Testei: Hair Growth Shampoo (Bonacure)

Oi, pessoal, tudo bem?

Eu não tinha o hábito de fazer resenhas isoladas de shampoo aqui no blog porque acho um pouco injusto avaliar um produto isoladamente quando ele foi desenvolvido para o uso em conjunto com outro produto. As fabricantes fazem o shampoo para ser usado em conjunto com o seu condicionador.

Porém, para mim, os shampoos sempre acabam bem antes que os condicionadores e eu acabo ficando com vários frascos de condicionador com pelo menos metade do conteúdo. Quando eu tinha os cabelos mais compridos e usava muito mais shampoo, e acabava comprando mais um frasco para poder terminar o condicionador. Com os cabelos curtíssimos, eu levo meses para acabar com um shampoo e um condicionador e meu armário está lotado de produtos que eu não tenho dado conta de usar. Culpa minha, que sou viciada em produtos para os cabelos e não consigo parar de comprar.

Enfim… eu acabei optando por comprar alguns shampoos isoladamente, para usar em conjunto com condicionadores cujos shampoos já acabaram e também com as máscaras de hidratação que parecem brotar dentro do meu armário e não acabam nunca.

A resenha de hoje é de um produto da alemã Schwarzkopf, que eu comprei para usar em conjunto com o condicionador e a loção que sobraram, após o término do Healing Nourish da L’anza.

Hair Growth Shampoo

Marca: Bonacure.

Fabricante: Hans Schwarzkopf & Henkel GmbH (fabricado na Alemanha).

Descrição: shampoo anti-queda.

Conteúdo: 250ml

O que promete:
O Sistema Anti-Queda combinado shampoo e tônico que reduz a queda capilar prematura (queda de cabelo não patológica). BC Hairtherapy Sistema Anti-Queda com Tartrato de Carnitina, Taurina e Equinácea estimula o crescimento saudável do cabelo revitalizando a raiz. Para um cabelo mais forte e preparado para aplicação do BC Hair Growth Tônico Anti-Queda.

Modo de uso:
Massageie sobre o cabelo úmido e enxágue abundantemente com água. Uso diário.

Advertências:
Uso externo. Manter fora do alcance de crianças. Conservar em temperatura ambiente.

Precauções:
Evitar contato com os olhos. Caso isso ocorra, enxágue abundantemente com água. Não ingerir. Em caso de ingestão, procure ajuda médica. Em caso de dúvidas, ligue para o nosso SAC. Uso exclusivo profissional.

Composição: Aqua, Sodium Laureth Sulfate, Disodium Cocoamphodiacetate, Carnitine, Sodium Chloride, Taurine, Tartaric Acid, Parfum, Sodium Benzoate, Laureth-2, Polyquaternium-10, PEG-7 Glyceryl Cocoate, PEG-40 Hydrogenated Castor Oil, Salicylic Acid, Panthenol, Citric Acid, Echinacea Purpurea Extract, Benzyl Salicylate, Propylene Glycol, Hydrolyzed Keratin.

Contém sal comum (Sodium Chloride – cloreto de sódio).

O teste: Usei  normalmente, como meu shampoo diário, em conjunto com o condicionador do kit Healing Nourish da L’anza.

Avaliação

Textura, aplicação e rendimento: 4 (Bons)

Não é agressivo como a maior parte dos shampoos transparentes no mercado. Sua espuma é abundante e leve, espalhando com facilidade pelos fios e rendendo bastante.

Cheiro: 4 (Bom)

O perfume é suave, com um fundo adocidado, e fixa levemente nos fios por alguns dias.

Se você não tiver o hábito de usar produtos sem enxágue, vai sentir o perfume do shampoo com  mais intensidade por alguns dias.

Resultados: 4 (Bons)

Apesar de conter sal comum (cloreto de sódio), o shampoo não desbotou a coloração do meu cabelo, não ressecou os fios e não deixou com frizz.

A limpeza é bem suave, mas eficaz, limpando bem os fios e o couro cabeludo.

Para mim, ele funcionou melhor como acelerador do crescimento do que como tratamento anti-queda (comparando com os resultados do kit da L’anza).

Embalagem: 4 (Boa)

Frasco grande, com tampa disc-top fácil de abrir e fechar. O formato regular do frasco facilita o armazenamento e o uso, mas da metade para o fim é necessário chocalhar o frasco para tirar o produto do frasco.

O frasco é exatamente igual aos outros shampoos da linha Bonacure e, como eu disse na resenha do Time Restore, inicialmente pensei que o formato achatado da tampa facilitaria para deixar o produto de cabeça para baixo, porém, nessa posição, o shampoo vaza pela tampa.

Para quem optar por usar o condicionador da linha em conjunto com o shampoo, a embalagem do condicionador é menor, com 50ml a menos que o shampoo.

Preço: 3 (entre R$ 40,01 e R$ 65,00)

A média de preços do produto é de R$ 63,48* e você pode clicar aqui para pesquisar preços online.

O preço é um pouquinho salgado, mas pode ser uma opção de qualidade mais em conta do que o kit da L’anza, se você estiver com problemas de queda de cabelo.

Facilidade de encontrar: 2 (Um pouco difícil de encontrar)

Por ser um produto relativamente caro e importado, nem todas as lojas trabalham com a venda da marca.

Além disso, mesmo dentre as lojas virtuais que vendem os produtos da linha Bonacure, é frequente a falta de produto e as lojas costumam demorar bastante para a reposição do estoque.

Segurança da composição: 3 (Requer atenção)

Componentes sintéticos a evitar segundo Aubrey Hampton (bioquímico norte-americano):

  • Sodium Laureth Sulfate: Um detergente agressivo e barato utilizado pelas suas propriedades de limpeza e de produção de espuma. Normalmente derivado de petróleo, é frequentemente dissimulado com a frase “derivado de coco”. Causa irritação nos olhos, descamação do couro cabeludo (similar à caspa), irritações cutâneas e outras reações alérgicas.
  • Parfum (perfume): As fragrâncias sintéticas utilizadas em produtos cosméticos podem ter cerca de 200 ingredientes. Não existe forma de saber quais são os produtos químicos que as compõem, porque nos rótulos só vêm descritas como “fragrâncias” ou “perfume”. Entre os problemas provocados por estes químicos estão dores de cabeça, tonturas, irritações, hiperpigmentação, tosse forte, vômitos, irritação cutânea – e a lista continua.
  • PEG-7 Glyceryl Cocoate e PEG-40 Hydrogenated Castor Oil: Idealmente é uma glicerina vegetal combinada com álcool de cereais, sendo ambos naturais. Porém, atualmente não passa de uma combinação de petroquímicos sintéticos utilizados como humidificantes. É conhecido como causador de reações alérgicas, urticária e eczemas. Quando vir PEG (polietileno glicol) ou PPG (polipropileno glicol) num rótulo, tenha cuidado, pois são produtos químicos sintéticos idênticos.

Componentes prejudiciais segundo o Environmental Working Group:

  • Sodium Laureth Sulfate: Em estudos clínicos, é causador de irritações na pele. Pode conter 1,4 dioxane, um potencial cancerígeno e perturbador do sistema hormonal.
  • Parfum (perfume): Dezenove por cento das crianças com eczema são sensíveis a fragrâncias. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas.
    Nota: Phthalates são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes para unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.
  • PEG-7 Glyceryl Cocoate e PEG-40 Hydrogenated Castor Oil: Componente irritante para a pele (comichão, queimadura, urticária, acne, alergias). É um solvente de fácil absorção, altera a estrutura da pele, permitindo que outros agentes e químicos penetrem mais profundamente, aumentando assim a quantidade que chega à corrente sanguínea.
  • Benzyl Salicylate: Fragrância química com uso restrito na União Européia. Conhecido tóxico do sistema imunitário e alérgeno para o consumidor.
  • Propylene Glycol: Componente irritante para a pele (comichão, queimadura, urticária, acne, alergias). É um solvente de fácil absorção, altera a estrutura da pele, permitindo que outros agentes e químicos penetrem mais profundamente, aumentando assim a quantidade que chega à corrente sanguínea.

Componentes não indicados para pessoas com rosácea e/ou pele sensível:

  • Sodium Laureth Sulfate;
  • Parfum (perfume).

Recapitulando…

Textura, aplicação e rendimento: 4 x 2 = 8
Cheiro: 4 x 2 = 8
Resultados: 4 x 3 = 12
Embalagem: 4 x 0,5 = 2
Preço: 3 x 1 = 3
Facilidade de encontrar: 2 x 0,5 = 2
Segurança da composição: 3 x 1 = 3

Média: 3,8

Avaliação Geral: estrela4

Considerações Finais:

Achei um bom produto para ser usado em conjunto com o que restou do condicionador da L’anza, mas mesmo tendo um preço mais em conta, o resultado não se compara ao que eu obtive com o kit Healing Nourish.

Então, se você está com um problema de queda de cabelo ou teve um problema desse gênero recentemente, precisa de um produto que acelere o crescimento dos fios e tem um dinheiro extra para investir num tratamento, na minha opinião, vale a pena economizar um extra e comprar os produtos da L’anza.

Vale sempre lembrar que, independentemente da causa da sua queda de cabelo, é importante a visita a um médico e o tratamento deve ser feito também através de medicamentos, suplementos vitamínicos etc. Apenas o uso de cosméticos de uso tópico não surtirão o efeito ideal.

Alguém já usou este shampoo da linha Bonacure? Foi em conjunto com o condicionador ou isoladamente? Contem para gente nos comentários!

Beijocas e até o próximo post.

Fabi.

_________________

(*) Média de preços pesquisada na data deste post. Pode sofrer alterações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: