Testei: Óleo Vegetal Girassol (Cativa Natureza)

Oi, pessoal, tudo bem? 🙂

post de hoje é com resenha de mais um produto da Cativa Natureza que eu recebi na minha VeggieBox de Abril: o óleo vegetal Girassol.

O produto é um óleo prensado a frio, totalmente natural, hidratante, emoliente e cicatrizante, vegano (sem componentes provenientes de animais), cruelty free (sem crueldade ou testes em animais), e com o selo do IBD, comprovante que o produto é feito com ingredientes naturais.

Quando eu fiz o vídeo sobre a VeggieBox, mencionei que eu talvez colocasse no Óleo Cativa umas gotinhas de algum óleo essencial que eu tenho aqui em casa mas quando vi as inúmeras possibilidades de uso do produto, achei melhor deixá-lo da forma em que veio, pois o óleo essencial poderia me prejudicar para alguns usos que eu fiz do produto (como aplicá-lo no rosto, por exemplo, já que minha pele é sensível e alguns óleos essenciais podem causar irritação).

Para conferir mais informações sobre o produto, suas “mil e uma utilidades” e o que eu achei do produto, já sabem… é só continuar com a leitura. 🙂

Óleo Vegetal Girassol

Marca: Cativa Natureza

Fabricante: Dicas Ind. e Com. de Cosméticos

Descrição: óleo vegetal 100% natural

Conteúdo: 100ml

O que promete:
Puro óleo vegetal obtido da prensagem a frio. Contém alta concentração de vitamina E. Tem ação emoliente, revitalizante e cicatrizante. Indicado para todos os tipos de pele.

Modo de usar:
Puro sobre a pele ou como óleo carreador diluindo os óleos essenciais e sinergias.

Recomendações:
Em caso de sensibilidade ao produto suspender o uso. Manter fora do alcance de crianças. Conservar em local fresco e ao abrigo da luz.

Composição: Helianthus annuus (sunflower) seed oil.

O teste: Usei diariamente de várias formas diferentes. Ele é realmente “mil e uma utilidades” e tenho certeza que ainda há novas formas de uso que eu ainda não descobri. Mais detalhes de como eu o utilizei e quais foram os resultados no decorrer do post.

Avaliação

Textura, Aplicação e Rendimento: 5 (Ótimos)

É um óleo incolor, muito leve e muito gostoso de aplicar.

Não é preciso uma grande quantidade para sentir sua hidratação e, portanto, o rendimento é absurdo.

Além de hidratar realmente, sem deixar a pele grudenta. Você nota a presença do óleo, mas a pele fica macia e sedosa, não “ensebada”.

Por ser 100% natural, a possibilidade de reações indesejadas é reduzida a praticamente zero.

Eu já testei o seu uso de várias maneiras e me surpreendi com o resultado em todas elas. Confiram abaixo como eu já usei o produto:

  • Hidratação da pele de todo o corpo, incluindo o rosto;
  • Hidratação das unhas e cutículas;
  • Hidratação de áreas extrassecas como joelhos, cotovelos e calcanhares;
  • Hidratação dos lábios;
  • Para misturar em alguns tipos de hidratantes corporais e produtos de maquiagem;
  • Para proteger a pele ao redor do rosto, próximo à raiz dos cabelos, da tintura;
  • Massagens corporais;
  • Hidratação dos cabelos e proteção dos fios durante a tintura.

A dica da hidratação dos cabelos foi da Luh Pires, uma das fundadoras da VeggieBox. A dica é misturar uma colher de sopa do óleo em duas colheres de sopa de uma máscara capilar que você tenha e está habituada a usar. Misture bem e aplique nos cabelos, deixando descansar por 40 minutos. O resultado? Conto logo mais no quesito Resultados. 😉

Quando vi a dica sobre a hidratação dos fios, logo soube que poderia usá-lo também substituindo o óleo de argan industrializado que eu já costumava usar na mistura da tintura para os cabelos e deu certo também. Basta misturar uma colher de chá do óleo à tintura e misturar bem antes de aplicar. O óleo vai proteger os fios da química da tintura e também hidratá-los, enquanto você tinge.

Cheiro: 5 (Ótimo)

Não tem perfume, o que eu sempre considero ponto positivo, e também tem um cheiro neutro, que lhe permite misturá-lo a um óleo essencial de sua escolha para “dar um cheirinho” ou para aproveitar os benefícios desse óleo essencial para criar um óleo para aromaterapia ou ainda, as duas coisas, unindo o útil ao agradável.

Resultados: 5 (Ótimos)

Quem acompanha o blog sabe que minha pele é muito seca e que eu sofro um bocado para mantê-la hidratada e ainda mais para hidratá-la quando ficou algum tempo sem os cuidados necessários e está em estado crítico.

O produto hidrata a pele rapidamente, mesmo em situação extrema, e proporciona conforto imediato. Se você não tem a pele seca, saiba que, muitas vezes, o ressecamento causa desconforto pois a pele fica repuxando e tende a ficar irritada, coçar e descamar. Quando eu descuido, o ressecamento é tão intenso que o ato de coçar chega a fazer a pele sangrar.

Amei especialmente para usar no rosto, principalmente antes de iniciar a maquiagem. Cerca de 10 a 20 minutos antes de me maquiar, com o rosto limpo e seco, coloco algumas gotas do óleo na palma da mão e esfrego uma na outra, aquecendo levemente o óleo. Aplico no rosto, fazendo movimentos do centro para as laterais e de baixo para cima, não esquecendo de aplicar também no pescoço e também nas sobrancelhas e nos lábios.

Durante esse tempo de pausa, entre a aplicação do óleo e o início da maquiagem, o óleo faz o seu trabalho de hidratação, deixando minha pele com uma textura muito melhor para a aplicação da maquiagem. Eu acho que essa forma de uso não é muito indicada para quem tem a pele oleosa ou mista, embora eu não possa afirmar com toda a certeza mas se você tem pele seca, garanto que irá se surpreender com o resultado.

A pele absorve o óleo e as regiões esbranquiçadas pelo ressecamento desaparecem. A maquiagem fica muito mais bonita e evita que a base craquele e acumule por falta de hidratação. Você também pode misturar um pouquinho do óleo em algumas bases e produtos de maquiagem antes de aplicá-los. No entanto, é preciso testar antes, pois alguns produtos, principalmente os que são à base de água, não se misturam com o óleo. Então, é uma tática que funciona, mas não com todos os produtos existentes. Teste sempre.

Nesse momento, aproveito também para hidratar os lábios. Lábios hidratados garantem um acabamento perfeito para o batom e aumenta sua durabilidade.

No dia a dia, as pernas são o lugar do corpo que eu mais uso o produto, principalmente nestes dias mais frios, já que eu aumento a temperatura da água do banho e, automaticamente, minha pele fica ainda mais ressecada.

Também gosto de aplicar nas cutículas, antes de dormir, e diretamente sobre as unhas, logo após retirar o esmalte. Eu sempre tiro o esmalte em um dia e só pinto novamente as unhas um ou dois dias depois. Nessa “pausa”, aplico o óleo sobre as unhas e massageio bem, antes de dormir. Hidrata as unhas e evita que elas descamem por causa de ressecamento.

A aplicação nos cabelos também me impressionou. Funciona muito melhor que qualquer óleo siliconado que costumamos usar. A absorção pelos fios é incrível e os cabelos ficam macios e com muito brilho. Misturado à tinta do cabelo (apenas uma colherzinha de chá para a mistura da tintura), protege os fios da química e, durante o tempo de pausa da tinta, também vai tratar os fios.

Ainda para o momento de tingir os cabelos, recomendo a aplicação na pele ao redor do rosto, próximo à raiz dos cabelos, para proteger a pele da tintura, evitando manchas. É preciso aplicar uma quantidade um pouco maior mas sem deixar que o óleo escorra. Eu gosto de colocar um pouco do óleo na ponta dos dedos e aplicar levemente sobre a pele, sem esfregar ou massagear, para que ele crie uma camada protetora.

Também gosto de aplicar nos pés. Tenho usado diariamente nos calcanhares e na parte de baixo dos dedos dos pés, desde que usei as Meias Esfoliantes Footner e ele tem me ajudado a manter os pés lisinhos e macios e ainda por cima posso andar pela casa poucos minutos após a aplicação, sem sair “carimbando” o piso.

Amei todos os resultados e com certeza ainda descobrirei novos e surpreendentes usos.

Embalagem: 3 (Regular)

Frasco de vidro com tampa de rosca e gotejador (esse biquinho plástico que, em tese, deveria fazer o produto sair em gotas – gotejar – quando o frasco fosse virado de cabeça para baixo).

Eu detesto esse tipo de embalagem porque gotejadores raramente funcionam como deveriam. O produto não sai e você é obrigado a chocalhar a embalagem.

Todas as informações sobre o produto estão no rótulo, com boa legibilidade. Único porém aqui é que a impressão do lote e validade feita sobre o rótulo tende a desaparecer com o uso do produto, principalmente se houver contato das mãos com o óleo sobre a área impressa. Na embalagem do meu já não é mais possível visualizar nem o lote, nem a validade.

Preço: 4 (entre R$ 15,01 e R$ 40,00)

O Óleo Girassol custa R$ 19,90* e pelo tamanho do frasco (100ml) e rendimento do produto, isso é praticamente de graça.

Facilidade de encontrar: 4 (Fácil de encontrar)

Você pode encontrar os produtos da marca, incluindo o gel dental, em lojas especializadas em produtos naturais.

Eles também estão à venda em algumas lojas virtuais, incluindo a loja virtual própria da marca, que é um verdadeiro deleite para quem procura opções naturais para higiene, hidratação e até maquiagem.

Segurança da composição: 5 (Muito seguro)

Não tem qualquer componente sintético não recomendado por Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano), componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group ou componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 5 x 2 = 10
Cheiro: 5 x 2 = 10
Resultados: 5 x 3 = 15
Embalagem: 3 x 0,5 = 1,5
Preço: 4 x 1 = 4
Facilidade de encontrar: 4 x 0,5 = 2
Segurança da composição: 5 x 1 = 5

Média: 4,75

Avaliação Geral: estrela 5

Considerações finais:

selo ndm2Acho que é o primeiro produto de resenha do blog que fica com nota máxima, pelo menos que eu me lembre. Não me lembro de outro produto com nota tão alta.

Falando apenas de formas de uso e resultados, eu diria que ele é a versão líquida do Ultrabalm da Lush. Apesar da praticidade de transporte maior do Ultrabalm, por ser um produto em creme, o óleo da Cativa ganha em versatilidade (é possível misturá-lo em outros produtos líquidos, incluindo maquiagens) e preço, já que é muito mais em conta do que o produto da Lush.

Foi, com certeza, para minha lista de Produtos , mas não substituiu o Ultrabalm porque ele também é muito amor e eu continuarei usando os dois produtos. O Ultrabalm fica na bolsa para emergências fora de casa, e o Óleo Vegetal Girassol fica em casa, para uso diário.

E vocês, já usaram esse produtinho multi-uso? Contem para gente nos comentários! 🙂

__________

Update 08.12.2015: Para a hidratação dos pés, substituí o Óleo Vegetal Girassol pelo Sérum Pedi Perfect (Amopé).

__________

Beijocas e até o próximo post.

Fabi.

__________

(*) Preço pesquisado na data deste post. Pode sofrer alterações.

Anúncios

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Carolinne
    jun 08, 2015 @ 14:05:32

    Eu conheci a cativa há pouco tempo, vendo o site do mercado municipal de curitiba. Já estava me programando pra ir lá testar os produtos para pele oleosa, mas agora com certeza irei comprar esse óleo. Amei a resenha.

    Responder

    • Necessaire de Mulher
      jun 10, 2015 @ 10:17:12

      Oi, Carolinne, tudo bem? Achei incrível mesmo esse óleo. Além dos resultados incríveis ele é multiuso, o que faz valer ainda mais a pena. 🙂
      Se puder e lembrar, volte para contar para a gente o que achou. 😉
      Beijocas.
      Fabi.

      Responder

  2. Patrícia
    jun 08, 2015 @ 14:28:16

    Post nota 10, principalmente no que diz respeito a como usar.Abraços.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: