Testei: Linha Gengibre Fresh Ginger Shampoo, Condicionador, e Anti-Frizz (Inoar)

Oi, pessoal, tudo bem?

Antes de começar o post de hoje, quero dar um recadinho: Já conhece o Clube de Compras Necessaire de Mulher, no Facebook?

É um grupo que eu criei para clientes da loja do blog, através do qual vocês podem visualizar todos os produtos com pronta entrega, encomendar produtos das marcas AvonJequitiÉsikaCyºZoneL’BelHinodeBellaoggi e Miss Pink e pagar através de depósito com 10% de desconto (exceto Miss Pink) ou com cartão de crédito.

O grupo tem outras vantagens também, que você pode conhecer se solicitar a entrada, clicando aqui (precisa ter conta no Facebook).

Além disso, tem uma surpresa esperando pelas participantes do grupo, envolvendo os produtos abaixo.

Bateu a curiosidade? Corre lá, que a surpresa só é válida até o dia 31 de Janeiro.

Agora vamos ao post de hoje, que é com a resenha de um produto que eu recebi miniaturas em duas compras diferentes. Em uma compra na Beleza na Web, e posteriormente em uma compra na Netfarma.

Como as miniaturas são relativamente generosas e os meus cabelos são bem curtinhos, deu para testar por tempo suficiente para contar para vocês o que eu achei.

Shampoo Gengibre

Marca: Inoar

Fabricante: Aba Cosméticos Ind. e Com. Ltda. Me.

Descrição: shampoo refrescante

Conteúdo: 250ml ou 1000ml

O que promete:
O shampoo Gengibre Inoar deixa os cabelos perfeitamente limpos e o couro cabeludo livre do excesso de oleosidade. De aroma agradável, o gengibre é fonte natural antioxidante e devolve a sensação de leveza aos fios.

Modo de uso:
Step 1 – Tratamento em 3 passos

Com os cabelos molhados, aplique o shampoo de limpeza e hidratação, massageie o couro cabeludo e deslize os dedos até as pontas dos cabelos. Enxágue e repita todo o processo. Em seguida, aplique o Condicionador Refrescante Gengibre.

Precauções:
Manter fora do alcance de crianças. Em caso de sensibilidade, suspender o uso e procurar orientação médica. Em caso de contato com os olhos, lavar com água em abundância. Não usar em mucosas. Uso externo.

Armazenamento:
Guardar em local seco e fresco, sem incidência de luz e calor.

Composição: Aqua, Sodium Laureth Sulfate, Cocamidopropyl Betaine, Zingiber Officinalis Extract, Polyquaternium-10, Xanthan Gum, Parfum, Propylparaben, Methylparaben, Phenoxyethanol, Disodium EDTA, Menthol, Menthyl PCA, Citric Acid.

O teste: Apliquei normalmente, conforme indicado na embalagem.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 3 (Regular)

O shampoo é bem denso, chega a ser gelatinoso. Recomendo emulsionar com um pouquinho de água, com a mão em concha, antes de aplicar nos cabelos.

Achei que faz pouca espuma e foi necessário aplicar 3 vezes para sentir os fios e o couro cabeludo devidamente limpos.

A sensação de refrescância é agradável, mas bem suave, principalmente se comparada à sensação causada pelo Healing Nourish da L’anza.

Cheiro: 4 (Bom)

O perfume é bem fresco e fixa no cabelo por alguns dias.

Resultados: 4 (Bons)

Os fios realmente ficam leves, com o couro cabeludo limpo e suave.

Achei apenas que, para cabelos secos como os meus, ele não age em hidratação, o que pode ser um problema a médio e longo prazo.

Embalagem: 4 (Boa)

Como as minhas embalagens são miniatura, eu pesquisei para saber como são as embalagens full-size e elas têm o mesmo formato e tampa das embalagens da linha Argan Oil da marca.

Para poder mostrar para vocês, pedi um socorro para a também blogueira Thaís Castro, do blog Teoria da Vaidade, que também fez resenha do kit, aqui.

Como ela tinha a foto da tampa bem de pertinho, entrei em contato e ela gentilmente autorizou o uso da foto. (Obrigada mais uma vez, Thaís. 🙂 )

O frasco é plástico, com uma textura parecida com borracha e a tampa é assim como na foto. Você gira para um lado e para o outro para abrir e fechar o orifício central por onde sai o produto.

Como eu mencionei anteriormente, as embalagens da linha Argan Oil da Inoar também são assim e eu gosto bastante.

Preço: 4 (entre R$ 15,01 e R$ 40,00)

O preço médio é de R$ 25,00* para a embalagem de 250ml.

Facilidade de encontrar: 3 (Relativamente fácil de encontrar)

Assim que a Inoar começou a vender diretamente para o consumidor era bem difícil encontrar os produtos da marca à venda. Hoje já é mais fácil encontrar os produtos, mas ainda há poucos pontos de venda.

Se você quiser pesquisar preços do produto em lojas virtuais, clique aqui. Para obter informações sobre pontos de venda (lojas físicas), acesse o site oficial da marca.

Segurança da composição: 2 (Um pouco arriscado)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Sodium Laureth Sulfate: Um detergente agressivo e barato utilizado pelas suas propriedades de limpeza e de produção de espuma. Normalmente derivado de petróleo, é frequentemente dissimulado com a frase “derivado de coco”. Causa irritação nos olhos, descamação do couro cabeludo (similar à caspa), irritações cutâneas e outras reações alérgicas.
  • Parfum: As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.
  • Propylparaben, Methylparaben (parabenos): Utilizados para inibir o crescimento microbiano e para prolongar a durabilidade dos produtos. Têm causado vários tipos de reacções alérgicas e irritações cutâneas. Estudos demonstraram que são ligeiramente estrogênicos e podem ser absorvidos pelo corpo através da pele. São largamente utilizados apesar de serem conhecidos como tóxicos.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Sodium Laureth Sulfate: Em estudos clínicos, é causador de irritações na pele. Pode conter 1,4 dioxane, um potencial cancerígeno e perturbador do sistema hormonal.
  • Cocamidopropyl Betaine: Sujeito a restrições no uso. Conhecido tóxico do sistema imunitário. Pode conter impurezas prejudiciais, nomeadamente Nitrosaminas, ligadas ao câncer. Pode também causar sensibilidade no contato direto com a pele, com reações alérgicas tanto na pele quanto nos pulmões.
  • Parfum: Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.
  • Propylparaben, Methylparaben (parabenos): Para além de suspeitas de irritabilidade da pele, o uso de parabenos foi recentemente ligado ao câncer de mama, tendo sido encontrados vestígios desses conservantes em amostras de tumores.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Sodium Laureth Sulfate;
  • Parfum (perfume);
  • Methylparaben, Propylparaben (parabenos);
  • Menthol.

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 3 x 2 = 6
Cheiro: 4 x 2 = 8
Resultados: 4 x 3 = 12
Embalagem: 4 x 0,5 = 2
Preço: 4 x 1 = 4
Facilidade de encontrar: 3 x 0,5 = 1,5
Segurança da composição: 2 x 1 = 2

Média: 3,55

Condicionador Gengibre

Marca: Inoar

Fabricante: Aba Cosméticos Ind. e Com. Ltda. Me.

Descrição: condicionador refrescante

Conteúdo: 250ml ou 1000ml

O que promete:
O Condicionador Gengibre Inoar foi desenvolvido para fornecer aos cabelos efeitos refrescante, perfeito condicionamento e hidratação. Os  benefícios do gengibre somados aos agentes emolientes protegem a fibra capilar contra a formação de pontas duplas e equilibram o pH dos cabelos. Possui ação fortalecedora especial para fios danificados e prejudicados.

Modo de usar:
Step 2 – Tratamento em 3 passos.

Após retirar o Shampoo de Gengibre Inoar dos cabelos, aplicar o condicionador e massagear por 5 minutos. Enxaguar abundantemente.

Precauções:
Manter fora do alcance de crianças. Em caso de sensibilização, suspenda o uso e procure orientação médica. Em caso de contato com os olhos, lavar com água em abundância. Não usar em mucosas. Uso externo. Este produto é de uso capilar.

Armazenamento:
Guardar em local seco e fresco, sem incidência de luz e calor.

Composição: Aqua, Cetearyl Alcohol, Gycerin, Cyclomethicone, Paraffinum Liquidum, Zingiber Officinalis Extract, Behentrimonium Methosulfate, Cetrimonium Chloride, Polyquaternium-7, Parfum, Ceteareth-20, Disodium EDTA, Citric Acid, Methylchloroisothiazolinone/ Methylisothiazolinone.

O teste: Usei normalmente, conforme indicado na embalagem.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 4 (Bons)

Tem textura leve mas muito cremosa e é bem gostoso de aplicar.

Espalha com facilidade sobre os fios e rende muito bem.

Cheiro: 4 (Bom)

O perfume do condicionador é levemente mais adocicado que o do shampoo, e reforça a fixação da fragrância nos fios.

Resultados: 3 (Regulares)

Esperava que ele hidratasse um pouco mais, visto que não notei essa característica no shampoo.

No entanto, ele fez uma diferença significativa no brilho e no frizz. E não estou levando em consideração o uso conjunto com o anti-frizz.

Não dou nota 4 por comparação com outros produtos. O mínimo que se espera de um condicionador é hidratação e esse resultado ele não proporcionou aos meus cabelos.

Embalagem: 4 (Boa)

A embalagem é exatamente igual ao do shampoo. Assim, ficam valendo as mesmas observações dadas na avaliação do shampoo, acima.

Preço: 4 (entre R$ 15,01 e R$ 40,00)

O preço médio é de R$ 25,00* para a embalagem de 250ml.

Facilidade de encontrar: 3 (Relativamente fácil de encontrar)

Repetindo o que eu mencionei anteriormente, assim que a Inoar começou a vender diretamente para o consumidor era bem difícil encontrar os produtos da marca à venda. Hoje já é mais fácil encontrar os produtos, mas ainda há poucos pontos de venda.

Se você quiser pesquisar preços do produto em lojas virtuais, clique aqui. Para obter informações sobre pontos de venda (lojas físicas), acesse o site oficial da marca.

Segurança da composição: 3 (Requer atenção)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Parfum: As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Cyclomethicone: Derivado de silicone.
  • Paraffinum Liquidum: Esses derivados de petróleo criam uma barreira na superfície da pele que bloqueia os poros, não deixando a pele respirar. Aceleram o processo de envelhecimento da pele ao encorajar a geração de radicais livres. Na União Europeia o uso de Petrolatum é bastante restrito – potencialmente contaminado com químicos ligados ao câncer ou outros problemas graves de saúde (pode conter determinadas impurezas que podem causar câncer de mama). São tóxicos para o ambiente.
  • Parfum: Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Parfum (perfume).

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 4 x 2 = 8
Cheiro: 4 x 2 = 8
Resultados: 3 x 3 = 9
Embalagem: 4 x 0,5 = 2
Preço: 4 x 1 = 4
Facilidade de encontrar: 3 x 0,5 = 1,5
Segurança da composição: 3 x 1 = 3

Média: 3,55

Anti-Frizz Gengibre

Marca: Inoar

Fabricante: Aba Cosméticos Ind. e Com. Ltda. Me.

Descrição: anti-frizz

Conteúdo: 250ml ou 1000ml

O que promete:
Elaborado com proteína quartenizada, proporciona efeito antiestático e definição dos fios. Prepara os cabelos para finalização.

Modo de usar:
Step 3 – Tratamento em 3 passos.

Coloque a quantidade adequada do produto nas palmas das mãos e aplique sobre os cabelos úmidos. Espalhe massageando bem nos fios até as pontas. Proceda com a finalização desejada (escova, prancha ou secagem natural).

Precauções:
Manter fora do alcance de crianças. Em caso de sensibilização, suspenda o uso e procure orientação médica. Em caso de contato com os olhos, lavar com água em abundância. Não usar em mucosas. Uso externo. Este produto é de uso capilar.

Armazenamento:
Guardar em local seco e fresco, sem incidência de luz e calor.

Composição: Aqua, Cetearyl Alcohol, Cetrimonium Chloride, Parfum, Propylene Glycol, Cyclomethicone/ Dimethicone, Cyclodimethicone, Cyamopsis Tetragonoloba Gum, Benzophenone-3, Dimethiconol/ TEA-Dodecylbenzenesulfonate, Keratin, Panthenol, Phenoxyethanol/ Methylparaben/ Butylparaben/ Ethylparaben/ Propylparaben, Rosmarinus Officinalis Extract, Symphytum Officinale Extract, Urtica Dioica Extract, Disodium EDTA, Citric Acid, Methylchloroisothiazolinone/ Methylisothiazolinone.

O teste: Usei normalmente, conforme indicado na embalagem, porém deixei secar naturalmente.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 5 (Ótimos)

É bem leve, com textura creme-gel, mas quando friccionado entre as palmas das mãos fica bem cremoso e ganha densidade, rendendo muito.

É preciso aplicar com cautela, pois se aplicado em muita quantidade, pode deixar os fios pesados.

Cheiro: 4 (Bom)

Assim como o shampoo e o condicionador da linha, tem um perfume refrescante, que fica nos cabelos por alguns dias.

Resultados: 4 (Bons)

Nos meus cabelos, adicionaram ainda mais brilho aos fios e resolveu por completo o meu problema com frizz.

Porém, assim como eu mencionei nas avaliações do shampoo e do condicionador, o produto não acrescentou hidratação aos meus cabelos, que são tingidos e secos.

Embalagem: 4 (Boa)

A embalagem é a mesma para os três produtos da linha. Assim, fica valendo o que eu já mencionei anteriormente, quando da avaliação da embalagem do shampoo.

Preço4 (entre R$ 15,01 e R$ 40,00)

O preço médio é de R$ 25,00* para a embalagem de 250ml.

Facilidade de encontrar: 3 (Relativamente fácil de encontrar)

Repetindo o que eu mencionei anteriormente, assim que a Inoar começou a vender diretamente para o consumidor era bem difícil encontrar os produtos da marca à venda. Hoje já é mais fácil encontrar os produtos, mas ainda há poucos pontos de venda.

Não encontrei o produto à venda isoladamente em lojas virtuais. Para obter informações sobre pontos de venda (lojas físicas), acesse o site oficial da marca.

Segurança da composição: 2 (Um pouco arriscado)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Parfum: As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.
  • TEA-Dodecylbenzenesulfonate: Utilizados habitualmente nos cosméticos como emulsionantes e/ou agentes produtores de espuma. Podem causar reações alérgicas, irritações nos olhos e desidratação do cabelo e pele. DEA e TEA são “aminas” (compostos a partir da amônia) e podem formar nitrosaminas causadoras de câncer quando em contacto com nitratos. São tóxicos se absorvidos pelo corpo prolongadamente.
  • Methylparaben, Butylparaben, Ethylparaben, Propylparaben (parabenos): Utilizados para inibir o crescimento microbiano e para prolongar a durabilidade dos produtos. Têm causado vários tipos de reacções alérgicas e irritações cutâneas. Estudos demonstraram que são ligeiramente estrogênicos e podem ser absorvidos pelo corpo através da pele. São largamente utilizados apesar de serem conhecidos como tóxicos.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Parfum: Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.
  • Propylene Glycol: Componente irritante para a pele (comichão, queimadura, urticária, acne, alergias). É um solvente de fácil absorção, altera a estrutura da pele, permitindo que outros agentes e químicos penetrem mais profundamente, aumentando assim a quantidade que chega à corrente sanguínea.
  • Cyclomethicone/ Dimethicone, Cyclodimethicone: Derivados de silicone.
  • TEA-Dodecylbenzenesulfonate: Alkyloamides – geralmente identificados nos rótulos como: Diethanolamine (DEA); Monoethanolamine (MEA); Triethanolamine (TEA), e por vezes precedido pelo nome “cocamide”: São classificados como tóxicos por alguns governos. Podem causar irritação na pele (comichão, queimadura, urticária etc). Combinados com conservantes que contém formaldeído, tornam-se cancerígenos. Quando misturado com agentes nitrosantes na pele ou no corpo, após a absorção, podem formar compostos cancerígenos. São perigosos para o meio ambiente, contaminando água, solo e ar). O MEA é ainda sensibilizador dos pulmões, podendo instigar respostas do sistema imunitário, que incluem ataques de asmas ou outros problemas pulmonares das vias respiratórias, além de ser suspeito de apresentar riscos para a reprodução humana e desenvolvimento do feto. O TEA também é um componente suspeito, com evidências ainda limitadas relacionadas ao desenvolvimento de câncer.
  • Methylparaben, Butylparaben, Ethylparaben, Propylparaben (parabenos): Para além de suspeitas de irritabilidade da pele, o uso de parabenos foi recentemente ligado ao câncer de mama, tendo sido encontrados vestígios desses conservantes em amostras de tumores.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Parfum (perfume);
  • Benzophenone-3 (benzofenona);
  • Methylparaben, Butylparaben, Ethylparaben, Propylparaben (parabenos).

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 5 x 2 = 10
Cheiro: 4 x 2 = 8
Resultados: 4 x 3 = 12
Embalagem: 4 x 0,5 = 2
Preço: 4 x 1 = 4
Facilidade de encontrar: 3 x 0,5 = 1,5
Segurança da composição: 2 x 1 = 2

Média: 3,95

Média final (shampoo + condicionador + anti-frizz): 3,7

Considerações finais:

Apesar de ter gostado bastante do brilho que o condicionador e o anti-frizz deixaram nos meus cabelos, não funcionou muito bem para mim porque meus cabelos são secos e eles não hidrataram nem um pouquinho.

Além disso, achei a fórmula dos produtos um pouco agressiva para quem tem pele sensível como a minha.

Acho que pode ser uma boa pedida para quem tem cabelos oleosos e não tem problema com sensibilidade diante da presença de tantos componentes químicos.

E vocês, já usaram este kit de produtos da Inoar? Contem para gente nos comentários.

Beijocas e até o próximo post.

Fabi.

_________________

(*) Média de preços pesquisada na data deste post. Pode sofrer alterações.

Anúncios

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Karine
    fev 20, 2015 @ 14:06:02

    Ele foi feito para cabelos oleosos mesmo! 😉

    Responder

    • Necessaire de Mulher
      fev 20, 2015 @ 14:13:12

      Sim, Karine, eu sei. Tanto que a informação está no post. No entanto, pessoas com cabelos normais ou secos, como eu, podem ficar curiosas em relação aos resultados dos produtos nesses casos. Por isso, dei minha opinião, como dona de madeixas secas.
      Beijocas.
      Fabi.

      Responder

  2. Carla
    jun 23, 2015 @ 09:22:20

    Usei o shampoo e o condicionador durante duas semanas e houve uma queda grande de cabelos. Fiquei super assustada e suspendi o uso e tudo voltou ao normal. Fiquei pensando se foi mesmo o shampoo e o condicionador que causaram a queda e voltei a usar… Não deu outra, os cabelos voltaram a cair muito e suspendi de vez o uso. Detalhe que sim, meus cabelos são oleosos e eu gostei do resultado porque deixava meus cabelos bem limpinhos e macios, mas não era um produto maravilhoso, era como se ele fizesse apenas o básico, mas com a queda de cabelos. Então não tem nem como classificar como básico, pra mim foi ruim mesmo. Preferi trocar os produtos e manter meus cabelos HAHAHAHAH Talvez eu seja alérgica a algum componente e não saiba… Não deu certo comigo 😦

    Responder

    • Yasmim
      maio 21, 2016 @ 16:03:30

      Eu acho q está acontecendo exatamente a mesma coisa comigo.
      Cheguei nessa matéria justamente porque fui pesquisar sobre relatos de queda de cabelo com esse produto.
      Achei muito cheirosinho e ajudou muito na oleosidade do meu cabelo, só que eu uso diariamente e há uns 2 meses. Parei pra analisar e desconfiei desse condicionador (uso apenas ele).
      Vou fazer um teste 😦

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: