Testei: Ideal Face Corretivo Facial em Bastão (Avon)

Olá, meninas, tudo bem?

O post de hoje é com a resenha de mais um produto da linha Ideal Face (antiga Ideal Flawless) da Avon.

Eu já mostrei aqui no blog a Base Líquida e a Base Compacta, quando a linha ainda se chama Ideal Flawless. Os produtos são os mesmos, mas a Avon renomeou a linha para Ideal Face.

Vamos lá?

Ideal Face Corretivo Facial em Bastão

Marca: Avon

Descrição: corretivo facial em bastão

Conteúdo: 1,7g

O que promete: Ajuda a disfarçar olheiras e outras imperfeições de maneira uniforme. Formulado com a tecnologia Invisiblend, com ingredientes que proporcionam cobertura perfeita à pele, criando uma aparência natural e uniforme em qualquer ângulo. Ideal para quem tem áreas escuras embaixo dos olhos, com falhas e manchas. Não comedogênico (não obstrui os poros). Dermatologicamente testado.

Indicação: Todos os tipos de pele.

Modo de usar: Faça pequenos pontinhos sobre a área que quer encobrir e, com a ponta dos dedos, espalhe delicadamente o produto. Abaixo dos olhos, espalhe de dentro para fora. Em outros pontos, dê leves batidinhas até que o produto desapareça na pele. Se você não está usando base e quer apenas encobrir pequenas imperfeições, não deixe de aplicar uma fina camada de pó depois de usar o corretivo para que o tom da pele fique mais uniforme.

Precauções: Uso externo. Evite que o produto entre em contato com os olhos. Caso isto ocorra, enxágue abundantemente com água. Não aplique sobre a pele irritada ou lesionada. Se houver qualquer sinal de irritação, descontinue o uso do produto. Caso a irritação dos olhos e/ou pele persista, consulte um médico.

Conservação: Evite calor excessivo. Mantenha a embalagem de Avon Ideal Flawless Corretivo em Bastão bem fechada, longe do fogo e fora do alcance de crianças.

Formulação: Squalane, Propylene Glycol Dicaprylate/ Dicaprate, Ozokerite, Cera Alba, Isopropyl Lanolate, Nylon-12, Ethylhexyl Methoxycinnamate, Polyethylene, Zinc Oxide, Silica, Paraffin, Bis-stearyl Ethylenediamine/ Neopentyl Glycol/ Stearyl Hydrogenated Dimer Dilinoleate Copolymer, Dimethicone, Benzoic Acid, Talc, Alumina, Tocopherol, Boron Nitride, Cetearyl Dimethicone Crosspolymer, BHT, Caprylyl Methicone, PEG/PPG-20/23 Dimethicone, Triethoxycaprylylsilane, Pentaerythrityl Tetra-di-t-butyl Hydroxyhydrocinnamate. Pode conter: CI 77891, CI 77492, CI 77163, CI 77491, CI 77019, CI 77499.

Não contém parabenos. Contém parafina, talco é ácido benzoico.

Códigos válidos para pedidos efetuados através do folheto da Campanha 15/2013.

O teste: Apliquei normalmente na região das olheiras, espalhando com a ponta dos dedos e também com pincel. A minha cor é a “Bege Claro”.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 4 (Bons)

Cremoso, em bastão, espalha bem. Aplicar o produto diretamente na pele deixa um visual sobrecarregado. O ideal é mesmo dar leves batidinhas com as pontas dos dedos, como sugerido pela Avon, ou usando um pincel gordinho, de esfumar.

Rende bastante, graças à boa pigmentação e textura, cobrindo bem com pouco produto.

Acabamento e cobertura: 4 (Bons)

A cobertura, como eu disse, é boa. Dá para disfarçar bem olheiras e manchinhas sem muito esforço e sem precisar do efeito “massa corrida”.

Para quem tem pele seca ou estiver com a pele ressecada, ele craquela e acumula com muita facilidade, problema que não se resolveu nem com a aplicação de hidratante. Deve funcionar melhor para quem tem pele oleosa.

Duração: 1 (Péssima)

Para mim, eu diria que a duração é ruim. Mas considerando que minha pele é seca, e que a maior parte das brasileiras tem pele mista ou oleosa, se a duração foi ruim para mim, para a maioria será péssima, principalmente para as meninas não tão “meninas” como eu, que já têm os primeiros sinais da idade, principalmente em torno dos olhos.

Coisa de 10 minutos depois de aplicado já tinha acumulado nas linhas em torno dos olhos, e nem estava calor.

Um pouco de pó translúcido após a aplicação aumenta ligeiramente a durabilidade, mas ainda assim não faz milagre.

Embalagem: 3 (Regular)

Eu não sei porque a Avon insiste neste tipo de embalagem. Ela não chega a ser exatamente ruim, mas eles usam a mesma para os batons de longa duração e alguns brilhos (que não são gloss).

A grande questão é que essa embalagem da Avon perde a pressão na tampa depois de algum tempo, o que faz com que ela abra facilmente. Além disso, a parte inferior da embalagem gira com facilidade, mesmo tampada (sabe-se lá Deus como), o que pode fazer com que você tenha uma desagradável surpresa ao abri-la e perceber que, enquanto estava na sua bolsa, acidentalmente a embalagem girou, o produto subiu e esmagou a ponta na parte interna da tampa.

Preço: 4 (entre R$ 15,01 e R$ 40,00)

O preço do produto é de R$ 17,99* no catálogo Avon, mas está em promoção por R$ 12,99* no folheto da Campanha 15/2013.

Você pode encomendá-lo através de uma revendedora Avon. Caso não conheça alguma, fale comigo.

Algumas revendedoras também revendem através dos seus anúncios no Mercado Livre. Clique aqui para ver os anúncios deste produto.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento:
****
Acabamento e cobertura:
****
Duração: *
Embalagem: ***
Preço: ****

Média: 3,2

Avaliação Geral: estrela3

_________________

(*) Preço pesquisado no catálogo Avon vigente na data deste post. Pode sofrer alterações conforme a campanha vigente em sua cidade.

Testei: Color Trend Corretivo Líquido (Avon)

Olá, meninas, tudo bem?

Um dos produtos que eu recebi na minha Beauty Bag de Março foi o corretivo líquido da linha Color Trend da Avon.

Eu geralmente prefiro corretivos cremosos, acho que são mais práticos de aplicar, mas geralmente são mais problemáticos para quem tem pele oleosa, pois acumula mais. Para mim, que tenho pele seca, são excelentes.

De qualquer forma, é claro que eu iria testar o produto para contar para vocês o que eu achei.

Color Trend Corretivo Líquido

Marca: Avon

Descrição: corretivo líquido

Conteúdo: 10g

O que promete: Cobre perfeitamente as áreas escuras ao redor dos olhos, com pigmentos refletores de luz que disfarçam as imperfeições, criando uma aparência mais jovem e suave.

Como usar: (não há informação na embalagem).

Precauções: Uso externo. Em caso de irritação, suspenda o uso do produto. Se a irritação persistir, consulte um médico. Evite valor excessivo. Mantenha a embalagem bem fechada e fora do alcance de crianças.

Composição: Aqua, Dimethicone, Phenyl Trimethicone, Propylene Glycol, Stearyl Dimethicone, Talc, Polymethyl Methacrylate, Ethylhexyl Methoxycinnamate, Hydrogenated Polydecene, Titanium Dioxide, Glyceryl Dilaurate, Isostearic Acid, Kaolin, Triethanolamine, Steareth021, Stearic Acid, Castoryl Maleate, Magnesium Aluminum Silicate, Polyperfluoromethylisopropyl Ether, Imidazolidinyl Urea, Methylparaben, Aluminum Hydroxide, Cellulose Gum, Steareth-12, Propylparaben, Xanthan Gum, Tetrasodium EDTA, Ascorbyl Dipalmitate, Hydrogenated Lecithin, Hydroxypropyltrimonium Hyaluronate, Tocopheryl acetate, Retinyl Palmitate, Lecithin, C12-15 Alkyl Benzoate, Tocopherol, Ascorbyl Palmitate, Beta-Carotene, Helianthus Annuus Seed Oil. Pode conter: CI 77891, CI 77492, CI 77491, CI 77499, CI 77007.

Contém parabenos (Methylparaben e Propylparaben).

O teste: No dia em que testei o produto fazia por volta de 30ºC e eu usei apenas o corretivo, sem primer, base ou pó, para poder avaliar o desempenho do produto sozinho.

A cor que eu pedi para a equipe da Beauty Bag foi a Natural, que eu acabei achando muito amarelada para o meu tom de pele. O produto também é vendido nas cores Bege Claro e Bege Médio.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 5 (Ótimos)

É bem fluído, líquido mesmo. Espalha bem e é bem fresquinho e leve.

Rende bastante, pois um pouquinho espalha por uma grande área cobrindo bem.

Acabamento e cobertura: 4 (Bons)

Cobre muito bem mas, como eu disse anteriormente, achei que a cor Natural tem um fundo bem amarelo. Mesmo a minha pele tendo fundo amarelo e não rosa, acho que ficou amarelo demais.

Posteriormente, testei com aplicação de base após o corretivo, o que resolveu o problema.

O acabamento é bem leve e natural. Depois de alguns minutos aplicado, o corretivo se funde à pele e praticamente desaparece.

Duração: 3 (Regular)

Como algumas de vocês sabem, a minha pele é seca. Se algo dura pouco na minha pele, é quase certeza que vai durar menos ainda na pele da maioria das mulheres brasileiras, que geralmente é oleosa.

Eu usei apenas o corretivo, fazia por volta de 30ºC e cerca de duas horas depois o corretivo já havia acumulado nas linhas da pálpebra inferior.

Fazendo um acabamento com pó, dá pra prolongar por uma, no máximo duas, horas.

Sem a aplicação do pó, ele também transfere a cor se você tocar a pele no local aplicado.

Embalagem: 4 (Boa)

A bisnaguinha é boa para aplicar diretamente no rosto, fazendo pequenos pontinhos onde é necessária a correção, para depois espalhar com um pincel ou com os próprios dedos.

Pequena e prática, não ocupa espaço no necessaire e cabe em qualquer cantinho da bolsa.

A tampa de rosca evita qualquer acidente.

Preço: 5 (até R$ 15,00)

O produto custa R$ 11,99(*) e você pode encomendá-lo pelo catálogo Avon através de uma revendedora.

Algumas revendedoras anunciam no Mercado Livre. Clique aqui para ver todos os anúncios deste produto no Mercado Livre.

Na Sabele, você encontra o corretivo por R$ 6,80(**). Para comprar, é só clicar aqui.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento:
*****
Acabamento e cobertura:
****
Duração: ***
Embalagem: ****
Preço: *****

Média: 4,2

Avaliação Geral: estrela4

E vocês, já usaram este corretivo? Contem o que acharam nos comentários!

Beijinhos e até o próximo post.

_________________

(*) Preço pesquisado no catálogo Avon vigente na data deste post. Pode sofrer alterações conforme a campanha vigente em sua cidade.
(**) Preço pesquisado na data deste post. Pode sofrer alterações.

Testei: White Soufflé Highlighter (Jafra)

Olá, meninas! Tudo bem?

Na minha Glossy Box Beauty de Março deste ano, eu recebi um produto de maquiagem de uma marca que eu nunca havia usado: a Jafra.

Algumas meninas receberam batom, outras receberam lápis, e outras ainda, como eu, receberam um corretivo iluminador.

Semana passada, a Ivy, uma das leitoras aqui do blog, passou nos comentários do post da Glossy Box para me perguntar o que eu tinha achado do produto e pediu para eu escrever uma resenha para contar para vocês.

Eu já havia testado o produto mais de uma vez e só faltava mesmo digitar a resenha. Eu tenho o hábito de escrever as resenhas em um caderno e depois digitá-las. Pode parecer estranho, mas eu consigo me expressar melhor quando escrevo a próprio punho. E depois, faço isso quando já estou cansada de ficar no computador. Recosto na cabeceira da cama, acendo apenas o abajur, abro o meu caderno e saio escrevendo. 🙂

Assim, como faltava apenas digitar, tratei logo de passar as minhas impressões aqui para o WordPress para poder liberar para vocês a resenha.

Vamos lá? 🙂

White Soufflé Highlighter

Marca: Jafra (marca americana, produto fabricado no México)

Descrição: corretivo facial luminoso

Conteúdo: 15ml

O que promete: Ajuda a definir os traços e a destacar a maquiagem.

Clinicamente testado contra alergia e irritação. Dermatologicamente testado.

Modo de usar: Aplique antes da maquilagem para dissimular as olheiras. Para iluminar, aplique depois da base para maquilagem.

Precauções: Somente para uso externo. Evite o contato com os olhos. Se houver sinais de irritação, suspenda o uso. Mantenha em local fresco. Mantenha fora do alcance de crianças.

Composição: Water/Aqua, Mineral Oil/Paraffinum Liquidum, Titanium Dioxide/CI 77891, Stearic Acid, Glycerin, Triethanolamine, Lanolin, Lanolin Alcohol, Glyceryl Stereate SE, Cetyl Acetate, Praffin, Beeswax/Cera Alba, Fragrance/Parfum, Methylparaben, Propylparaben.

Contém parabenos (Methylparaben e Propylparaben).

O teste: Testei o produto conforme indicado: como corretivo, aplicando antes da base; e como iluminador, aplicando depois da base.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 4 (Bons)

Ele é um creme de textura comum, mas bem mais denso que a maior parte dos corretivos.

É totalmente branco e não tem pigmentos brilhantes.

A aplicação fica mais natural usando as pontas dos dedos ou com uma esponja, sempre dando leves batidinhas, e aplicando uma quantidade bem pequena de produto. Com pincel, não espalha muito bem e tende a marcar.

É super pigmentado. Logo, basta um pouquinho de produto para dar o efeito desejado, rendendo bastante.

Acabamento e cobertura: 2 (Ruins)

A cobertura é muito intensa. Recomendo cuidado, inclusive, para não acabar criando o efeito de “panda invertido” (regiões extremamente brancas ao redor dos olhos), quando usado como corretivo na região das olheiras, ou aquele branco fantasmagórico se usado como iluminador.

O meu problema com ele é que o acabamento não é dos melhores, pelo menos para quem tem pele seca como a minha.

O produto marca nas regiões mais ressecadas e acumula nas linhas finas, deixando um aspecto feio, não importa se você o aplica antes ou depois da base.

Como corretivo, ele pode parecer exageradamente branco no início, mas a aplicação da base depois dele iguala os tons.

Como iluminador, deixa um tom mais claro e iluminado na pele, mas sem a cintilância da qual estamos habituadas a ver em produtos similares.

Honestamente, não acho que funcione para pele morena ou negra. Talvez, se misturado a um pouco da base utilizada para corrigir a pele, ele traga um efeito mais suave e bonito. Afinal, ele vai servir como uma clareador do tom da base, e não será um corretivo extremamente branco sobre uma pele morena.

Na foto acima, apliquei apenas como corretivo para vocês terem uma ideia do efeito. Parece bem esbranquiçado, mas depois que você passa a base, os tons ficam igualados.

Duração: 3 (Regular)

Como eu disse no quesito acima, ele tem o sério problema de marcar em regiões ressecadas e acumular nas linhas finas e dobrinhas da pele.

Isso acontece quase que instantaneamente, e cerca de duas horas depois, soma-se a isso uma aparência “craquelada” que o produto dá à base.

O efeito iluminador dura bastante, mas a aparência que o produto deixa não é muito legal.

Repito, isso aconteceu na minha pele, que é seca. Pode ser que ele funcione melhor para as meninas de pele mista ou oleosa, já que os produtos nesses tipos de pele geralmente não “craquelam” com tanta facilidade, em compensação, deve acumular ainda mais, pois tenderá a “derreter”.

Embalagem: 4 (Boa)

Bisnaga com tampa de rosca e bico fininho.

Como o produto não é fluido, não vaza embalagem afora assim que você abre e retira a tampa.

O bico facilita a aplicação pontual, mais precisa e econômica. Tome cuidado apenas para não apertar muito a embalagem e ficar com muito produto na pele, já que ele é superpigmentado e você vai precisar de apenas um pouquinho dele, tanto para ser usado como corretivo quanto para ser usado como iluminador.

Preço: 3 (entre R$ 40,01 e R$ 65,00)

O produto custa R$ 45,00(*) e pode ser encomendado através de uma revendedora da marca.

Sim! Os produtos Jafra são vendidos por catálogo, como Avon, Natura ou Jequiti. Para visualizar o catálogo ou ter mais informações sobre a marca e seus produtos, acesse o site oficial no Brasil.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento:
****
Acabamento e cobertura:
**
Duração: ***
Embalagem: ****
Preço: ***

Média: 3,2

Avaliação Geral: estrela3

_________________

(*)  Preço pesquisado no catálogo Jafra vigente na data deste post. Pode sofrer alterações conforme a campanha vigente em sua cidade.

Testei: Esponja Make Up 360º (Belliz)

Oi, meninas, tudo bem?

Eu acho incrível quando a gente gasta uma fortuna com alguns itens para determinado fim e de repente encontra um único que, na prática, substitui todos os que você já comprou… (risos).

Bem, eu sou uma pessoa apaixonada por pinceis de maquiagem, desde que aprendi a utilizá-los. Antes, sempre passei base com esponja, mas eu tinha uma de “xodó” que se dissolveu com o tempo e depois disso eu nunca mais encontrei uma que a substituísse da mesma forma… pelo menos não até agora.

Uma das minhas aquisições na Beauty Fair foi a Esponja Make Up 360º da Belliz. Quando comprei, já tinha um tempo que estava namorando uma esponja para maquiagem com esse formato, mas era importada, chata de encontrar aqui no Brasil, e eu acabei deixando de lado a ideia.

Eis que a Belliz agora é importadora (sim, importadora, e não fabricante – a esponja é fabricada na China) dessas esponjinhas.

Demorei para usá-la pela primeira vez por conta das minhas decepções anteriores com todas as esponjas que já comprei e não gostei (até o momento em que desisti de comprar esponjas).

Fim de semana passado eu encarei e fui ver como era aplicar a base com essa esponja de formato engraçado.

Para saber o que eu achei, é só continuar lendo o post. 🙂

Esponja Make Up 360ºC

Fabricante: fabricada na China

Importado por: Belliz

Características: Desenvolvida em poliuretano especial, é indicada para aplicação de maquiagens líquidas ou cremosas, especialmente bases ou corretivos. Sua textura, tamanho e formato facilitam o uso e proporcionam acabamento muito mais uniforme e sem riscos marcados. Toque aveludado, anatômica, látex free, lavável, antialérgica, aplicação precisa.

Instruções de uso: Molhe a esponja e aperte para retirar o excesso de água. Com o lado arredondado (de baixo), você pode aplicar a base em movimentos circulares ou como se estivesse “carimbando”. Com o lado pontudo (de cima), é possível aplicar corretivo ou mesmo a base em áreas do rosto mais delicadas.

Precauções: Suspenda o uso em caso de irritações e evite utilizar a esponja sobre áreas em que a pele esteja irritada ou infeccionada.

Cuidados: Não há necessidade de lavar a esponja após cada uso, porém quando precisar, lave em solução de água morna e sabão (neutro). Retire o excesso de água e deixe secar naturalmente.

Composição: 100% poliuretano

O teste: Apliquei bases diferentes, líquidas e cremosas. Testei das duas formas descritas na embalagem (com movimentos circulares e “carimbando” a base na pele).

Avaliação

Material: 4 (Bom)

Feita sem látex, é ótima para quem tem alergia. O toque é mesmo aveludado e o material parece “inflar”, aumentando de volume quando você molha a esponja.

Não deforma com facilidade e, se bem cuidada, com certeza vai levar bastante tempo até precisar comprar outra pra substituí-la.

O único porém na minha opinião (e o que fez eu tirar um pontinho no quesito material), é que ela demora para secar, e guardar qualquer produto com umidade (principalmente se tratando de maquiagem) é garantia de proliferação de fungos.

Por isso, recomendo deixar num ambiente no qual ela possa secar bem antes de guardá-la.

Lavar também é bem fácil, sempre tomando o cuidado de secá-la bem antes de guardar. Recomendo colocar a esponja no meio de uma toalha bem seca e pressionar.

Usabilidade: 5 (Ótima)

Muito fácil de usar nas duas formas descritas na embalagem (“carimbando” ou com movimentos circulares). A ponta mais fina é perfeita para aplicar corretivo na região das olheiras ou mesmo a base nos cantinhos do nariz, pois se encaixa com perfeição.

Comportamento com o produto: 5 (Ótima)

Pega e distribui a base com perfeição. Não absorve a base, mesmo a líquida, e sim transfere para pele com muita rapidez e eficiência. Assim, você não desperdiça sua base.

Resultado final: 5 (Ótimo)

O resultado da base aplicada com essa esponja é perfeito.

Como tenho pele seca e quase sempre tem uma região no meu rosto mais ressecada, onde a base cisma em acumular e destacar ainda mais o ressecamento, o vai e vem do pincel só agrava o problema. Aplicando com essa esponja como se estivesse “carimbando”, a base assenta na pele e a esponja cria uma certa textura na base, quase uma segunda pele. Fica incrível!

Com movimentos circulares, faz uma cobertura mais leve e natural, pois espalha mais, enquanto “carimbar” deposita mais produto no mesmo lugar.

Preço: 5 (até R$ 15,00)

Paguei R$ 11,45 no stand da Belliz na Beauty Fair. Encontrei em apenas uma loja online para vender e estava indisponível, mas o preço constava R$ 19,00 (*). Achei cara, então recomendo que pesquisem antes de comprar.

(Update 20.11.2012: Nossa leitora Zibiane Souza nos contou nos comentários que comprou a dela na loja Cosméticos Show, que fica dentro do Shopping Aricanduva, aqui em São Paulo/SP, e pagou R$ 13,00. Obrigada pela dica, Zibiane!)

Média: 4,8

Avaliação Geral:

_________________

(*) Preço pesquisado na data desse post. Pode sofrer alterações.

Testei: Avon Magix Corretivo Iluminador

Olá, meninas, tudo bem?

Eu gosto muito do Magix Face Perfector da Avon e fiquei bem entusiasmada quando vi que eles haviam lançado um corretivo iluminador.

Já testei a base da linha Magix (a Avon Magix Cashmere Finish Base) e não gostei. Achei que tem uma textura estranha, quando vc tira a base da bisnaga ela parece se ‘dividir’ (como água e óleo) e quando vc espalha no rosto a cobertura não agrada. De qualquer forma, pela minha paixão pelo Face Perfector, corri para comprar um Eye Radiance Ward pra mim e semana passada pude fazer um bom teste de durabilidade e tudo mais.

Quer saber mais? Continue lendo o post. 😉

Avon Magix Eye Radiance Wand

Marca: Avon.

Descrição: corretivo iluminador para a área dos olhos.

O que promete: Elaborado com a exclusiva tecnologia Optix Light-Diffusing, com pó iluminador que reflete a luz disfarçando a aparência de imperfeições, deixando a pele instantaneamente radianta, iluminando a região ao redor dos olhos. Melhora a aparência de cansaço revitalizando a pele e proporcionando uma aparência de frescor.

Como usar: Aplique sobre a área ao redor dos olhos. Pode ser usado sobre a pele limpa e seca ou após a aplicação da base.

Precauções: Uso externo. Não aplique sobre a pele irritada ou lesionada. Para o uso durante a gravidez, consulte um médico. Evite que o produto entre em contato com os olhos. Caso isso corra, enxágue abudantemente com água. Se houver qualquer sinal de irritação, descontinuo o uso do produto. Caso a irritaçãos dos olhos e/ou pele persista, consulte um médico. Evite calor excessivo. Mantenha a embalagem bem fechada e fora do alcance de crianças.

Conteúdo da Embalagem: 12ml.

Preço: R$ 22,00 (*)

Minha opinião: Esse corretivo, pelo menos por enquanto, só está disponível em três tons aqui no Brasil: claro, médio e escuro. Eu sou bem clarinha e todos os produtos de maquiagem da Avon que eu uso (e olha que não são poucos) são sempre no tom mais claro, o bege claro ou bege natural.

Comprei esse corretivo na cor clara pra mim, mas achei que ele ficou muito claro. Usei na região das olheiras (embora eu não tenha realmente olheiras, mas nos dias em que a gente está cansada essa região é a primeira a transparecer esse cansaço) e achei que ele criou o ‘incrível’ efeito de panda invertido, principalmente porque ele é realmente super iluminador. Acho que como corretivo, para mim, teria que comprar no tom médio. (Farei isso em breve e voltarei a falar sobre ele aqui nesse post mesmo).

Salvo a questão da cor, eu gostei bastante do produto. Ele é bem levinho, tem uma textura muito gostosa que seca rapidamente e deixa um acabamento aveludado, assim como o Magix Face Perfector (que nada mais é que um primer facial).

Como todo corretivo iluminador, sua cobertura é suave. Então, se você tem olheiras bem marcadas, aconselho o uso de um corretivo não iluminador antes e usar esse da Avon apenas para um acabamento.

O brilho é discretíssimo, bem suave, variando entre o rosado e o prata, mas faz uma diferença linda na pele, tanto para o dia, quanto para a noite. Difícil captar com a câmera fotográfica. Marquei com setinhas, na foto abaixo, os brilhinhos que ficaram mais aparentes. Mas ao vivo você vê muito mais o efeito. Ele não é cintilante, e sim tem quase um glitter muito fininho.

Para um look natural no dia a dia, você pode usar apenas como iluminador facial, acima dos ossinhos da bochecha, na ponta do nariz e do queixo… o efeito é lindo. E duradouro.

Me maquiei por volta das 15h, fui a um compromisso às 17h30, andei bastante num dia que estava fazendo um certo calor (apesar do inverno… risos) aqui em Sao Paulo, cheguei em casa às 21h e ele estava firme e forte. Não acumulou nas dobrinhas e não derreteu. Ou seja, seis horas depois ele estava exatamente igual.

Para referência, eu havia usado o Magix Face Perfector, depois o Eye Radiance Ward, e por cima a minha base mineral em pó. Como ele tem essa textura bem sequinha, ele dura muito mais que produtos mais cremosos, que tendem a acumular nas rugas e linhas finas, principalmente em dias de calor e mais ainda em quem tem pele oleosa. Apenas para esclarecer, a Avon indica o uso após a base, mas como minha base mineral é em pó, alguns produtos cremosos não funcionam por cima dela, então prefiro usar embaixo. O acabamento fica muito melhor.

Aprovadíssimo, na minha opinião. Salvo o “probleminha” com a cor. Eu realmente achei o “claro” muito claro e vou tentar o médio para ver se funciona melhor na minha pele.

Avaliação:

___________________

(*)  Preço pesquisado no catálogo Avon vigente na data desse post. Pode sofrer alterações conforme a campanha vigente em sua cidade.

Testei: Jillian Dempsey Paleta de Corretivos

Olá, meninas, tudo bem?

Corretivos coloridos existem há muito tempo, mas só agora eles saíram das mãos apenas dos profissionais e estão se tornando mais acessíveis às ‘meras mortais’ como nós que, durante anos, tentamos corrigir nossas peles com perfeição usando apenas os corretivos beges e marrons (depende da tonalidade da sua pele) comuns. O resultado nunca é perfeito como o visual profissional.

Grande parte dessa diferença não é apenas (nem só) falta de prática. Algumas imperfeições da pele precisam de ‘cor’ para serem corrigidas com perfeição e naturalidade.

Se você está com uma espinha bem inflamada e vermelha no rosto, por exemplo, não adianta tentar cobrir a vermelhidão com corretivo da cor da sua pele. Você até consegue, mas tem que aplicar tanto produto que fica com aquele aspecto ‘massa corrida’ que ninguém quer, não é mesmo?

É aí que entram os corretivos coloridos.

Eu já falei superficialmente sobre como eles funcionam aqui e logo de cara vocês perceberão a ausência do corretivo verde nessa paleta da Avon.

Ela é importada, não é fabricada pela Avon no Brasil (mas está sendo comercializada no nosso catálogo, viu? :)), e existe em duas tonalidades: para peles claras e para peles escuras. A única diferença é que a paleta para peles escuras tem as cores mais fortes, naturalmente. O lilás é mais intenso, quase roxo, o rosado é mais escuro, o pêssego é quase um marrom e o amarelo escuro é praticamente um bege. Mas o uso de cada uma das cores é o mesmo.

Vou mostras os swatches das cores da versão para peles claras logo abaixo, em seguida a ficha técnica do produto e a minha opinião e avaliação final. Vamos lá?

Jillian Dempsey Professional Corrector Palette

Marca: Avon.

Descrição: Paleta de corretivos.

O que promete: A paleta Jillian Dempsey reduz visivelmente a vermelhidão, oculta as olheiras e disfarça as imperfeições da pele.

  • Lilás: ilumina áreas escurecidas e neutraliza o tom amarelado, proporcionando à pele brilho saudável.
  • Rosado: oculta as imperfeições e uniformiza o tom da pele.
  • Pêssego: ajuda a realçar os contornos da área abaixo das sobrancelhas e bochechas, iluminando a pele.
  • Amarelo: suaviza a vermelhidão, como pequenos vasos e acne.

Como usar: Utilize os corretivos nas áreas que necessitam. Aplique depois do hidratante e antes da base ou do pó. Espalhe de maneira uniforme.

Precauções: Uso externo. Não aplicar sobre a pele irritada ou lesionada. Para o uso durante a gravidez, consulte um médico. Em caso de irritação, suspenda o uso do produto. Caso a irritação persista, consulte um médico. Evite calor excessivo. Mantenha a embalagem bem fechada e fora do alcance de crianças.

Conteúdo da Embalagem: 4g.

Preço: R$ 24,00 (*)

Minha opinião: Eu achei prático por já ter todas as cores em uma paleta só. Ele cumpre o que promete, mas é um corretivo bem cremoso, em consequência, escorre e acumula nas dobrinhas com facilidade. E olha que a minha pele em torno dos olhos é seca, não oleosa. Em dias quentes ou para quem tem que ficar de maquiagem durante muitas horas, só aconselho se você utilizar algum pó por cima.

Infelizmente não vem corretivo na cor verde que, na minha opinião, oculta manchas vermelhas com muito mais facilidade do que o corretivo amarelo (mais eficaz contra olheiras e hematomas).

Se a base que você usa for em pó, por exemplo, excelente. A minha é uma mineral em pó (que é da Avon ‘gringa’ e deixou de ser vendida aqui no Brasil, infelizmente), então pra mim foi ótimo. Passo o corretivo, passo a base em pó por cima e fica perfeito. Se sua base é líquida ou cremosa mas depois você finaliza com pó, também não tem problema. Já usar apenas o corretivo (com ou sem base líquida ou cremosa), não aconselho. A não ser que você precise ficar maquiada no máximo 2 horas.

Assim que você aplica parece que o acabamento vai ficar ruim, mas alguns minutos depois o corretivo ‘assenta’ na pele e desaparece. Fica incrível.

Não gostei do pincel que vem pra aplicar. As cerdas são duras para a textura do produto (o que deixa o corretivo na paleta cheio de ‘buracos’) e muito pequeno… nada prático para aplicação. Prefira a ponta dos dedos, com leves batidinhas. Fica perfeito.

Pra tirar melhor proveito das cores, eu uso dessa forma:

  • Lilás: para ocultar manchas marrons e alaranjadas, como sinais e sardas;
  • Rosado: nada mais é que o corretivo ‘cor da pele’, que você pode passar para corrigir pequenas imperfeições que não necessitam de muita correção, e também por cima do corretivo colorido que você já usou;
  • Pêssego: use embaixo das sobrancelhas para iluminar e no ossinho da bochecha, quase como se fosse um blush;
  • Amarelo: para corrigir olheiras e espinhas pouco inflamadas (quando está muito inflamada e vermelha, repito, um corretivo na cor verde dá um resultado muito melhor).

No final, eu acho que é um produto bom e prático, mas a necessidade de um pó para finalizar e a ausência de um corretivo verde faz com que eu avalie com 3 estrelas.

Avaliação: 

E vocês? Já usaram essa paletinha de corretivos? O que acharam? Escrevam nos comentários!

Um beijo a todas e até o próximo post.

_______________

(*) Preço pesquisado no catálogo Avon vigente na data desse post. Pode sofrer alterações conforme a campanha vigente em sua cidade.

Maquiagem: 13) Pincéis – Base e Corretivo

Olá, meninas, tudo  bem?

Continuando os posts sobre noções básicas de maquiagem, vou falar dos pincéis específicos para cada uso, começando com os pincéis de base e corretivo (depois pós e blushes; sombras; e batons – se eu estiver esquecendo de algo, me avisem, por favor :)).

São muitos os pincéis de maquiagem e os fabricantes não param de ‘inventar’ novos pincéis com novos usos e novas formas de usar, por isso, tentarei fazer o mais detalhado possível, mas pode ser que, daqui algum tempo, este post fique um pouco desatualizado, certo?

Primeiramente, podemos falar dos tipos de fibras:

  • Naturais: são feitas de pelo de animais, na maior parte das vezes de cabra, mas também podem ser feitos de pelo de lontra, texugo, esquilo ou pôneis. Quanto mais macio o pelo de que são feitos, mais caro o pincel. Os mais duros são os feitos a partir das crinas de pôneis, os mais macios são feitos de pelo de lontra.  São os preferidos de muitas meninas, por serem ‘mais macios’. Custam mais caro do que os sintéticos e eu, honestamente, acho que hoje em dia os sintéticos estão tão macios quanto os naturais e eu não acho tão necessário um pincel feito de pelo de animal. São mais densos e, portanto, mais difíceis de limpar e secar. Algumas pessoas mais sensíveis podem apresentar alergia a esses pincéis, dependendo de qual pelo de animal foi utilizado em sua confecção;
  • Sintéticos: são fabricados industrialmente, à base de fibras sintéticas como o nylon ou taklon (são as mais macias, pois são elaboradas de forma que a textura seja a mais próxima possível de uma fibra natural). Esses pincéis tem as cerdas lisas, e não absorvem os produtos. Há muitas marcas (nacionais e importadas) com pincéis sintéticos tão ou até mais macios que os de fibra natural;
  • Duo-fiber: são confeccionados com dois tipos de fibras diferentes. A maior parte deles tem um tipo de fibra natural e outro tipo de fibra sintética, mas isso não é regra. Existem duo-fibers com dois tipos de fibra sintéticas, cada um com uma maciez diferente, o que dá o mesmo resultado. Trazem um acabamento mais perfeito e dão um efeito mais natural. Normalmente são mais caros que os pincéis comuns e, ao contrário do que muitas meninas pensam, os duo-fiber não servem apenas para o rosto. Algumas fabricantes já estão fazendo duo-fiber para os olhos. Tomem cuidado com os pincéis cujas fibras são ‘tingidas’ de forma que deem a impressão de um pincel duo-fiber (que geralmente tem duas ou mais cores nas fibras dos pincéis). Nem todo pincel cuja fibra tem mais de uma cor é um duo-fiber. Veremos exemplos mais para frente.

Agora vamos falar dos tipos de pincéis propriamente ditos.

Eu não vou falar dos pincéis importados porque não tenho nenhum. Acho totalmente desnecessário gastar uma fortuna em pincéis da Mac, por exemplo, visto que temos pincéis nacionais tão bons quanto. De qualquer forma, se você fizer questão de produtos importados, a maior parte das usuárias de maquiagem que eu conheço dizem que os melhores pincéis de maquiagem importados são os da Mac, Coastal Scents e Sigma. Você pode encontrar os pincéis da Mac diretamente nas lojas, e também com algumas blogueiras que importam e revendem (assim como os da Coastal Scents e Sigma).

Vamos falar dos mais acessíveis: Prada, Natura, Avon e Boticário. A maior parte desses pincéis são de fibra sintética, quando forem de fibras naturais, mencionarem na descrição.

Prada

Se você está realmente começando, ou até se já tem experiência, sabe se maquiar, mas não quer gastar ‘rios de dinheiro’ em pincéis, eu aconselho os pincéis da Prada. Você vai conseguir montar um kit bem completo, gastando relativamente pouco. E pode comprar primeiro os pincéis que vai utilizar mais e depois ir ampliando o seu arsenal.

Já vi muitas reclamações sobre os pincéis dele, inclusive algumas meninas dizendo que eles tem um cheiro ruim. Eu sinceramente não consigo perceber onde está esse cheiro. (Ao contrário dos pincéis Pupa, cuja madeira do cabo tem um cheiro tão forte que eles passam para a fibra e, mesmo depois de muita lavagem, simplesmente se recusa a deixar o pincel). As fibras são super macias, não soltam, dão um acabamento muito bom, e o único ‘problema’ deles é que, depois de algumas lavagens, tendem a descolar a parte cinza (que junta as fibras) do cabo. O que você resolve fácil com uma cola para bijouteria ou Super Bonder, e pronto. Eu também achei legal que os pincéis vem com uma ‘capinha’ de plástico resistente e molinho, que encaixa perfeitamente nos pincéis e, além de proteger as fibras, impede que os pincéis usados sujem o estojo ou outros pincéis.

Tenho vários deles, comprei a maior parte na Laffayette (se você for de São Paulo também encontra nas lojas especializadas no bairro da Liberdade), e simplesmente adoro.

Os pincéis da Prada não são duo-fiber, embora pareçam. As fibras são apenas tingidas com mais de uma cor.

Se quiser conhecer todos os pincéis deles, acesse o site da empresa responsável, a Belliz.

Pincel Base e Pó Compacto Prada: R$ 9,00 (*). Aconselhado para aplicação de base e de pó compacto. Ele é super macio e é do tipo ‘flat-top’ (a parte que vai no rosto é reta, não arredondada), o que o torna ótimo para dar um ‘polimento’ que a base já estiver seca na pele. Esse formato também é ótimo para uma cobertura mais natural, ideal para o dia-a-dia.

Pincel Base e Corretivo Prada: R$ 11,90 (*). Aconselhado para aplicação de base e de corretivo. Igualmente macio. O formato arredondado facilita a aplicação do corretivo principalmente na região das olheiras. Esse pincel para base garante uma aplicação mais densa da base, com melhor cobertura, mais indicada para dias de festa ou para uma pele que precisa de uma correção maior.

Pincel Sombra/Base Côncavo Grande Prada: R$ 9,00 (*). Esse pincel, segundo a Prada, é para sombra cremosa. Mas na minha opinião ele é enorme para sombra, é maior do que os olhos e acho difícil aplicar sombra com esse pincel. Porém, eu achei ele espetacular para aplicar base. A cobertura e acabamento são perfeitos, e esse formato meio ‘diagonal’ das fibras facilita muito a aplicação da base em volta dos olhos, e no contorno do nariz.

Avon

A Avon recentemente resolveu se engajar na venda de pincéis para maquiagem. Por enquanto, não são muitas as opções e eles tem apenas um tipo de pincel para base, que também serve para aplicação de corretivo.

Pincel para Base Avon: R$ 19,00 (*). Confeccionado com cerdas naturais, macias e anatômicas, espalha a base de maneira uniforme. Também dá pra usar para aplicar corretivo, pois também tem o formato arredondado que facilita a aplicação na região das olheiras. Conforme dito anteriormente neste post, os pincéis de cerdas naturais são mais difíceis de limpar. No caso deste pincel da Avon não é diferente, mas não é nenhum bicho de sete cabeças. Eu uso esse pincel também para espalhar o Magix da Avon (que é um produto do tipo primer, ou seja, serve para fixar melhor a maquiagem no rosto, além de reduzir poros e pequenas linhas de expressão). O resultado fica ótimo.

O Boticário

O Boticário tem uma linha de pincéis de maquiagem muito bonita, embora o preço relativamente alto atrapalhe um pouco quem queira montar um kit completo. Nada exorbitante, mas para a maior parte dos ‘pobres mortais’, comprar todos de uma vez pode pesar um pouquinho no bolso.

Para a aplicação de base há dois pincéis, ambos super macios, especialmente o para base e pó, que é do tipo duo-fiber.

Pincel Base O Boticário: R$ 36,90 (*), para o Estado de São Paulo. Cerdas grandes e retas. Possibilitam uma ótima retenção do produto e excelente espalhamento, proporcionando uma aplicação uniforme com um acabamento aveludado à pele. Não é duo-fiber, as fibras são apenas tingidas de duas cores diferentes. Esse tipo de pincel é o que dá uma cobertura mais pesada à pele. O corte reto, quadrado, das fibras não colabora muito para aplicação de corretivo, a não ser que você tenha bastante prática na aplicação.

Pincel Base e Pó O Boticário: R$ 34,90 (*), para o Estado de São Paulo. Para aplicar base e pó. É duo-fiber, tem a escova espessa e circular, tipo flat-top, e é ideal para uma aplicação mais descontraída e leve de bases, pós faciais e compactos e iluminadores. Cria uma textura suave e dá cor ao rosto com efeito natural.

Natura

A Natura, assim como a Avon, também tem uma pequena linha de pincéis para maquiagem. Infelizmente, também só tem um tipo de pincel para base, e o preço é ainda mais alto que os valores dos pincéis d’O Boticário.

Pincel para Base Líquida Natura: R$ 39,80 (*), para o Estado de São Paulo. Não é duo-fiber, as cerdas são super macias, e o pincel é muito bonito. Como tem o formato arredondado, é ótimo também para aplicação de corretivo. Algumas meninas consideram esse pincel superior ao da Avon e ao d’O Boticário. Eu sinceramente não vejo essa diferença. Acho que os pincéis das outras marcas estão tão bons quanto os pincéis da Natura. Creio que seja uma questão apenas mesmo de gosto, e de costume, e de apreço à marca.

Meus preferidos: Pincel Sombra/Base Côncavo Grande, da Prada, e Pincel Base/Pó Duo Fiber, O Boticário, para bases. Para corretivo, o Pincel para Base da Avon.

No próximo post, falaremos sobre os pincéis específicos para pós faciais, compactos e blushes.

Quaisquer dúvidas, perguntem nos comentários.

Beijinhos a todas.

_______________

(*) Preços pesquisados na data desse post. Podem sofrer alterações.

Entradas Mais Antigas Anteriores

%d blogueiros gostam disto: