Testei: Shimmering Facial Whip (e.l.f.)

Olá, meninas, tudo bem?

Na My Little Black Box de Maio eu recebi um iluminador da e.l.f. que pode ser usado em qualquer região do rosto. Qualquer região, mesmo! Não só nas bochechas, mas também nos lábios e nas pálpebras.

É claro que eu fiquei curiosíssima para testá-lo, não só por ser da e.l.f., mas também por sua multifuncionalidade.

O meu veio na cor Persimmon, um rosa bem cintilante, mas o produto existe em mais cinco cores, que vocês podem ver abaixo.

1. Pink Lemonade, 2. Persimmon, 3. Lilac Petal, 4. Toasted, 5. Golden Peach, 6. Spotlight

O post de hoje vem com as informações sobre o produto e a resenha com a minha opinião sobre ele.

Vamos lá? 🙂

Shimmering Facial Whip

Marca: e.l.f.

Descrição: iluminador facial

Conteúdo: 9.5g

O que promete: Ilumina a pele com um acabamento natural. Acalma e hidrata a pele. Não deixa a pele grudenta nem oleosa. Fórmula suave.

Como usar: Coloque uma quantidade do tamanho de uma pérola na ponta dos dedos e espalhe pelas bochechas, olhos e/ou lábios.

Precauções: Apenas para uso externo. Descontinue o uso caso surjam sinais de irritação ou vermelhidão. Mantenha fora do alcance de crianças.

Composição:

Contém parabenos (Mehtylparaben e Propylparaben).

Produto não testado em animais. A e.l.f. apoia instituições de caridade.

O teste: Usei o produto como blush, sombra e batom.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 5 (Ótimos)

Sua textura é creme-gel, e a cor que eu recebi, a Persimmon, é um rosa bem cintilante.

A forma mais fácil de aplicá-lo nas bochechas é com os dedos, já nos lábios ou nas pálpebras, pode ser aplicado com facilidade também com o pincel.

Se espalhar bastante até a cor desaparecer, restam pontos de luz, pequenas partículas brilhantes como micro-glitters.

Basta uma quantidade bem pequena para conseguir um resultado perfeito.

Acabamento, luminosidade e cheiro: 5 (Ótimos)

Não deixa a pele melecada e tem uma cobertura muito intensa.

Para o meu tom de pele, essa cor fica mais bonita para ser usada como blush, sombra ou batom, não exatamente como iluminador, porque é muito rosado.

Deixa a pele com um toque sedoso e suave.

É muito pigmentado e cintilante e deve ser usado com cautela na região das maças do rosto para não ficar artificial.

Tem um aroma bem suave, que não incomoda e fica praticamente imperceptível após aplicado.

Durabilidade: 5 (Ótima)

O dia estava frio, e eu usei o produto sobre BB Cream, sem pó nem primer. Permaneceu com a mesma intensidade de cor por 6 horas, quando me demaquilei.

Não acumula e não escorre. Para quem tem tendência a lábios ressecados, aconselho aplicar por cima de um hidratante labial, caso queira usar como  batom.

Embalagem: 5 (Ótima)

A bisnaga tem uma ponta bem fininha, e o material é bem maleável, facilitando a dosagem e a aplicação pontual. Depois, é só dar leves batidinhas com os dedos até que o produto fique com efeito e cobertura natural (no caso do uso como iluminador ou blush) ou espalhar com pincel (no caso do uso como sombra ou batom).

Preço: 4 (entre R$ 15,01 e R$ 40,00)

É um produto difícil de encontrar à venda aqui no Brasil, mas a média de preços é de R$ 20,00*. Muitos vendedores no Mercado Livre revendem produtos da marca, então, procurar por lá é uma boa opção. 😉

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento:
*****
Acabamento, luminosidade e cheiro:
*****
Duração: *****
Embalagem: *****
Preço: ****

Média: 4,8

Avaliação Geral: estrela 5

Quem mais já usou esse iluminador superversátil? Contem para gente nos comentários.

Beijinhos e até a próxima! 🙂

_________________

(*) Média de preços pesquisada na data deste post. Pode sofrer alterações.

Testei: Blush em Creme Color Trend (Avon)

Olá, meninas, tudo bem?

Na minha Beauty Bag de Fevereiro, um dos produtos que recebi foi o Blush em Creme da linha Color Trend da Avon.

As assinantes podiam escolher a sua cor preferida e eu escolhi a cor pêssego rosado.

Eu já tinha ficado de olho no catálogo quando a Avon lançou esse produto, e fiquei feliz de recebê-lo na Beauty Bag antes de ter feito a minha encomenda ou de ter comprado na Sabele, assim eu pude testá-lo.

Vamos às informações sobre o produto e à resenha. 🙂

Blush em Creme Color Trend

Marca: Avon

Descrição: blush em creme

Conteúdo: 15ml

O que promete: Color Trend Blush em creme proporciona um visual naturalmente corado e brilho saudável.

Como usar: (embalagem sem informação)

Precauções: Uso externo. Não aplicar sobre a pele irritada ou lesionada. Em caso de irritação, suspenda o uso do produto. Se a irritação persistir, consulte um médico.

Composição: Aqua; Butylene Glycol; Cyclopentasiloxane; Polysorbate 60, Propylene Glycol Dicaprylate/Dicaprate; Glycol Stearate; PPG-2 Myristyl Ether Propionate; Cyclohexasiloxane; Nylon-12; Silica, Xanthan Gum; Imidazolidinyl Urea; Methylparaben; Sodium Hexametaphosphate; Tetrasodium Edta. Pode conter: CI 77019; CI 77891; CI 15850; CI 15985; CI 77007; CI 77491; CI 77492; CI 77499; CI 75470.

Contém parabeno (Methylparaben).

O teste: Testei o produto aplicando diretamente sobre a pele e também aplicando sobre base cremosa e em pó.

Avaliação

Textura, aplicação e cheiro: 2 (Ruim)

Apesar de levar o nome “creme” ele é bem líquido.

A aplicação é difícil, esfumar é bem trabalhoso, tanto com os dedos tanto quanto com o pincel. Fazer com que o acabamento pareça natural é bem complicado e requer habilidade. Conforme você tenta esfumar, ele tende a se espalhar para as laterais, deixando sem cor o centro da região onde foi aplicado e acumulando produto nas bordas. Para piorar a situação, marca os poros se for aplicado na pele sem base.

Na pele com base cremosa é um pouco mais fácil de lidar do que na pele com base em pó, mas isso é padrão. Aplicar produtos cremosos e líquidos sobre base em pó deve ser evitado justamente porque você pode acabar criando uma textura ‘lamaçenta’, como jogar água em terra seca.

O cheiro me lembra o medicamento Atroveran, mas fica imperceptível quando aplicado na pele.

Pigmentação: 4 (Boa)

A pigmentação é boa, embora isso só torne a aplicação mais difícil. Um pouquinho de produto já adiciona bastante cor e você acaba tendo que se virar pra esfumar uma quantidade mínima de um produto de “comportamento” estranho. Risos.

Durabilidade: 4 (Boa)

Para um produto em creme, achei a durabilidade digna. Três horas depois ele estava exatamente igual à como estava quando aplicado. A partir da quarta hora começou a perder a intensidade da cor, mas mesmo após seis horas ela ainda estava aparente.

Embalagem: 4 (Boa)

A bisnaga com bico fino facilita a dosagem do produto. É só apertar um pouquinho para colocar o produto na ponta dos dedos ou no dorso da mão, para aplicar com pincel.

Preço: 5 (menos de R$ 15,00)

O produto custa R$ 14,99* e está em promoção por R$ 8,99* na Campanha 15/2013 no catálogo Avon.

Você pode encomendá-lo através de uma revendedora Avon. Caso não conheça alguma, fale comigo.

Recapitulando…

Textura, aplicação e cheiro:
**
Pigmentação:
****
Durabilidade:
****
Embalagem: ****
Preço: *****

Média: 3,8

Avaliação Geral: estrela4

E vocês, meninas? Já experimentaram o blush em creme da Avon? Contem o que acharam nos comentários. 🙂

Beijinhos e até o próximo post.

_________________

(*) Preço pesquisado no catálogo Avon vigente na data deste post. Pode sofrer alterações conforme a campanha vigente em sua cidade.

Testei: Duo Smart (B Side)

Oi, meninas! Como vão vocês? 🙂

Na minha Blush Box de Agosto (é, já faz um tempinho) eu recebi um produto muito legal da B-Side. Acabei demorando para testar porque, mesmo não me maquiando todos os dias, eu tenho muitos produtos, mas acabo usando quase sempre os mesmos. Tenho me policiado a deixar os que ainda não usei mais à vista, assim eu lembro de usar.

O produto é um “2 em 1”, que pode ser usado como blush e como batom. A cor que eu recebi é a Twist, um rosa queimado muito bonito (e olha que eu não sou lá muito fã de rosa).

Quem quiser conhecer o produto, é só continuar lendo. 🙂

Duo Smart

Marca: B-Side

Descrição: batom e blush cremoso

Conteúdo: não informado na embalagem

Precauções: Mantenha fora do alcance de crianças.

O teste: Apliquei normalmente, usando como batom e blush. Testei a aplicação com os dedos e com pincel.

Avaliação

Aplicação, textura e cheiro: 5 (Ótima)

Achei muito gostoso de aplicar para as duas formas de uso (batom e blush).

Ele é bem cremoso, mas não é grudento, e espalha com bastante facilidade, tanto quando aplicado com os dedos, como quando aplicado com pincel.

Para usar como blush, não recomendo o pincel que já vem na embalagem. Prefira os dedos ou, se possível, use um pincel para blush. Aliás, foi a minha forma preferida para aplicá-lo. Usei o pincel chanfrado de blush da Natura, dando leves batidinhas com as cerdas no produto e em seguida aplicando nas bochechas e esfumando com o próprio pincel. Fica lindo e natural.

Só tem de tomar cuidado com a quantidade de produto, pois ele é bem pigmentado e você pode acabar ficando com o blush marcado o que, convenhamos, é muito feio.

Nos lábios, funciona bem quando aplicado com os dedos, com pincel de batom ou com o pincel que já vem com o produto. Com hidratante labial por baixo, faz uma cobertura mais cremosa, translúcida e natural, e deixa um rosa queimado mais suave. Se você tem o hábito de passar base ou primer cor da pele nos lábios antes de aplicar o batom, vai ter uma cobertura mais intensa, quase mate e o rosa fica um pouco mais aberto e chamativo.

Não é perfumado e tem um leve cheirinho de cera natural (tem mais de um tipo de cera na lista de ingredientes), que desaparece quando aplicado.

Pigmentação do produto aplicado: 5 (Ótima)

Achei a pigmentação espetacular. É bem pigmentado, principalmente para um produto cremoso que pode ser aplicado na pele e não só nos lábios, e você consegue controlar essa intensidade de cor facilmente.

Pegando o produto da embalagem e aplicando com leves batidinhas com os dedos ou com o pincel, nos lábios ou na bochecha, ele resulta num tom suave. Repetindo a aplicação, você tem cobertura e cor mais intensas.

Adorei e me surpreendeu bastante.

Como blush fica muito bonito e natural, principalmente para quem tem pele clara como a minha.

Duração: 4 (Boa)

Achei a durabilidade boa para um produto cremoso. Obviamente dura muito mais como blush do que como batom (já que os lábios estão em constante movimento, falamos, bebemos, comemos, tem a questão da saliva e tudo mais).

Mesmo assim, resistiu bem como batom e a tonalidade ficou nas bochechas durante boas horas. Acredito que, querendo uma durabilidade maior, uma camada de pó translúcido ou mesmo uma camada fininha de blush em pó por cima do produto dê conta do recado.

Embalagem: 4 (Boa)

A embalagem do produto é uma gracinha. Compacta, perfeita para deixar na bolsa para uma emergência, vem com espelho e pincel de esponjinha para aplicar.

Porém, como designer de embalagens, eu tenho que dizer que faltam muitas informações. Primeiro, não se sabe quanto vem de produto pois não existe informação sobre o peso líquido. Segundo, não existe nenhum tipo de informação sobre ‘como utilizar’ nem algo do gênero. Até entendo que é um batom e blush e todas nós sabemos como se aplicam esses produtos, mas discordo totalmente da ausência dessas informações. Todo mundo sabe como aplicar shampoo, no entanto todas as embalagens têm o texto de “como utilizar”.

Assim, perde um ponto e fica com nota 4 ao invés de 5.

Sim, eu sou bem chata com embalagem.

Preço: 0 (desconhecido)

Ficaram admiradas com o ‘desconhecido’? Pois é… Esse na minha opinião é um dos problemas dessa marca.

Recebi vários produtos da B-Side em diferentes “caixinhas” que assino, gostei de todos, mas a maior parte deles não consigo encontrar em lugar nenhum, nem na loja virtual própria. Dos quatro que já recebi, encontrei apenas um à venda.

O site da marca é uma bagunça. Houve dias em que tentei entrar e o sistema ficava pedindo para instalar um plug-in de procedência duvidosa.

Podia ser uma questão de produto de “Edição Especial” que já estivesse esgotado, mas eu tenho procurado desde que o recebi em minha Blush Box de Agosto. Nós já estamos em Janeiro e ele nunca apareceu.

É uma pena. Os produtos são ótimos, tem toda a questão de não testarem em animais, a maior parte dos ingredientes são naturais… mas quando você não encontra um produto para vender, acaba desistindo dele.

Recapitulando…

Aplicação, textura e cheiro:
*****
Pigmentação do produto aplicado:
*****
Duração: ****
Embalagem: ****
Preço:  ???

Média: 3,6

Avaliação Geral:

Se pelo menos conseguíssemos encontrar o produto à venda em algum lugar a nota geral com certeza seria maior.

É isso, meninas. Espero que tenham gostado. 🙂

Beijinhos e até a próxima!

Pinceis de Maquiagem Avon – Marco Boni

Oi, meninas, tudo bem?

Já faz um tempinho que eu comprei os pinceis da nova linha da Avon em parceria com Marco Boni. Usei todos eles por algumas semanas, aproveitei o fim de semana para lavá-los (muitos pinceis mudam completamente após a primeira lavagem e isso geralmente não é bom) e então vim mostrar os pinceis com detalhes e contar para vocês o que eu achei. Vamos lá? 🙂

A linha conta com 4 pinceis duplos (duas pontas diferentes, uma em cada lado do pincel). São eles:

  • Pincel de sombra (Esfumador e Delineador);
  • Pincel de sombra (Multiuso);
  • Pincel ponta dupla para blush e base;
  • Pincel ponta dupla para lábios.

Todos eles são fabricados na China, possuem cerdas sintéticas de nylon e os cabos são de madeira, com ponteira de alumínio para segurar as cerdas.

1. Pincel de sombra (Esfumador e Delineador)

Uma das pontas tem o pincel chanfrado, chato no lado do cabo e com cerdas retas, ideal para delinear (com delineador ou até mesmo com sombra); a outra tem as cerdas arredondadas, também redondo do lado do cabo, ideal para esfumar.

No catálogo, a Avon chama o pincel de de “esfumador e delineador”, não sei porque na embalagem vem escrito “Pincel ponta dupla para delinear e aplicar sombra”. Na minha opinião, ele é um pincel muito mais eficiente para esfumar do que para aplicar a sombra, já que o lado que seria o de “aplicar sombra” é arredondado e não chato.

As duas pontas são excelentes. Usei o lado chanfrado com delineador em gel e com sombra umedecida com água (para delinear). O traço ficou perfeito e as cerdas são firmes e macias ao mesmo tempo, fazendo um traço preciso sem precisar esfregar o pincel na pele.

O lado redondinho, para esfumar, é bem macio e uniforme. Perfeito para esfumar o côncavo ou fazer degradés com perfeição.

Mesmo depois de usar bastante e lavar duas vezes, as pontas continuaram com o mesmo formato.

Como as cerdas são mais escuras, não ficam tingidas dos produtos com facilidade.

Aprovadíssimo!

Preço: R$ 13,99 (*).

2. Pincel de sombra (Multiuso)

Duas pontas arredondadas na parte superior e chatas no lado do cabo. Um com cerdas longas, perfeitas para cobrir áreas maiores na pálpebra. E outro com cerdas curtinhas, ótimo para aplicar as sombras, principalmente quando são clarinhas ou pouco pigmentadas, ou para fazer detalhes.

Na embalagem está escrito “Pincel ponta dupla para aplicação de sombra”.

As cerdas são laranjas e ficam tingidas facilmente com o uso (um pouquinho de demaquilante antes de lavar os pinceis ajuda a tirar as manchas das cerdas).

Obviamente, o lado com cerdas curtinhas é mais resistente, mais ‘durinho’, que o lado com cerdas maiores.

Os dois lados são excelentes. As cerdas agarram e depositam facilmente a quantidade de sombra que você quiser, sem precisar esfregar ou colocar força. O lado mais curto também é ótimo para aplicar sombra em gel ou creme.

Preço: R$ 14,99 (*).

3. Pincel para base, pó e blush

Uma das pontas tem o lado do cabo chato, com cerdas arredondadas, para aplicação de base líquida (lembrando que esse tipo de pincel faz quase sempre uma cobertura mais pesada do que um pincel do tipo flat top (arredondado no cabo com cerdas de corte reto), e o outro lado é arredondado no cabo e nas cerdas, para aplicar blush ou pó.

Na embalagem está escrito “Pincel ponta dupla para blush e base”.

O lado para aplicar base é muito bom, bem denso, segura bem a base e transfere para a pele com facilidade e sem deixar marcas.

Já o lado para o blush e pó me decepcionou bastante. Ele já veio cheio de cerdas ‘fora do lugar’, depois de usar e lavar então, nem se fala. Nem deixando secar com protetor de pincel deu para ‘domar’ as cerdas e fazê-las ficarem no lugar. Provavelmente não vou usar muito esse lado, salvo se, em uma emergência, não tiver nenhum pincel de blush da minha coleção em condições de uso.

É o pincel mais caro da coleção, e o único que não gostei 100%.

Preço: R$ 29,99 (*).

4. Pincel para lábios e olhos

Uma das pontas tem cerdas fininhas, com cabo arredondado, ideal para delinear (os olhos ou a boca), a outra ponta é arredondada no cabo com cerdas também arredondadas, para aplicar e espalhar o batom.

Na embalagem está escrito “Pincel ponta dupla para lábios”.

As cerdas são amarelo claro e também mancham com facilidade. O uso de demaquilante para o lado usado para aplicar batom foi muito importante para deixar as cerdas de volta à cor original.

Se tem uma coisa que me irrita em pinceis, não importando o seu uso, é quando eles perdem a forma depois dos primeiros usos ou lavagens. Esse da Avon não perdeu o formato, nem no lado de delineador, nem no lado de aplicar batom.

As cerdas do lado delineador são bem fininhas e um pouco longas, podendo trazer dificuldade para quem está iniciando (geralmente cerdas mais curtas e firmes são melhores para quem não tem muita prática delinear com maior perfeição).

O lado do batom pega bastante produto e transfere para os lábios com facilidade. A ponta mais fina que o restante permite exatidão nos detalhes.

Embora a Avon não mencione, eu achei que o lado de aplicar e espalhar o batom também é um pincel lápis excelente para aplicar sombra fazendo um côncavo bem marcado. A pontinha encaixa com perfeição na parte mais funda do côncavo e o restante do pincel vai esfumando. Para quem não tem nenhum pincel lápis, é uma mão na roda.

Preço: R$ 11,99 (*).

Todos eles vem em estojinhos de plástico tipo vinil transparente, com um papel grosso com informações sobre o respectivo pincel. Aconselho retirar o papel para guardar os pinceis quando estiverem usados mas você não for lavar logo em seguida. Caso contrário o pincel sujará o papel e não dá para limpar depois. Já o estojo dá para lavar e limpar com mais facilidade, já que é plástico.

As informações de alguns pinceis são desencontradas. No papel do pincel para delinear por exemplo, está escrito “ponta chanfrada ideal para esfumaçar a sombra”. Até dá para esfumar um delineado com um pincel de ponta chanfrada e alguma prática, mas o pincel não é ideal para isso, e sim para aplicar delineador ou fazer um delineado com sombra.

Para todos os pinceis, os cuidados são iguais: “Lave em solução de água morna e sabão neutro. Retira o excesso de água e deixe secar naturalmente” e “Manter fora do alcance de crianças”.

Salvo o pincel de blush e pó, eu gostei bastante dessa nova linha e quero comprar mais um de cada modelo dos pinceis de sombra e lábios. Eu sempre tenho dois pinceis de cada um dos meus preferidos, assim posso usar durante mais tempo antes de lavar tudo e voltar a usar. 😉

Espero que tenham gostado! Até a próxima! 🙂

________________

(*)  Preço pesquisado no catálogo Avon vigente na data desse post. Pode sofrer alterações conforme a campanha vigente em sua cidade.

Maquiagem: 15) Pincéis – Blush e Contorno

Olá, meninas, tudo bem?

Finalmente vamos continuar com os nossos posts sobre os tipo de pincéis de maquiagem e suas formas de uso.

Os pincéis de blush podem ser utilizados para colorir e contornar o rosto.

Em sua maioria, são muito parecidos com os pincéis de pó: tem o mesmo formato, mas são menores. Porém, há também mais dois tipos de pincéis de blush, que são mais indicados para contornar o rosto. Um deles, infelizmente, não encontrei em nenhuma marca nacional até o momento. Falarei dele apenas a título de curiosidade, visto que o importado é caro e difícil de encontrar por aqui.

Vamos lá…

Prada

Pincel de Blush Prada: R$ 7,50 (*). Tem o cabo longo, o que facilita o manuseio. As cerdas são naturais, feitas com pêlo de cabra, garantindo maciez e acabamento perfeito.

Pincel de Base/Sombra Côncavo Grande: R$ 9,00 (*). Já falamos desse pincel, aqui. Mas, não custa repetir, principalmente porque agora estou indicando para outro uso. Esse pincel, segundo a Prada, é para sombra cremosa. Mas na minha opinião ele é enorme para sombra, é maior do que os olhos e acho difícil aplicar sombra com esse pincel. Como eu disse lá no outro post, eu achei ele espetacular para aplicar base. A cobertura e acabamento são perfeitos, e esse formato meio ‘diagonal’ das fibras facilita muito a aplicação da base em volta dos olhos, e no contorno do nariz. Esse formato também ajuda para aplicar blush para contornar o rosto. Não é 100% ideal, porque ele não é um pincel muito fofo, arredondado. É mais ‘chato’ no início das cerdas. Mas, com um pouco de prática, ele se mostrou um bom aliado também para o contorno.

Avon

Pincel para Blush Avon: R$ 19,00 (*).  Também tem o cabo longo e anatômico, facilitando o manuseio. Como todas as outras linhas de pincéis, o pincel de blush tem menos cerdas que o pincel para pó, para permitir que você aplique o blush apenas nas áreas desejadas, criando diferentes efeitos. A Avon aconselha o mesmo pincel para o contorno do rosto. Com prática, é possível. Se você é iniciante, vai sentir dificuldade em usar esse pincel para contorno, pois ele é bem fofinho e você corre o risco de espalhar muito produto em todo o rosto, ao invés de demarcar onde quer contornar. Uma dica é segurar o pincel pelas próprias cerdas, logo acima do começo do cabo, de forma a ‘juntar’ mais as pontas, diminuindo o diâmetro das cerdas.

O Boticário

Pincel Blush O Boticário: R$ 29,90 (*). Usado para aplicação de blush, para sombrear, destacar e iluminar o rosto. Indicado para aplicação nas bochechas, também pode ser usado para harmonizar o formato do rosto, aplicando tons escuros onde se deseja esconder e disfarçar, e tons claros para aumentar e realçar pontos fortes do rosto, ou seja, serve para aplicar o blush e também para contornar o rosto. As cerdas são suaves e possuem uma forma cheia e arredondada. Para as iniciantes, vale a mesma dica que dei para contornar com o pincel da Avon. Segure no começo do cabo, junto às cerdas, pegando uma parte delas. Assim, você vai ‘diminuir’ o diâmetro do pincel, pois as cerdas vão ficar mais juntinhas, e você conseguirá mais definição na aplicação do blush para contornar.

Natura

Natura Una Pincel para Blush: R$ 39,80 (*). Com mais cerdas, alta maciez e formato chanfrado, garante maior transferência dos produtos para a pele e potencializa o resultado final da maquiagem. Esse formato de pincel é o mais (gente… fugiu a palavra, socorro! risos)… ele é o mais ‘multi-uso’, pronto. O que eu quero dizer é que você vai conseguir, só com ele, aplicar blush para colorir as maçãs do rosto e também contornar com mais facilidade do que os outros. É super macio, e apesar do preço mais alto em relação aos outros, acho que vale cada centavo do investimento. É o meu preferido e estou pensando seriamente em ter mais um igual, assim posso reservar um para o blush e outro para contorno (ajuda, já que as cores de contorno são mais escuras e influenciam no cor do blush, e lavar o pincel e usar em seguida é impossível, principalmente nesse frio, quando os pincéis demoram mais para secar).

‘E o tal pincel importado?’ vocês vão me perguntar. Vamos a ele.

Sigma

Marca ‘queridinha’ de várias meninas que fazem tutoriais de maquiagem no You Tube, a Sigma Beauty é uma marca importada, com preços interessantes para quem mora no exterior, mas que chegam aqui a preços salgados (quando chegam). Dá para encontrar alguns vendedores no Mercado Livre, com sorte, mas custará caro. Se tiver cartão internacional, ou PayPal, você pode comprar diretamente com eles (mas ainda tem de pagar o frete e esperar de 30 a 45 dias, às vezes mais). Caso se interesse, acesse o site da Sigma, clicando aqui. O site está em inglês, certo?

A Sigma fabrica dois pincéis específicos para contorno do rosto, cujo formato nenhuma empresa brasileira até agora se arriscou a fazer.

Tapered Face – F25: $ 19,00. Pincel de base arredondada e topo pontudo, o que facilita a aplicação de blush para contornar o rosto. A ponta ‘pega’ o produto e, conforme você passa o pincel no rosto, as outras cerdas esfumam a cor.

Tapered Highlighter – F35: $ 16,00. Ele tem o mesmo formato do F25, porém é menor. A Sigma indica para aplicação de pó iluminador, que faz parte do contorno do rosto, mas ele também pode ser utilizado para blush.

Além desses, também há o pincel comum de cerdas arredondadas, para aplicação de blush. Não vou falar dele aqui porque ele tem exatamente o mesmo formato dos pincéis para blush nacionais e, como eu disse no início dessa série de posts sobre os pincéis de maquiagem, eu pretendo me atar apenas aos nacionais, mais acessíveis a todas, principalmente para quem está começando.

Já vi algumas meninas usando esses pincéis, parece realmente facilitar o trabalho de contorno do rosto, e até tenho curiosidade em adquirir um desses. Porém, o número de vezes em que eu realmente faço o contorno do rosto é tão pequena que não acho que justifique o gasto com o pincel. Vejam bem, essa é a minha opinião apenas, porque eu faço o contorno do rosto muito raramente e, quando quero fazer, o pincel para blush da Natura cumpre bem o seu papel. Mas, para quem quiser investir em um kit de pincéis super completo e tiver condições de adquirir um desses, estou divulgando para que vocês tenham conhecimento da existência deles.

O meu preferido: Natura Una Pincel para Blush, da Natura.

É isso, meninas. Quaisquer dúvidas, vocês sabem, é só perguntar nos comentários, certo? 🙂

O próximo post da série deverá ser sobre pincéis para os olhos (sombras e delineador). Aguardem.

_______________

(*) Preços pesquisados na data desse post. Podem sofrer alterações.

Maquiagem: 4) Blush – Um toque de saúde

Olá, meninas, tudo bem? Vamos continuar nossa série sobre maquiagem falando sobre o blush.

Na hora de aplicar o blush, algumas dicas são essenciais.

Primeiro, use um pincel redondo e largo para aplicá-lo.

Comece a aplicação a partir do meio das maçãs do rosto.

Passe o pincel (de leve) na testa, junto à raiz do cabelo, na linha do maxilar e no queixo. Isso garante um resultado mais natural.

Para deixar a cor da pele uniforme, alguns profissionais costumam finalizar a maquiagem com uma pincelada de blush em todo o rosto. Mas atenção: não se esqueça de retirar o excesso de produto do pincel, antes de proceder dessa maneira.

Não exagere. O blush não deve ficar “marcado”. Sua função é apenas realçar o colorido natural da pele.

“Rubor nas faces. Pudor, vergonha, excitação ou simplesmente atestado de saúde e bem-estar. Tantas são as maneiras de interpretar um rosto adulto que ganhou colorido nas maçãs, quase imitando a criança afogueada brincando na rua. Na década de 30, o círculo explícito do rouge marcava as bochechas, quase sempre de carmim ao vermelho puro. Mas com o passar dos anos, o blush ganhou tonalidades da pele humana e virou um poderoso instrumento de correção dos contornos e volumes do rosto na mão de profissionais.”

Duda Molinos

Tipos

  • Blush em pó: vai bem para todo mundo, pois a pele trabalhada (base, corretivo, pó) favorece a fixação do blush. Da variedade de texturas, a gama de beges e marrons opacos protagonizam a correção de volumes e contornos;
  • Blush cremoso: dá uma aparência de pele bem hidratada. Cuidado para não esfregar e apagar, caso tenha feito a pele antes;
  • Blush líquido: mais raro, fica bem em uma pele virgem, que não exigiu nenhum lastro de correção. Direto no rosto, dá um efeito natural, graças à transparência da cor sobre a pele.

Cores e efeitos

Há inúmeras cores de blush disponíveis no mercado e a forma que você dá ao traço pode ajudar a modificar o formato de seu rosto.

Quanto às cores, podemos resumir da seguinte forma:

  • Tons de coral: Fica bem em todos os tipos de pele;
  • Tons de rosa: Fica bem em morenas e loiras;
  • Tons de vermelho e vinho: Fica bem em pele negra;
  • Tons de laranja: Fica bem na pele oliva, como a das orientais;
  • Tons de marrom: Geralmente são usados para ‘correções’ do rosto.

Mas, se você é bem clarinha e gosta de blush vinho, use. Se você é oriental e gosta de um blush vermelho, use da mesma forma. O importante é criar uma harmonia. Essas dicas são mais úteis para quem está começando a se maquiar, para evitar cair em um erro que deixe o resultado da maquiagem muito artificial.

No geral, os melhores pincéis são os arredondados, como o pincel d’O Boticário. Se você já tiver experiência com maquiagem e quiser fazer correções, o pincel com corte chanfrado, como o da Natura, já é mais adequado.

Quanto à forma de aplicar, alguns maquiadores cismam em criar ‘regras’: “Se você tem o rosto redondo deve aplicar do jeito x para que ele pareça mais fino”. Não é assim. Se você tem o rosto redondo e gosta dele dessa forma, você não é obrigada a aplicar o blush de uma forma que faça seu rosto parecer mais fino. Essas dicas servem para quem se incomoda um pouco com o formato de seu rosto e quer uma ajuda para modificá-lo suavemente.

Muito mais interessante do que tentar modificar é valorizar o formato de seu rosto. Quanto mais você tentar ‘modificá-lo’, mais artifical sua maquiagem vai parecer. Fica algo forçado e feio.

Basicamente, se você subir o traço em direção às têmporas, vai deixar seu rosto mais “fino”. Um traço horizontal, ou seja, na altura das orelhas, alarga o rosto. Veja o que é melhor para o seu caso.

Não quero entrar em detalhes neste post pois é um assunto extenso e mais interessante para quem já tem experiência em maquiagem. Acho que é conteúdo para um post mais adiante, bem específico e mais detalhado.

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: