Testei: Sabonete Líquido Verde Verbena (Pluii Senses)

Oi, pessoal, tudo bem?

Eu já resenhei aqui um produto da linha Pluii Senses, marca exclusiva da rede Droga Raia.

Quando eu comprei o hidratante labial comprei também um sabonete líquido, o Brilha Baunilha. Eu usei, escrevi a resenha, não digitei e acabei jogando a embalagem fora antes de digitar as informações. 😦

Lá fui eu na Droga Raia comprar outro sabonete igual só para ter as informações, e a equipe da Raia informou que a fragrância havia saído de linha. Então, optei por pegar uma fragrância diferente, que infelizmente não mudou minha opinião sobre o produto.

Sabonete Líquido Verde Verbena

Marca: Pluii Senses

Fabricante: Inovatech Tecnologia Cosmética Ltda.

Descrição: sabonete líquido

Conteúdo: 250ml

O que promete:
O sabonete líquido Pluii verde verbena, rico em aminoácidos e pró-vitamina B5, possui propriedades condicionantes, que limpas a pele sem ressecá-la e ajudam a mantê-la hidratada. Pele naturalmente macia e cheirosa o dia todo.

Modo de usar:
Aplique uma pequena quantidade do sabonete líquido Pluii verde verbena diretamente no corpo úmido ou com uma esponja, em movimentos circulares. Enxaguar.

Precauções:
Mantenha fora do alcance de crianças e ao abrigo da luz solar e do calor. Em caso de contato com os olhos, enxágue-os abundantemente. Em caso de sensibilidade, suspenda o uso.

Composição: Aqua, Sodium Laureth Sulfate, Sodium Cocoamphoacetate, Disodium Cocoyl Glutamate, Cocamide DEA, Parfum (Benzyl Alcohol, Benzyl Benzoate, Citral Citronellol, Geraniol, Hexyl Cinnamal, D-Limonene, Linalool), PEG-120 Methyl Glucose Dioleate, Methylisothiazolinone, Phenoxyethanol, Sodium Chloride, Disodium EDTA, Panthenol, Sodium PCA, Citric Acid, Sodium Benzotriazolyl Butylphenol Sulfonate, Buteth-3, Tributyl Citrate, CI 19140, CI 42090.

O teste: Usei diariamente, conforme indicado e como qualquer outro sabonete líquido corporal. Não apliquei o produto no rosto.

Avaliação

Textura, Aplicação e Rendimento: 4 (Bons)

Com textura entre o líquido e o cremoso, é gostoso de aplicar e rende bem. A coloração é levemente esverdeada, mas não tão intensa quanto parece no frasco que também é verde e reforça a coloração do sabonete.

Sua espuma é leve, mas não muito abundante.

Cheiro: 3 (Regular)

Apesar do perfume ser gostoso e refrescante, não fixa nem por meio minuto na pele. É ótimo para deixar o banheiro perfumado, mas a gente mesmo, nada.

O anterior que eu experimentei, o Brilha Baunilha, era docinho sem ser enjoativo e também não tinha fixação alguma.

Resultados: 3 (Regulares)

Não é um sabonete ruim, mas não tem qualquer grande atrativo. Simplesmente limpa a pele, não hidrata e não perfuma.

Embalagem: 3 (Regular)

Apesar do frasco bonito e diferenciado, sua tampa flip-top é bastante dura para abrir e tanto a tampa quanto o frasco tornam-se escorregadios durante o banho, o que dificulta a abertura da embalagem.

A única vantagem é que o material da embalagem é maleável sem ser frágil e possibilita retirar o produto do frasco facilmente, além de poder aproveitar até o fim.

Preço: 5 (menos de R$ 15,00)

O produto, em todas as versões de fragrância, custa R$ 14,99 e está em promoção na loja virtual da Droga Raia por R$ 9,99*.

Facilidade de encontrar: 4 (Fácil de encontrar)

Assim que a linha Pluii foi lançada e logo depois do lançamento de cada produto novo na linha, é normal ter alguma dificuldade para encontrar os produtos, até que a distribuição seja feita em todas as lojas por todo o país. Por isso, se você não encontrá-lo à venda na Droga Raia mais próxima da sua casa, não se desespere. Com certeza ele estará disponível em breve.

O produto pode ser facilmente encontrado nas lojas físicas da Droga Raia, espalhadas por todos o país, ou na loja virtual da rede.

Segurança da composição: 1 (Muito arriscado)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Sodium Laureth Sulfate: Um detergente agressivo e barato utilizado pelas suas propriedades de limpeza e de produção de espuma. Normalmente derivado de petróleo, é frequentemente dissimulado com a frase “derivado de coco”. Causa irritação nos olhos, descamação do couro cabeludo (similar à caspa), irritações cutâneas e outras reações alérgicas.
  • Cocamide DEA: Utilizados habitualmente nos cosméticos como emulsionantes e/ou agentes produtores de espuma. Podem causar reações alérgicas, irritações nos olhos e desidratação do cabelo e pele. DEA e TEA são “aminas” (compostos a partir da amônia) e podem formar nitrosaminas causadoras de câncer quando em contacto com nitratos. São tóxicos se absorvidos pelo corpo prolongadamente.
  • Parfum: As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.
  • PEG-120 Methyl Glucose Dioleate: Idealmente é uma glicerina vegetal combinada com álcool de cereais, sendo ambos naturais. Porém, atualmente não passa de uma combinação de petroquímicos sintéticos utilizados como humidificantes. É conhecido como causador de reações alérgicas, urticária e eczemas. Quando vir PEG (polietileno glicol) ou PPG (polipropileno glicol) num rótulo, tenha cuidado, pois são produtos químicos sintéticos idênticos.
  • CI 19140, CI 42090 (corantes): Usadas para deixar os produtos cosméticos coloridos e “bonitos”, as cores sintéticas, assim como colorantes sintéticos para o cabelo, devem ser evitados a todo o custo. Estas são rotuladas como FD&C,D&C ou CI, seguidas por uma cor e um número. Exemplo: FD&C Red No. 6 / D&C Green No. 6 / CI19140. Muitas cores sintéticas podem ser cancerígenas.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Sodium Laureth Sulfate: Em estudos clínicos, é causador de irritações na pele. Pode conter 1,4 dioxane, um potencial cancerígeno e perturbador do sistema hormonal.
  • Cocamide DEA: Alkyloamides – geralmente identificados nos rótulos como: Diethanolamine (DEA); Monoethanolamine (MEA); Triethanolamine (TEA), e por vezes precedido pelo nome “cocamide”: São classificados como tóxicos por alguns governos. Podem causar irritação na pele (comichão, queimadura, urticária etc). Combinados com conservantes que contém formaldeído, tornam-se cancerígenos. Quando misturado com agentes nitrosantes na pele ou no corpo, após a absorção, podem formar compostos cancerígenos. São perigosos para o meio ambiente, contaminando água, solo e ar). O MEA é ainda sensibilizador dos pulmões, podendo instigar respostas do sistema imunitário, que incluem ataques de asmas ou outros problemas pulmonares das vias respiratórias, além de ser suspeito de apresentar riscos para a reprodução humana e desenvolvimento do feto. O TEA também é um componente suspeito, com evidências ainda limitadas relacionadas ao desenvolvimento de câncer.
  • Parfum: Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.
  • PEG-120 Methyl Glucose Dioleate: Componente irritante para a pele (comichão, queimadura, urticária, acne, alergias). É um solvente de fácil absorção, altera a estrutura da pele, permitindo que outros agentes e químicos penetrem mais profundamente, aumentando assim a quantidade que chega à corrente sanguínea.
  • Benzyl Benzoate: Fragrância química com uso restrito na União Europeia. Classificado como tóxico e prejudicial em produtos para usar em volta da boca e nos lábios. Ligado a perigos para os trabalhadores que lidam com o produto, sendo prejudicial à saúde devido à exposição química.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Sodium Laureth Sulfate;
  • Parfum (perfume).

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 4 x 2 = 8
Cheiro: 3 x 2 = 6
Resultados: 3 x 3 = 9
Embalagem: 3 x 0,5 = 1,5
Preço: 5 x 1 = 5
Facilidade de encontrar: 4 x 0,5 = 2
Segurança da composição: 1 x 1 = 1

Média: 3,25

Avaliação Geral: estrela3

Considerações finais:

Sinceramente, não é um produto que eu voltarei a comprar. O perfume não fixa, não traz benefício algum para a pele (salvo a simples função de limpar – que é o mínimo que se espera de um sabonete), a embalagem não facilita o uso, e sua fórmula é abarrotada de componentes químicos prejudiciais.

Com tanto sabonete líquido mais perfumado, com fragrâncias que fixam na pele, e com uma quantidade menor de “venenos”, para quê?

E vocês, já usaram este produto da linha Pluii Senses? Contem para gente o que vocês acharam.

Beijocas e até o próximo post.

Fabi.

_________________

(*) Preço pesquisado na data deste post. Pode sofrer alterações.

Testei: Protetor Labial Liss Cassis (Pluii Senses)

Oi, tudo bem? 🙂

post de hoje é com a resenha de um produto da linha Pluii Senses, linha de cosméticos com produtos para pele e os cabelos, com venda exclusiva nas farmácias das redes DrogasilDroga Raia.

Um dos últimos produtos lançados da marca foi o Protetor Labial, com várias fragrâncias diferentes.

Como eu sou apaixonada por protetores e hidratantes labiais, fiz questão de experimentar o produto.

Confiram a resenha abaixo. 😉

Protetor Labial Liss Cassis

Marca: Pluii Senses

Fabricante: Êxito Naturavene Coml. de Cosm. e Prods. Nat. Ltda.

Descrição: protetor labial com FPS 20 FP UVA 6,7

Conteúdo: 3,8g

O que promete:

Proteger os lábios contra as intempéries, tanto no inverno como no verão.

Modo de usar:

Aplicar nos lábios uniformemente. Pode ser usado diversas vezes ao dia.

Cuidados e restrições:

Não deixar entrar em contato com os olhos. Este produto somente deverá ser usado para os fins a que se destina. Não deve ser aplicado se houver feridas, escoriações ou irritações. Caso haja irritação, descontinuar o uso. Contém Oxibenzona. Este produto não é um protetor solar.

Composição: Canola Oil, Ricinus Communis Seed Oil, Theobroma Cacao Seed Butter, Petrolatum, Ethylhexyl Methoxycinnamate, Paraffin, Cera Alba, Prunus Amygdalus Dulcis Oil, Butyl Methoxydibenzoylmethane, Isopropyl Palmitate, Benzophenone-3, Caprylic/ Capric Triglyceride, Copernicia Cerifera Cera, Diethylamino Hydroxybenzoyl, Hexyl Benzoate, Parfum, Aroma, BHT, Methylparaben, Propylparaben.

O teste: Usei diariamente nos lábios, aplicando várias vezes ao dia, conforme necessário.

Avaliação

Textura, Aplicação e Rendimento: 3 (Regular)

Achei que tem uma textura quase oleosa, muito parecida com manteiga de cacau de antigamente.

Espalha com suavidade sobre os lábios e rende bastante, mas deixa os lábios escorregadios, com uma sensação ruim.

Para mim, me dá “sede”. Não sei explicar ao certo essa questão, mas acontece comigo com alguns produtos para os lábios (protetores, hidratante, batons e brilhos labiais). É como se o produto ressecasse a boca (não os lábios, a boca mesmo), como seu tivesse comido areia.

Alguém mais sente isso com algum produto usado nos lábios?

Cheiro: 4 (Bom)

Tem um cheirinho suave de cassis, levemente adocicado, que não incomoda nem fica muito perceptível quando aplicado.

Resultados: 1 (Péssimos)

Eu definitivamente não gostei. Ele não funcionou nem um pouquinho para mim, não protegeu meus lábios, nem hidratou, antes pelo contrário, pareceu ressecar ainda mais, se eu não reaplicasse constantemente.

Talvez ele funcione melhor para quem não tem os lábios extremamente ressecados, mas para mim, ainda mais com as temperaturas mais baixas de algumas semanas atrás, não funcionou.

Embalagem: 3 (Regular)

A embalagem é comum aos produtos da categoria. Um bastão plástico, com tampa que fecha por pressão.

Achei apenas que o lacre do produto, de papel adesivo com picote, pode ser facilmente descolado da embalagem para que a tampa possa ser aberta, e então colado de volta. O que salva é que o produto vem envolvo por uma cartela plástica tipo blister.

Com alguns dias de uso a base do bastão do produto “descolou” da embalagem.

Preço: 5 (menos de R$ 15,00)

O produto custa R$ 8,90* nas lojas físicas ou na loja virtual Droga Raia, para a cidade de São Paulo. Pode haver diferença de preços para outras cidades.

Facilidade de encontrar: 4 (Fácil de encontrar)

Assim que a linha Pluii foi lançada e logo depois do lançamento de cada produto novo na linha, é normal ter alguma dificuldade para encontrar os produtos, até que a distribuição seja feita em todas as lojas por todo o país. Por isso, se você não encontrá-lo à venda na Droga Raia mais próxima da sua casa, não se desespere. Com certeza ele estará disponível em breve.

O produto pode ser facilmente encontrado nas lojas físicas da Droga Raia, espalhadas por todos o país, ou na loja virtual da rede.

Composição: 2 (Um pouco arriscado)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Petrolatum: Também conhecido como geleia de petróleo, este óleo mineral derivado é utilizado nos cosméticos pelas suas propriedades emolientes. Não tem qualquer valor nutritivo para a pele e pode interferir com os mecanismos naturais de hidratação do corpo, levando a pele à desidratação. Habitualmente origina as situações que diz aliviar. Os fabricantes usam petrolatum porque é incrivelmente barato.
  • Parabenos (Methylparaben e Propylparaben): Utilizados para inibir o crescimento microbiano e para prolongar a durabilidade dos produtos. Têm causado vários tipos de reacções alérgicas e irritações cutâneas. Estudos demonstraram que são ligeiramente estrogénicos e podem ser absorvidos pelo corpo através da pele. São largamente utilizados apesar de serem conhecidos como tóxicos.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Petrolatum e Paraffin: Criam uma barreira na superfície da pele que bloqueia os poros, não deixando a pele respirar, aceleram o processo de envelhecimento da pele ao encorajar a geração de radicais livres. Na União Europeia o uso de Petrolatum é muito restritivo – potencialmente contaminado com químicos ligados a câncer ou outros problemas graves de saúde (podem conter determinadas impurezas que podem causar câncer da mama), são tóxicos para o ambiente.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Benzophenone-3: benzofenona;
  • Parfum: perfume;
  • Parabenos: methylparaben e propylparaben.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 3 x 2 = 6
Cheiro: 4 x 2 = 8
Resultados: 1 x 3 = 3
Embalagem: 3 x 0,5 = 1,5
Preço: 5 x 1 = 5
Facilidade de encontrar: 4 x 0,5 = 2
Composição: 2 x 1 = 2

Média: 2,75

Avaliação Geral: estrela25

E vocês, já usaram esse produto da linha Pluii Senses? Contem para gente o que vocês acharam, nos comentários.

Beijocas e até o próximo post.

_________________

(*) Preço pesquisado na data deste post. Pode sofrer alterações.

%d blogueiros gostam disto: