Testei: Keratina Tratamento Noturno (Vizcaya)

Olá, meninas, tudo bem?

Já faz alguns anos que eu conheci os produtos da linha Keratina da Vizcaya. Eu nem tinha blog, usei durante alguns meses e meu cabelo mudou tanto que eu nunca mais senti necessidade de recorrer aos produtos da linha.

Na minha última visita à perfumaria de bairro aqui perto de casa encontrei um produto da linha que eu nunca havia visto: um creme sem enxágue, de tratamento noturno. É claro que eu me lembrei logo da qualidade do shampoo, condicionador e queratina líquida que eu usei há anos e não pensei duas vezes em incluir o creme nas minhas compras e voltei para casa pensando “Será que é tão bom quanto os outros produtos que eu já conheço?”.

Para descobrir, é só continuar lendo este post. 🙂

Keratina Tratamento Noturno

Marca: Vizcaya

Descrição: creme de tratamento noturno

Conteúdo: 120ml

O que promete: O Tratamento Noturno é comporto por um mix especial de Queratina, Manteiga de Cereais e Pantenol que, juntos, auxiliam na reconstrução dos fios, proporcionando mais hidratação de balanço ao cabelo. Com sua vasta fonte nutritiva, trata intensamente os cabelos durante o sono, recuperando o seu brilho e deixando-os extremamente macios e protegidos. Além de não manchar tecidos, sua formulação sem enxágue garante fios leves e sedosos pela manhã.

Modo de usar: Após lavar e tratar os cabelos com a linha completa Keratina, aplique o Tratamento Noturno nos cabelos úmidos ou secos no comprimento dos fios, evitando o contato com a raiz. Sua rápida absorção permite o sono logo após a aplicação e garante cabelos maxi hidratados pela manhã. Não enxágue. Utilize de 2 a 3 vezes por semana.

Precauções: Manter fora do alcance de crianças. Evite o contato com os olhos. Apenas para uso externo.

Formulação: queratina hidrolisada, colágeno hidrolisado, pantenol, manteiga de cereais, hidroxietil ureia, carbômero, adipato de amido acetato, álcool cetoestearílico, cetearet-20, álcool cetoestearílico e metossulfato de berrentrimônio, palmitato de cetila, éter dicaprílico, trietanolamina, trimetilsililamodimeticone e paret-7 C11-15 e paret-9 C12-16 e glicerina e tridecet-12, ciclopetasiloxano e dimeticonol, metilcloroisotiazolinona e metilisotiazolinona, EDTA dissódico, fragrância e água.

Não contém parabenos. Não contém parafina (óleo mineral).

O teste: Apliquei conforme indicado na embalagem, testando com os cabelos úmidos e também com os cabelos secos.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 3 (Regular)

Textura leve, quase um gel, de coloração branca e opaco.

Aplicando no cabelo seco, achei um pouco difícil de espalhar  nos fios, o que faz com que você tenha que usar mais produto para conseguir passar no cabelo todo.

Aplicando nos cabelos úmidos, fica mais fácil espalhar e a quantidade de produto aplicado é bem menor.

Ainda assim, acho que fica com uma nota intermediária.

Cheiro: 4 (Bom)

O perfume é bem parecido com os outros produtos da linha e me lembra cheiro de talco de criança.

Fixa muito bem nos cabelos, principalmente quando aplicado nos fios secos, e o cheiro permaneceu até eu lavar os cabelos de novo, dois dias depois.

Se aplicado em grande quantidade, pode ser um pouco enjoativo para algumas pessoas.

Resultados: 3 (Regular)

Como eu mencionei, há alguns anos, fui surpreendida pelos resultados dos produtos dessa linha.

Nunca fiz resenha para o blog porque não voltei a usar os produtos e também não voltei a comprá-los, porque por mais que eu faça resenha de produtos para cabelos, sempre tem algo no armário que eu ainda não testei.

Não achei que o resultado esteja à altura dos outros produtos Keratina.

Aplicando nos cabelos secos, o produto não foi absorvido e os fios ficaram duros como se eu tivesse passado gel. Escovando, os fios adquirem uma textura pesada, como quando eu quero estilizar os fios e uso pomada ou cera modeladora.

O frizz foi reduzido à 0% (o que eu achei ótimo), os fios ganharam um pouco mais de brilho, mas os cabelos perderam a leveza e o movimento, e não senti que estivessem mais macios.

Aplicando nos cabelos úmidos, essa sensação é um pouco menor, mas ainda continua.

Vocês podem pensar que a qualidade da linha pode ter mudado, já que a usei há alguns anos, mas não foi isso. A minha amiga Lilian andou fazendo peripécias com as madeixas e, pedindo por uma dica para reconstruir os fios, indiquei a linha Keratina da Vizcaya e ela ADOROU. Portanto, não foi a linha que mudou, e sim esse produto específico que não deu muito certo para mim, ou que realmente não é tão bom quanto o restante.

Realmente não mancha a roupa de cama.

Embalagem: 4 (Boa)

Nada de fenomenal, mas tem tampa do tipo flip-top, virada para baixo, que também mantém a embalagem em pé, facilitando o uso mesmo quando o produto estiver acabando.

Além disso, se você tirar muito produto da embalagem sem querer, é só desrosquear a tampa e colocar o creme de volta. A abertura da embalagem sem a tampa é grande o suficiente para permitir essa reposição.

Preço: 4 (entre R$ 15,01 e R$ 45,00)

Eu paguei R$ 21,50(*), e eu nunca havia visto para vender até dar uma olhada mais atenta na perfumaria aqui perto de casa (que não é rede, então nem adianta eu dizer para vocês o nome).

Pesquisando em lojas virtuais, só encontrei na Lux Magazine Cosméticos, de R$ 24,90* por R$ 19,99(*), mas não conheço a loja e não posso garantir que seja de confiança. Se alguém conhecer e quiser compartilhar a opinião sobre a loja com a gente, escreva nos comentários. 🙂

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento:
***
Cheiro:
****
Resultados: ***
Embalagem: ****
Preço: ****

Média: 3,6

Avaliação Geral: estrela35

E vocês, já usaram algum produto dessa linha? O que acharam? Contem para gente nos comentários!

Beijinhos e até o próximo post. 🙂

_________________

(*) Preços pesquisados na data deste post. Podem sofrer alterações.

%d blogueiros gostam disto: