremoso e de textura creme-gel.

Desliza e espalha com suavidade sobre os fios e rende muito bem.

Cheiro: 3 (Regular)

Um pouco mais adocicado que o perfume do shampoo, mas ainda muito parecido com cheiro de sabão de coco. Não gosto, mas o fundo adocicado deixa ligeiramente mais suportável.

Resultados: 3 (Regulares)

Deixa os cabelos macios e complementa o efeito anti-frizz deixado pelo shampoo. No quesito brilho, não notei diferença entre o uso apenas do shampoo e do shampoo com o condicionador. Assim como não houve nenhuma diferença na luminosidade da cor.

Dei nota 3 porque, usando só o shampoo, tive o mesmo resultado.

Embalagem: 3 (Regular)

A embalagem é exatamente igual à do shampoo. Porém, como o condicionador é muito mais denso que o shampoo, ele agarra nas paredes da embalagem e, mesmo com o frasco cheio, é preciso chocalhar a embalagem e apertar muito bem o frasco para que o produto saia.

Preço: 4 (entre R$ 15,01 e R$ 40,00)

O preço médio é de R$ 20,00*, bem em conta para uma embalagem de 500ml.

Facilidade de encontrar: 2 (Um pouco difícil de encontrar)

O produto pode ser encontrado em lojas de cosméticos e em salões de beleza, mas não é tão fácil de achar.

Algumas lojas virtuais também trabalham com a marca, incluindo a NetFarma, que sempre faz ótimas promoções do produto.

Segurança da composição: 4 (Seguro)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Parfum: As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Parfum: Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.
  • Amodimethicone: Derivado de silicone.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Parfum: perfume.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 4 x 2 = 8
Cheiro: 3 x 2 = 6
Resultados: 3 x 3 = 9
Embalagem: 3 x 0,5 = 1,5
Preço: 4 x 1 = 4
Facilidade de encontrar: 2 x 0,5 = 2
Segurança da composição: 4 x 1 = 4

Média: 3,45

Leave-in Cabelos Coloridos, com reflexo e luzes

Marca: Rodrigo Cintra

Fabricante: Aba Cosméticos Ind. e Com. LTDA ME.

Descrição: leave-in para cabelos coloridos, com reflexo e luzes

Conteúdo: 500ml

O que promete:
O Leave-in da Linha Rodrigo Cintra para cabelos coloridos, com reflexo e luzes deixa o cabelo suave, maleável e brilhante, reduz o tempo de secagem e tem ação antifrizz.

Modo de uso:
Coloque a quantidade adequada do produto na palma da mão e aplique sobre os cabelos úmidos. Espalhe massageando bem mecha a mecha. Inicie a finalização desejada.

Precauções:
Mantenha fora do alcance de crianças. Em caso de sensibilização, suspender o uso e procurar orientação médica. Em caso de contato com os olhos, lavar com água em abundância. Não usar em mucosas. Uso externo.

Armazenamento: Conservar em local seco e fresco sem incidência de luz e calor.

Composição: Aqua, Cetearyl Alcohol, Cetrimonium Chloride, Glycerin, Polyquaternium-28, Cyclomethicone, Cetyl Alcohol, Dimethicone, Parfum, PEG-12 Dimethicone, PEG-20 Stearate, Macadamia Integrifolia Seed Oil, Lanolin Miristate, Methylchloroisothiazoline/ Methylisothiazolinone, Butylphenyl Methylpropional, Hexyl Cinnamal, Linalool.

O teste: Apliquei normalmente sobre os cabelos úmidos, após a lavem com o Shampoo e o Condicionador da mesma linha. Deixei secar naturalmente e também testei a finalização com secador.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 4 (Bons)

Leve e cremoso, com uma densidade um pouco menor que a do condicionador. Rende muito bem. Só um pouquinho espalha por todo o cabelo e envolve todos os fios.

Cheiro: 3 (Regular)

Está mais para o cheiro do condicionador do que o do shampoo, mas continua me incomodando o perfume de sabão de coco. Fixa no cabelo por vários dias. Então, se você não gostar do perfume, como eu não gostei, será um problema.

Resultados: 4 (Bons)

Reforça o brilho dado pelo shampoo e resolve a questão do frizz. Não notei, porém, diferença no quesito luminosidade da cor.

Eu muito raramente utilizo secador, chapina ou outro tipo de equipamento para secar e finalizar os meus cabelos, mas resolvi testar o secador, já que o produto promete agilizar o processo de secagem. De fato, os cabelos secaram mais rápido com o secador, com o produto aplicado, mas notei que, se aplicar o produto e deixar os cabelos secarem naturalmente, eles acabam demorando mais para secar do que o habitual.

Embalagem: 4 (Boa)

A embalagem é exatamente igual à do shampoo e do condicionador. Porém, o leave-in é menos denso que o condicionador e a embalagem funciona melhor. Não é preciso chocalhar a embalagem se ainda houver uma boa quantidade de produto.

Preço: 4 (entre R$ 15,01 e R$ 40,00)

O preço médio é de R$ 30,00*, bem em conta para uma embalagem de 500ml.

Facilidade de encontrar: 2 (Um pouco difícil de encontrar)

O produto pode ser encontrado em lojas de cosméticos e em salões de beleza, mas não é tão fácil de achar.

Algumas lojas virtuais também trabalham com a marca, incluindo a NetFarma, que sempre faz ótimas promoções do produto.

Segurança da composição: 3 (Requer atenção)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Parfum: As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.
  • PEG-12 Dimethicone, PEG-20 Stearate: Idealmente é uma glicerina vegetal combinada com álcool de cereais, sendo ambos naturais. Porém, atualmente não passa de uma combinação de petroquímicos sintéticos utilizados como humidificantes. É conhecido como causador de reações alérgicas, urticária e eczemas. Quando vir PEG (polietileno glicol) ou PPG (polipropileno glicol) num rótulo, tenha cuidado, pois são produtos químicos sintéticos idênticos.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Dimethicone: Derivado de silicone.
  • Parfum: Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.
  • PEG-12 Dimethicone, PEG-20 Stearate: Componente irritante para a pele (comichão, queimadura, urticária, acne, alergias). É um solvente de fácil absorção, altera a estrutura da pele, permitindo que outros agentes e químicos penetrem mais profundamente, aumentando assim a quantidade que chega à corrente sanguínea.
  • Lanolin Miristate: Um produto derivado da lã de ovelha que tem sido ligado a sensibilidade da pele, devido aos resíduos de pesticidas.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Parfum: perfume.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 4 x 2 = 8
Cheiro: 3 x 2 = 6
Resultados: 4 x 3 = 12
Embalagem: 4 x 0,5 = 2
Preço: 4 x 1 = 4
Facilidade de encontrar: 2 x 0,5 = 2
Segurança da composição: 3 x 1 = 3

Média: 3,7

Média Geral (shampoo + condicionador + leave-in): 3,55

estrela35

Considerações finais:

São produtos com bons resultados e com um ótimo preço, se você não se incomodar com o cheiro de sabão de coco.

Se você gostar do perfume e tiver os cabelos tingidos, pode ser que valha a pena o uso como shampoo diário.

Eu, honestamente, não gostei tanto a ponto de comprar novamente.

E vocês, já usaram esses ou outros produtos Rodrigo Cintra? Contem para gente nos comentários!

Beijocas e até o próximo post.

Fabi.

__________

(*) Médias de preços pesquisadas na data deste post. Podem sofrer alterações.

Testei: Shampoo e Máscara Nano Red (Kaedo)

Oi, pessoal, tudo bem? 🙂

Já faz um tempão que eu mostrei aqui uns produtos Kaedo e Miskito que eu havia comprado mas, com essa paixão por produtos capilares e os cabelos tão curtos, tudo dura uma eternidade e eu acabo tendo que adiar o uso para não ficar com um monte de produto pela metade.

O que eu mais tinha curiosidade para usar eram o shampoo e a máscara da linha Nano Red da Kaedo, criada especialmente para quem tem cabelos vermelhos ou acaju.

A resenha de hoje é com essa dupla linda e perfumadíssima. Se você tinge os cabelos com tons de vermelho e luta para manter a cor bonita até a próxima tintura, vem comigo. 😉

Shampoo Nano Red

Marca: Kaedo

Fabricante: Di Fiorena Indústria Cosmética Ltda.

Descrição: shampoo revitalizante para cabelos vermelhos e acaju

Conteúdo: 250ml

O que promete:
Promove uma suave limpeza dos cabelos reavivando a cor avermelhada, hidrata, protege e condiciona.

Modo de usar:
Aplicar sobre os cabelos molhados, massagear por alguns minutos e enxaguar. Repetir a operação se necessário e enxaguar.

Precauções:
Uso externo. Mantenha fora do alcance das crianças. Em caso de alergia a qualquer um dos componentes da fórmula, suspenda o uso.

Composição: Aqua, Sodium C14-16 Olefin Sulfonate, Acrylates Copolymer, Cocamidopropyl Betaine, Polyquaternium-7, Cocamide DEA, Polyquaternium-7/ Sericin/ Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride/ Cetrimonium Chloride/ Behentrimonium Chloride, Polyquaternium-10, Parfum, Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride, CI 17200, Glycerin/ Hydroxyethyl Cetearamidopropyldimonium Chloride/ Behenyl Alcohol/ Cetearyl Alcohol/ Polyquaternium 55/ Cyclopentasiloxane/ Dimethiconol/ Ceteareth-20, Disodium EDTA, Citric Acid, Methylchloroisothiazolinone/ Methylisothiazolinone Amyl Cinnamal, Hexyl Cinnamal, D-Limonene, Linalool.

Não contém parabenos. Não contém Sulfato. Não contém sal (cloreto de sódio ou Sodium Chloride). Não testado em animais.

O teste: Usei normalmente conforme indicado na embalagem.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 4 (Bons)

O shampoo é bem denso, quase gelatinoso e rende muito bem.

Recomendo inclusive misturar um pouquinho de água, com a mão em forma de concha, para facilitar a aplicação do produto e o espalhamento da espuma pelo couro cabeludo e comprimento dos fios.

Cuidado também com a cor intensa do shampoo. Embora não conste a informação na embalagem, o shampoo pode manchar um pouco, principalmente se você estiver com as unhas pintadas com um esmalte clarinho. A espuma em si não mancha, mas enquanto o shampoo ainda não foi emulsificado, ele pode manchar o seu esmalte se ele for de cor clara.

Cheiro: 5 (Ótimo)

Eu e minha relação de amor com os perfumes dos produtos Kaedo.

O problema é que eu não sei como explicar ou descrever as fragrâncias, só consigo dizer que são sempre fabulosas e fixam muito bem nos fios, até a próxima lavagem.

Costumo brincar que os produtos Kaedo têm o “cheiro da riqueza” (risos). Sério. O perfume é maravilhoso.

(E não, não é um comentário preconceituoso. Já recebi críticas ignorantes dizendo que essa associação de “cheiro da riqueza” é preconceituosa. Não tem nada a ver com preconceito, pelo amor de Deus!)

Resultados: 3 (Regulares)

Achei que o shampoo limpa muito bem, mas embaraçou bastante o meu cabelo e olha que eu tenho o cabelo bem curtinho, então é difícil embaraçá-lo.

Também não senti maciez nos fios, que ficaram ressecados ao toque.

Mas não desanimem. A “magia Disney” (como costuma dizer meu amigo Lucas) acontece mesmo é com o uso da máscara. Continue acompanhado a coisa toda. 😉

Embalagem: 4 (Boa)

A embalagem tem um formato diferenciado do frasco, com o logotipo Kaedo em alto relevo e tampa flip-top.

As informações estão todas no frasco e não há o problema de registro que eu mencionei na embalagem da Nano Color Daily Defense Color Mask.

Preço: 3 (entre R$ 40,01 e R$ 65,00)

O preço sugerido do produto é de R$ 43,00*. Não é preço de shampoo de farmácia e supermercado, mas levem em consideração que também não é a mesma qualidade. É um produto profissional, de qualidade bem superior.

Facilidade de encontrar: 1 (Muito difícil de encontrar)

Um dos maiores problemas da Kaedo é a questão de “onde comprar”. Todas as vezes que são enviados produtos Kaedo em caixas de beleza como a GlamBox ou que eu faço resenha de um produto aqui no blog, a questão que sempre aparece é a mesma: “Onde é que eu encontro para comprar?”.

Eu indico a loja virtual A Dona Dondoka, que é de confiança. Porém, há o inconveniente do frete, pois eles estão localizados em Teresópolis e, a não ser que você seja dessa cidade, o frete sai relativamente caro, pois os produtos são pesados e os Correios enfiam a faca. 😦

Segurança da composição: 3 (Requer atenção)

Aqua, Sodium C14-16 Olefin Sulfonate, Acrylates Copolymer, Cocamidopropyl Betaine, Polyquaternium-7, Cocamide DEA, Polyquaternium-7/ Sericin/ Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride/ Cetrimonium Chloride/ Behentrimonium Chloride, Polyquaternium-10, Parfum, Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride, CI 17200, Glycerin/ Hydroxyethyl Cetearamidopropyldimonium Chloride/ Behenyl Alcohol/ Cetearyl Alcohol/ Polyquaternium 55/ Cyclopentasiloxane/ Dimethiconol/ Ceteareth-20, Disodium EDTA, Citric Acid, Methylchloroisothiazolinone/ Methylisothiazolinone Amyl Cinnamal, Hexyl Cinnamal, D-Limonene, Linalool.

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Cocamide DEA: Utilizados habitualmente nos cosméticos como emulsionantes e/ou agentes produtores de espuma. Podem causar reações alérgicas, irritações nos olhos e desidratação do cabelo e pele. DEA e TEA são “aminas” (compostos a partir da amônia) e podem formar nitrosaminas causadoras de câncer quando em contacto com nitratos. São tóxicos se absorvidos pelo corpo prolongadamente.
  • Parfum (perfume): As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.
  • CI 17200 (corante): Usadas para deixar os produtos cosméticos coloridos e “bonitos”, as cores sintéticas, assim como colorantes sintéticos para o cabelo, devem ser evitados a todo o custo. Estas são rotuladas como FD&C, D&C ou CI, seguidas por uma cor e um número. Exemplo: FD&C Red No. 6 / D&C Green No. 6. Muitas cores sintéticas podem ser cancerígenas.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Cocamide DEA: São classificados como tóxicos por alguns governos. Podem causar irritação na pele (comichão, queimadura, urticária etc). Combinados com conservantes que contém formaldeído, tornam-se cancerígenos. Quando misturado com agentes nitrosantes na pele ou no corpo, após a absorção, podem formar compostos cancerígenos. São perigosos para o meio ambiente, contaminando água, solo e ar). O MEA é ainda sensibilizador dos pulmões, podendo instigar respostas do sistema imunitário, que incluem ataques de asmas ou outros problemas pulmonares das vias respiratórias, além de ser suspeito de apresentar riscos para a reprodução humana e o desenvolvimento do feto. O TEA é apontado, ainda com evidências ainda limitadas, como possível causador de câncer.
  • Parfum (perfume): Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
  • CI 17200 (corante).

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Parfum (perfume).

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 4 x 2 = 8
Cheiro: 5 x 2 = 10
Resultados: 3 x 3 = 3
Embalagem: 4 x 0,5 = 2
Preço: 3 x 1 = 3
Facilidade de encontrar: 1 x 0,5 = 0,5
Segurança da composição: 3 x 1 = 3

Média: 2,95

Avaliação Geral: estrela3

Máscara Nano Red

Marca: Kaedo

Fabricante: Di Fiorena Indústria Cosmética Ltda.

Descrição: máscara revitalizante para cabelos vermelhos e acaju

Conteúdo: 250g

O que promete:
Máscara cremosa de tratamento condicionante, age na fibra capilar selando as cutículas, proporcionando brilho imediato e reavivando a cor avermelhada dos tons vermelhos e acajus.

Modo de usar:
Aplique a Máscara Nano Red nos cabelos limpos e úmidos. Passe um pente nos fios para melhor distribuição do produto. Deixe agir por 10 a 15 minutos. Enxágue bem. Usar luvas na aplicação.

Precauções: Uso externo. Mantenha fora do alcance das crianças. Em caso de alergia a qualquer um dos componentes da fórmula, suspenda o uso.

Composição: Aqua, Cetearyl Alcohol, Helianthus Annus Seed Oil, Cetrimonium Chloride, Dimethicone, Dimethiconol/ Cyclomethicone, Polyquaternium-7/ Sericin/ Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride/ Cetrimonium Chloride/ Behentrimonium Chloride, Parfum, Glycerin/ Hydroxyethyl Cetearamidopropyldimonium Chloride/ Behenyl Alcohol/ Cetearyl Alcohol/ Polyquaternium 55/ Cyclopentasiloxane/ Diemethiconol/ Ceteareth-20, CI 17200, Propylene Glycol, Disodium EDTA, Citric Acid, Methylchhloroisothiazolinone/ Methylisothiazolinone, Amyl Cinnamal, Hexyl Cinnamal, D-Limonene, Linalool.

Não contém parabenos. Não contém mineral.

O teste: Usei normalmente conforme indicado na embalagem, sempre após o uso do shampoo da mesma linha.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 5 (Ótimos)

A máscara é superdensa, não adianta virar o pote que ela nem se mexe. Eu gosto de máscaras com essa consistência. Na maior parte das vezes são as que apresentam melhores resultados e rendem mais.

Aliás, salvo se você for como eu e se empolgar a ponto de sair do chuveiro até com o nariz vermelho (calma, que eu já explico), essa máscara rende uma quase eternidade.

A aplicação é deliciosa, mas requer cuidados extras. A informação está na embalagem, mas não custa reafirmar: use luvas ao aplicar este produto porque ele tinge. Tinge a pele, tecidos, unhas, esmalte… e se você não tomar cuidado, sairá do chuveiro toda cor de rosa, que  é a cor que a máscara deixa na pele.

Eu apliquei com luvas, mas como eu tenho um corte de cabelo side cut, eu quis aplicar direito nos fios mais curtinhos, acabei me empolgando e saí do chuveiro com metade da testa cor de rosa. Se acontecer com você, não se desespere. Um algodão com um pouquinho de sabonete líquido resolve o problema mas, se você estiver se arrumando para uma festa ou ocasião importante com o tempo apertado, aconselho aplicar a máscara em frente a um espelho, assim você verá exatamente onde está aplicando o produto e não correrá esse risco.

Cheiro: 5 (Ótimo)

O perfume é mais intenso do que no shampoo e eu só consigo imaginar uma vitamina com muitas frutas exóticas, bem tropical.

(Por que eu sempre associo perfumes bons à comidas e bebibdas? Não sei… abstraia! – risos)

Resultados: 5 (Ótimos)

Lembra que eu escrevi que era com a máscara que acontecia toda a “magia Disney”? Pois bem.

Além de deixar os cabelos muito macios e brilhantes, a máscara pigmenta levemente os cabelos. Ela não tinge, hein? Pelo amor de Deus… Não é tintura, nem tonalizante, mas os pigmentos presentes no produto intensificam a coloração avermelhada dos cabelos, sendo eles naturalmente ruivos (sortuda você que se encaixa nesse perfil) ou tingidos. Até os cabelos brancos, que já estavam começando a aparecer quando eu testei, acabaram ficando meio rosados e eu achei divertidíssimo.

Agora, é preciso alertar uma coisa: não saia do chuveiro e coloque uma roupa clara com os cabelos ainda úmidos, porque a água que escorrerá dos fios poderá tingir sua roupa. Se você secar os cabelos e, por obra de São Pedro, você pegar chuva e molhar os cabelos aponto da água escorrer por eles, você corre o mesmo risco.

Na lavagem seguinte, com um shampoo comum, foram necessárias quatro aplicações de shampoo até que a espuma finalmente parasse de sair rosa e ficasse branquinha de novo.

Então, cuidado com isso!

Embalagem: 4 (Boa)

Pote plástico com tampa de rosca, comum à maioria dos produtos da categoria, e que eu não considero nem um pouco prática. Todas as máscaras deveriam ter a tampa parecida com a da embalagem da máscara Head & Shoulders.

É o mesmo pote da Nano Color Daily Defense, sem o problema de impressão.

Preço: 3 (entre R$ 40,01 e R$ 65,00)

O preço sugerido pela marca é de R$ 55,00*, que eu considero um preço justo, assim como o do shampoo.

Infelizmente não dá para esperar preço de produtos de farmácia e mercado em produtos profissionais. Seria ótimo, mas… (risos).

Facilidade de encontrar: 1 (Muito difícil de encontrar)

Valem as mesmas observações que fiz em relação ao shampoo. Kaedo é complicada de encontrar.

Indico novamente a loja virtual A Dona Dondoka. Apesar da questão do frete, é de confiança.

Segurança da composição: 3 (Requer atenção)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Parfum (perfume): As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.
  • CI 17200 (corante): Usadas para deixar os produtos cosméticos coloridos e “bonitos”, as cores sintéticas, assim como colorantes sintéticos para o cabelo, devem ser evitados a todo o custo. Estas são rotuladas como FD&C ou D&C, seguidas por uma cor e um número. Exemplo: FD&C Red No. 6 / D&C Green No. 6. Muitas cores sintéticas podem ser cancerígenas.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Propylene Glycol: Componente irritante para a pele (comichão, queimadura, urticária, acne, alergias). É um solvente de fácil absorção, altera a estrutura da pele, permitindo que outros agentes e químicos penetrem mais profundamente, aumentando assim a quantidade que chega à corrente sanguínea.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Parfum (perfume).

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 5 x 2 = 10
Cheiro: 5 x 2 = 10
Resultados: 5 x 3 = 15
Embalagem: 4 x 0,5 = 2
Preço: 3 x 1 = 3
Facilidade de encontrar: 1 x 0,5 = 0,5
Segurança da composição: 3 x 1 = 3

Média: 4,35

Avaliação Geral: estrela45

Avaliação do conjunto Shampoo + Máscara: 3,65

selo ndm2Considerações finais:

Apesar do shampoo não ter funcionado muito bem nos meus cabelos, eu achei o resultado da máscara incrível. Quem tem os cabelos tingidos de vermelho sabe bem o quanto as colorações nesse tom desbotam com facilidade e é essencial cuidar dos fios com produtos específicos. Vale a pena. 🙂

Alguém mais já usou essa dupla? Contem para gente nos comentários.

Beijocas e até o próximo post.

_________________

(*) Preços sugeridos pesquisados na data deste post. Podem sofrer alterações.

Testei: Shine Blue Cabelos Coloridos Shampoo e Condicionador

Olá, meninas, tudo bem?

Faz um bom tempo que não vou à Perfumaria Sumirê, mas na minha última visita estava à procura do shampoo e do condicionador Charming Gloss Collection, que eu já mencionei aqui no blog e que eu gosto de usar no meu dia-a-dia, principalmente quando vejo que meus cabelos estão sem brilho.

Como não tinha na loja, a vendedora me indicou um produto de outra marca, também indicado para dar brilho aos cabelos, e específico para cabelos tingidos.

Acabei trazendo duo shampoo/condicionador e confesso que demorei, mas finalmente coloquei os dois para teste.

Querem saber os resultados? É só continuar lendo esse post. 🙂

Shampoo Shine Blue Cabelos Coloridos

Marca: Shine Blue

Fabricante: Nutry Shine

Descrição: shampoo sem sal para cabelos coloridos

Conteúdo: 300ml

O que promete: O Shampoo para cabelos coloridos foi desenvolvido para a manutenção dos cabelos coloridos ou mechados. Sua fórmula suave e enriquecida com Proteínas do Trigo e Vitamina E, evitam o desbotamento e melhoram de forma substancial a qualidade dos cabelos tornando-os macios, brilhantes e fáceis de desembaraçar. A cor será mantida nos intervalos entre as colorações.

Modo de usar: Aplique o Shampoo sobre os cabelos molhados massageando até obter espuma. Enxágue em seguida e aplique o Condicionador para Cabelo Coloridos Shine Blue para completar o tratamento.

Precauções: Manter fora do alcance de crianças. Em caso de irritação suspenda o uso. Em caso de contato com os olhos, lave imediatamente com água. Uso externo.

O teste: Utilizei o Shampoo durante duas semanas consecutivas (o que somou o total de oito lavagens), aplicando normalmente o shampoo e o condicionador conforme indicado na embalagem.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 4 (Bons)

É um shampoo muito suave, embora esteja mais para translúcido (característica de shampoos com muito detergente) do que para cremoso.

Faz uma espuma leve e inicialmente eu pensei que ele não limparia os fios adequadamente, mas me enganei. Limpa muito bem (deixa fazendo aquele ‘barulhinho de limpeza’ nos fios), sem embaraçar e sem ressecar.

Minha única ressalva é que, quando uso outros shampoos, duas aplicações são suficientes para a limpeza completa. Com esse eu precisei de três aplicações. Não é nenhum drama porque eu tenho cabelos bem curtos, então é muito rápido. Mas pode ser um empecilho para quem tem cabelos longos, que naturalmente já levam mais tempo para lavagem completa.

Cheiro: 5 (Ótimo)

Tem um perfume muito delicado, bem parecido com produtos direcionados à bebês. Um cheirinho de talco, simplesmente delicioso. Fixa bem nos cabelos até o dia seguinte, depois começa a perder a intensidade.

Resultados: 4 (Bons)

Notei que a minha coloração realmente desbotou menos do que com o uso de outros shampoos comuns. Eu tinjo os cabelos de vermelho, e quem tinge os fios sabe que essa tonalidade é a que mais desbota.

Percebi uma melhora na maciez e no brilho dos fios depois do terceiro uso, mas não dou nota 5 porque não achei que a melhor foi ‘substancial’ como prometem na embalagem. E acabei fazendo uma comparação imediata com os resultados do Shampoo Monoï & Argan, d’O Boticário, que não são específicos para cabelos tingidos, mas dão um resultado simplesmente incrível que é impossível não notar a diferença.

Embalagem: 4 (Boa)

Com tampa flip-top, é confortável para usar, o produto sai com facilidade e 300ml é uma ótima quantidade.

Preço: 4 (entre R$ 15,01 e R$ 40,00)

O shampoo está custando R$ 16,90(*) e eu nunca vi para vender em nenhum outro lugar que eu costume fazer compras, a não ser na Sumirê. Mas se vocês se interessarem, é só entrar no site da marca. Tem uma lista de lugares onde encontrar.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento:
****
Cheiro:
*****
Resultados: ****
Embalagem: ****
Preço:  ****

Média: 4,2

Avaliação Geral:

Condicionador Shine Blue Cabelos Coloridos

Marca: Shine Blue

Fabricante: Nutry Shine

Descrição: condicionador para cabelos coloridos

Conteúdo: 300ml

O que promete: Foi especialmente desenvolvido para prolongar a cor nos cabelos coloridos, proporcionando um excelente poder desembaraçante, graças a sua fórmula enriquecida com Proteínas do Trigo e Vitamina E, torna os cabelos macios, sedosos e brilhantes, garantindo maior duração da cor nos cabelos. Contém Filtro Solar que protege contra os raios nocivos do Sol e do desbotamento.

Modo de usar: Aplique sobre os cabelos úmidos após o uso do Shampoo. Massageie e deixe agir de 2 a 3 minutos e enxágue em seguida.

Precauções: Manter fora do alcance de crianças. Em caso de irritação suspenda o uso. Em caso de contato com os olhos, lave imediatamente com água. Uso externo.

O teste: Utilizei o Condicionador durante duas semanas consecutivas (o que somou o total de oito lavagens), aplicando normalmente após o uso do shampoo Shine Blue, conforme indicado na embalagem.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 5 (Ótimos)

Se o shampoo é leve, o condicionador então, nem se fale. É quase um mousse, um gel, algo assim.

É daqueles condicionadores que, conforme você aplica e massageia os fios, ele emulsiona e cria quase uma espuma, que desliza e penetra nos cabelos deixando os fios super macios. Além de render bastante.

Cheiro: 5 (Ótimo)

Assim como o Shampoo, tem o mesmo perfume delicado e parecido com produtos direcionados à bebês. Fixa bem nos cabelos até o dia seguinte e depois começa a perder a intensidade.

Resultados: 4 (Bons)

Repeteco do texto que está na avaliação do Shampoo, porque não faz sentido avaliar os dois produtos separadamente.

Notei que a minha coloração realmente desbotou menos do que com o uso de outros shampoos comuns. Eu tinjo os cabelos de vermelho, e quem tinge os fios sabe que essa tonalidade é a que mais desbota.

Percebi uma melhora na maciez e no brilho dos fios depois do terceiro uso, mas não dou nota 5 porque não achei que a melhor foi ‘substancial’ como prometem na embalagem. E acabei fazendo uma comparação imediata com os resultados do Shampoo Monoï & Argan, d’O Boticário, que não são específicos para cabelos tingidos, mas dão um resultado simplesmente incrível que é impossível não notar a diferença.

Embalagem: 3 (Regular)

Na minha opinião, embalagens de condicionador deveriam obrigatoriamente vir com a tampa virada para baixo (eu detesto ter que ficar chacoalhando embalagem quando o produto está próximo do fim) e em tamanho menor que o do shampoo.

A grande maioria das pessoas gasta muito mais shampoo do que condicionador. Shampoo é um produto que aplicamos no mínimo duas vezes, condicionador aplicamos uma vez só. O que acaba acontecendo é que o shampoo acaba e ainda temos mais da metade da embalagem do condicionador. Não faz muito sentido utilizá-lo com um shampoo de outra linha, outra fabricante, e você se vê ‘forçado’ a comprar outro frasco de shampoo só para acabar com aquele condicionador.

É frustrante, ainda mais em um condicionador que rende tanto, como esse.

Preço: 4 (entre R$ 15,01 e R$ 40,00)

O condicionador é um pouquinho mais caro que o shampoo, está custando R$ 17,40(*) e eu também nunca vi para vender em nenhum outro lugar que eu costume fazer compras, a não ser na Sumirê. Mas se vocês se interessarem, é só entrar no site da marca. Tem uma lista de lugares onde encontrar.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento:
*****
Cheiro:
*****
Resultados: ****
Embalagem: ***
Preço:  ****

Média: 4,2

Avaliação Geral:

Avaliação do conjunto Shampoo + Condicionador: 4,2

Meus agradecimentos à minha amiga Lilian, que verificou os preços atualizados dos produtos na Sumirê. 🙂

Alérgicas de plantão, cuidado: o shampoo e o condicionador contém parabenos e o condicionador também tem amônia. A quantidade desses componentes geralmente é muito pequena, mas para pessoas muito sensíveis pode causar alguma reação.

Pelo preço e rendimento, acho que é um ótimo duo para quem tinge os cabelos usar no dia-a-dia. Pena que é chato de encontrar à venda.

E vocês? Já viram esse produto para vender por aí e se arriscaram a comprar?

Contem para a gente nos comentários!

Beijinhos e até o próximo post!

_________________

(*) Preços pesquisados na data desse post. Podem sofrer alterações.

%d blogueiros gostam disto: